Guia completo de marketing digital para salão de beleza!

marketing-digital-para-salao-de-beleza-header

O “mercado da beleza” cresceu tanto que hoje existem mais salões de beleza a poucos metros da casa ou do trabalho de uma cliente, do que ela pode contar!

Segundo pesquisa realizada pelo Euromonitor, o Brasil possui 500 mil salões formais e uma perspectiva de um crescimento de 4,5% até 2021 – isso, sem contar os informais.

Uma boa parte deste fenômeno se deve à nossa cultura, moramos em um dos países mais favoráveis à indústria da beleza pela valorização da aparência pessoal.

Um estudo realizado pelo SPC Brasil revelou um dado interessante que confirma essa nossa característica cultural: “em momentos de crise, o brasileiro prefere cortar gastos com lazer em vez de cortar seus investimentos em bem-estar e imagem”.

Marketing digital para salão de beleza: imagem de uma pesquisa com gráfico na cor laranja , na parte esquerda, indicando os principais itens que sofreram cortes no orlamento mensal em momentos de crise. Serviços de salão de beleza aparece na sexta colocação com 16,7%

Com o setor da beleza em crescimento, aumentou também o grau de exigência do consumidor que busca profissionais mais qualificados, salões próximos de onde se encontram, ambientes mais agradáveis que ofereçam diferenciais, como medidas sustentáveis, facilidades de tecnologia, combos promocionais, entre outros.

Se você possui uma empresa deste nicho, já oferece vários diferenciais e, mesmo assim, não recebe muitos clientes, investir em estratégias de marketing digital para salão de beleza pode fazer toda a diferença para o seu negócio.

Canais de comunicação como o Google Meu Negócio e as Redes Sociais são ferramentas indispensáveis para atrair e fidelizar clientes.

Por meio delas, você divulga o seu salão para as pessoas mais próximas (da sua região), cria uma audiência em torno da marca, estreita o relacionamento com o público, faz com que os próprios consumidores divulguem o salão em suas redes sociais – assim, ganhando novos promotores para a marca – e quem sabe, tornar-se líder de mercado, por que não?

Mas, por onde começar? Onde investir o seu tempo, dinheiro e esforço para implementar estratégias assertivas? Confira, as respostas para essas e outras perguntas neste post.

1. Comece com o planejamento de marketing digital para salão de beleza

Planejamento é o começo de tudo. Qualquer estratégia de marketing precisa começar por estudos e análises que apontem o que a empresa quer alcançar e como pretende chegar lá. É isso que orienta as ações de marketing rumo ao sucesso e diminui as chances de se perder no caminho e acabar desperdiçando recursos.

Faça uma pesquisa de mercado

A pesquisa de mercado envolve o estudo sobre os consumidores, concorrentes, ameaças e oportunidades que estão lá fora. Ela ajuda a decidir — com base em dados, não em suposições — como a sua empresa vai se posicionar no mundo digital para se destacar no mercado.

Se você tem um salão de beleza em São Paulo, por exemplo, ao pesquisar por relevância de termos no Google Trends nota-se que o termo “Cabeleireiro” possui mais buscas no Google que o termo “Salão de Beleza”, com esse direcionamento inicial você pode começar a definir estratégias para o termo mais procurado no Google, mas isso é apenas o começo de várias outras análises.

Pelo gráfico de interesse ao longo do tempo é possível perceber os meses em que essas buscas são intensificadas para planejar campanhas de marketing mais assertivas para esses períodos.

Marketing digital para salão de beleza: imagem de um gráfico em formato de linhas, com duas linhas azul e vermelha cada uma indica o interesse ao longo do tempo pela busca das duas palavras "Cabeleireiro" e Salão de Beleza"

Quando analisamos as consultas relacionadas aos dois termos, podemos perceber que ambos possuem intenções de busca parecidas, como a procura por “cabeleireiro perto de mim” ou “salão de beleza perto de mim”.

Este Insight é importante para o desenvolvimento de estratégias de Geomarketing – que consiste em usar a inteligência de localização para encontrar potenciais clientes próximo ao seu salão. Falaremos mais sobre essas ações de marketing local no tópico 8.

Marketing digital para salão de beleza: do lado direito da imagem tem um mapa do Brasil indicando o estado de São Paulo, do lado esquerdo da imagem tem a lista de consultas relacionadas para o termo "Cabeleireiro"

Marketing digital para salão de beleza: do lado direito da imagem tem um mapa do Brasil indicando o estado de São Paulo, do lado esquerdo da imagem tem a lista de consultas relacionadas para o termo "Salão de Beleza"

No planejador de palavras-chaves do Google é possível ir além e consultar a média de pesquisas mensais e os valores dos lances de cada keyword relacionada aos termos pesquisados.

Marketing digital para salão de beleza: imagem do pesquisador de palavras chaves do Google

Como você pode perceber, cada palavra-chave tem um custo por clique (CPC), que você paga apenas quando alguém clicar no seu anúncio no Google e não pela quantidade vezes que ele apareceu nas primeiras posições.

Defina os objetivos e metas

Objetivos e metas dão um norte para que você acompanhe os indicadores de performance que levarão ao resultado e, inclusive, para que todos os envolvidos saibam aonde a empresa quer chegar, quais resultados quer alcançar e quais ações micro precisam realizar para colaborar com a estratégia macro.

Se o salão quer aumentar o faturamento, por exemplo, você pode acompanhar indicadores como vendas e ticket médio dos clientes vindos dos canais digitais para saber se a estratégia está performando conforme o que foi planejado.

Valide o orçamento para suas estratégias

O planejamento estratégico também envolve a parte financeira. Qual valor você pode investir na ativação das campanhas nas redes sociais, criação de um site profissional, nas ações de marketing de conteúdo, em anúncios no Google?

Faça uma avaliação do seu orçamento para todas as estratégias de marketing digital, de olho no retorno esperado para esse investimento.

Muitas pessoas acham que basta ter um site e uma conta nas redes sociais para que o resultado apareça.  Este erro pode ser fatal se você não validar o orçamento para todas as ações que precisam ser realizadas para que o resultado apareça.

2. Crie a sua persona e conheça as suas dores

Conhecer o público é uma tarefa árdua, principalmente se tratando de um segmento tão amplo como salão de beleza. Você precisa saber sobre os seus hábitos, comportamentos, dúvidas e dores no dia a dia.

Para isso, a criação de uma persona é fundamental. Ela é a descrição de um personagem que não existe, mas que é criado com base em dados reais sobre o público para representar o seu cliente ideal, para quem a estratégia será direcionada.

É preciso fazer uma pesquisa com clientes e consumidores para entender o perfil e as dores do seu público. E, caso você já tenha um site e perfis nas redes sociais, a análise de dados com Google Analytics e Facebook Insights também permite colher informações ricas para a criação da sua persona.

3. Escolha as redes sociais em que o salão de beleza vai atuar

As redes sociais são ferramentas valiosas no marketing digital para salão de beleza. Elas ajudam a alcançar mais pessoas, fortalecer a lembrança da marca e construir um relacionamento com o público.

Mas você sabe que existem várias redes sociais por aí, certo? Apesar de todas oferecerem boas oportunidades para as marcas, é preciso concentrar esforços nos canais em que o seu público está e para os quais você realmente conseguirá se dedicar.

Confira, as principais redes sociais para salão de beleza suas características e oportunidades de atuação.

Instagram

Uma rede social que tem tudo a ver com salões de beleza é o Instagram. Afinal, essa plataforma é essencialmente voltada para o visual, com imagens de encher os olhos!

Nos últimos anos, o Instagram vem se tornando uma poderosa plataforma de negócios. Nele, você tem uma série de recursos para marcas, como a venda de produtos pelo Instagram Shopping, transmissão de lives, criação de vídeos no IGTV e parcerias com influenciadores.

Além, de todo o espaço para a criatividade nos posts do Feed e Stories – que possui inúmeros recursos para trabalhar estratégias de marketing, inclusive para fazer anúncios.

Para você ter uma ideia do potencial dos Stories para as marcas, perfis comerciais tem 30% mais visualizações de Stories do que os perfis pessoais, ou seja, as pessoas gostam de acompanhar as histórias das marcas.

Para inspirar, dê uma olhada no perfil do Marcos Proença Cabeleireiros no Instagram. Além de divulgar o seu trabalho, ele cria conteúdos educativos que ensinam o público a ter uma série de cuidados com a pele e o cabelo e para isso, conta com a participação de parceiros, influenciadores e profissionais do próprio salão. 👇

YouTube

O YouTube não é apenas a plataforma de vídeos online mais usada, com mais de 2 bilhões de usuários ativos mensais. Ela também oferece uma série de oportunidades para as marcas se conectarem com seu público.

Ao criar um canal no YouTube para o seu salão de beleza, você pode publicar vídeos com tutoriais de penteados, dicas de maquiagem, indicações de produtos e outros assuntos que engajem o público, veja neste post 30 ideias de vídeos para gravar e bombar no YouTube. 😉

Você também pode permitir anúncios de terceiros nos seus vídeos para monetizar sua presença na rede, além de anunciar a sua marca em outros canais para aumentar o seu alcance.

Facebook

O Facebook é a maior rede social atualmente. São mais de 2,2 bilhões de usuários no mundo e 127 milhões no Brasil (metade da nossa população!). Provavelmente o seu público já está por lá, então só falta você aproveitar o potencial do Facebook para negócios.

Com uma página empresarial, você pode publicar posts com dicas e novidades sobre o seu trabalho, além de interagir nos comentários, como faz o Jaques Janine em sua FanPage, por exemplo. A criação de um grupo para o salão de beleza (ou apenas para clientes VIP) também é uma solução para engajar o público e criar uma comunidade em torno da marca.

Marketing digital para salão de beleza: Imagem da FanPage do cabeleireiro Jacques Janine no Facebook.

Criar conteúdo e depender apenas do resultado orgânico é outro erro fatal nas suas estratégias. O alcance orgânico do Facebook está quase morto, logo é preciso investir em mídia paga para alcançar potenciais clientes.

O Gerenciador de Negócios da plataforma oferece várias oportunidades de mídia paga para potencializar sua performance não só no Facebook, mas também no Instagram, abordaremos mais informações sobre o tema no tópico 6.

Pinterest

Assim como o Instagram, o Pinterest também é uma rede voltada para o visual. Aqui, os usuários procuram imagens como referências para seus projetos, como a decoração de um quarto ou, é claro, um novo corte de cabelo ou modelo de unha.

Então, você também pode estar lá para inspirar as pessoas, com publicações do trabalho dos profissionais do salão ou a curadoria de imagens que agradem o seu público.

O Pinterest realizou uma pesquisa que mostrou o comportamento dos usuários na plataforma:  72% dos participantes da pesquisa disseram que usam a plataforma para encontrar novas ideias para sua vida cotidiana ou seus hobbies – quase o dobro do Google!

No setor da beleza, 40% dos usuários dizem criar painéis para os produtos que desejam comprar e 67% usam o Pinterest para aprender a criar looks novos todos os dias.

Então, aí está uma oportunidade não apenas de engajar, mas também de fazer negócios.

4. Crie uma estratégia de conteúdo relevante nas redes sociais

Ok, você já escolheu em quais redes sociais quer atuar. E agora, já pode começar a publicar? Ainda não: o primeiro passo é criar uma estratégia de conteúdo relevante e consistente.

Entenda o que gera interesse e engajamento na persona, pois os usuários só vão acompanhar a sua marca se receberem conteúdos relevantes.

Entre os conteúdos mais publicados para o nicho estão dicas de saúde e beleza, o “antes e depois” de penteados e maquiagens, imagens dos bastidores do dia das noivas, tutoriais de maquiagem e rotina de skin care.

Veja o exemplo deste post com dicas de corte de cabelo da marca gringa @redken no Instagram!

Para embasar esse trabalho, é importante manter uma pesquisa constante sobre os concorrentes, além das palavras-chave e hashtags mais usadas no setor de beleza, que podem dar mais alcance aos seus posts, como mostramos no tópico 1.

Além do conteúdo, é preciso definir as datas, os horários e a frequência das publicações nas redes sociais.  Esta é uma das partes essenciais para que a sua estratégia de conteúdo funcione.

Manter a frequência de postagens correta, de acordo com o ciclo de consumo do seu produto ou serviço, gera brand lift, ou seja, amplia o interesse pela marca.

Então, para não se perder é preciso criar linhas editorias, definir um calendário mensal de postagens e agendar suas publicações com antecedência – mas sem perder as oportunidades de momento!

5. Use as redes sociais para trabalhar o marketing de relacionamento

Um erro bastante comum para quem não está acostumado com o marketing digital é usar as redes sociais apenas como propaganda. Só que elas são diferentes da publicidade tradicional — nelas, você pode deve trabalhar o marketing de relacionamento.

A interação é uma das grandes vantagens das redes sociais em relação ao marketing offline. As marcas publicam, mas recebem mensagens e comentários dos consumidores na mesma hora e podem conversar de igual para igual com eles.

Isso é valioso para aprimorar as ações da marca com os feedbacks dos usuários. Mas essas conversas também servem para nutrir o relacionamento com o público e construir uma conexão que vai muito além de uma relação comercial.

Para isso, Grupos de Facebook para empresa são uma ótima opção. Lá você pode trocar ideias com clientes do salão, mostrar novidades, tirar dúvidas, pedir opiniões e, assim, fortalecer laços.

6. Invista em mídia paga e segmente o seu público

Você não precisa pagar para criar um perfil nas redes sociais, fazer publicações e interagir com os usuários nas plataformas. Só que os posts orgânicos possuem um alcance limitado.

O mesmo acontece no Google, você pode aparecer nos resultados da busca sem pagar, mas aparecer nas primeiras posições sem ads exige técnica, tempo e trabalho árduo de SEO.

E, mesmo que você tenha uma equipe especializada em SEO e tempo para trabalhar o seu posicionamento no ranking, investir em mídia é necessário para potencializar os seus resultados e fazer com que suas estratégias de marketing para salão de beleza sejam eficientes.

A mídia paga permite segmentar o público-alvo que você deseja atingir na sua campanha, assim você consegue alcançar pessoas mais qualificadas, gastando seu dinheiro de maneira inteligente.

Confira, as principais plataformas de mídia paga para criar seus anúncios!

Facebook Ads

É a plataforma de publicidade do Facebook e do Instagram. Você pode criar anúncios e posts patrocinados para essas plataformas e sites parceiros, com diversos formatos de mídia (imagem, vídeo, carrossel etc.).

A segmentação do público é o ponto alto, já que a plataforma tem várias informações sobre os interesses e comportamentos dos usuários.

Google Ads

Essa é a plataforma de publicidade do Google. O principal formato são os links patrocinados, que aparecem nos resultados das buscas, mas também dá para anunciar no YouTube, Google Shopping e sites parceiros.

O diferencial aqui é alcançar as pessoas no momento em que elas estão procurando por algo — salões de beleza e dicas de estética, por exemplo.

Marketing digital para salão de beleza: imagem da página inicial do Google indicando os primeiros anúncios na pesquisa por Salão de Beleza em São Paulo

7. Aposte em estratégias de Inbound Marketing

Inbound marketing também é conhecido como marketing de atração. Em vez de ir atrás dos consumidores, as marcas atraem o seu interesse com conteúdos relevantes e nutrem o relacionamento com eles até que estejam prontos para comprar.

Nada de interromper o dia a dia das pessoas com anúncios, nada de forçar uma compra logo no início, aqui a metodologia é outra. Na base da confiança, o Inbound Marketing consegue:

  • aumentar visibilidade;
  • construir autoridade;
  • fechar mais negócios;
  • fidelizar clientes;
  • otimizar recursos do marketing.

Veja agora as principais ferramentas para criar a sua estratégia de Inbound Marketing para salão de beleza!

Crie um blog de conteúdo

Publicar conteúdos em um blog é uma maneira de ganhar visibilidade e tráfego orgânico do Google — e, assim, iniciar o processo do Inbound Marketing. Além disso, é uma forma de engajar o seu público com conteúdos relevantes sobre beleza, saúde e bem-estar.

O site Beleza na Web, por exemplo, tem o blog Loucas por Beleza que trabalha estratégias de Marketing de Conteúdo bem interessantes para você se inspirar!

Marketing digital para salão de beleza: imagem do blog loucas por beleza, do lado direito possui imagens de mulheres maquiadas e se arrumando, do lado esquerdo possui texto com dicas de salão de beleza

Desenvolva conteúdo rico (webinars e lives)

Conteúdos não precisam – e nem devem – ser apenas em formato de texto. Uma maneira eficiente de engajar o público é usar um dos formatos que a sua audiência mais gosta, como os vídeos.

Seja ao vivo, seja gravado, o conteúdo em vídeo tem o poder de humanizar a marca, atrair e envolver o público. Desta forma, facilitando a geração de leads qualificados para o seu negócio.

Faça a nutrição de leads

A nutrição dos leads é uma etapa essencial do Inbound Marketing. Depois de atrair pessoas interessados, você precisa se aproximar delas e estreitar o relacionamento.

Para isso, você pode enviar conteúdos mais aprofundados para nutrir os leads e conduzi-los ao longo da jornada de compra. Enviar e-mail marketing é um método estratégico para que isso aconteça.

Construa uma base de e-mails de potenciais clientes

Como falamos anteriormente, a principal ferramenta para a nutrição de leads é o e-mail marketing.

Por meio dele, você estabelece uma comunicação próxima com os leads para ajudar a amadurecer sua decisão de compra.

Então, colete os e-mails de quem demonstrar interesse no seu negócio para construir a sua base de contatos e enviar conteúdo relevante e segmentado a eles.

8. Desenvolva ações de Marketing Local

O Marketing local é um conjunto de ações com objetivo de segmentar e atrair um público mais qualificado para o seu negócio.

Elas usam os dados de geolocalização das pessoas como ferramenta de marketing para direcionar e segmentar as abordagens da marca.

Dessa maneira, é possível alcançar um público extremamente qualificado, que está próximo do negócio fisicamente, ou que tem o perfil que a marca deseja. Veja a seguir algumas dicas!

Cadastre sua empresa no Google Meu Negócio

O Google Meu Negócio facilita que as pessoas encontrem o seu salão de beleza no Google e cheguem até ele.

Ter uma ficha cadastrada no Google Meu Negócio ajuda a melhorar o posicionamento do seu site, atraindo mais tráfego e aumentando a autoridade da marca. Além de permitir receber avaliações de clientes, responder dúvidas e publicar atualizações sobre o seu salão de beleza.

Assim, quando um potencial cliente digitar “cabeleireiro perto de mim” no Google – um dos termos mais procurados do nicho, como vimos tópico 1 – a sua marca terá mais chances de ser encontrada nos resultados.

Marketing digital para salão de beleza: Imagem da página inicial do Google indicando os primeiros anúncios na pesquisa por Salão de Beleza

Você também pode trabalhar estratégias de SEO local em seus conteúdos, combinando palavras-chave relacionadas ao seu nicho e à sua localização nas suas publicações das redes sociais.

Crie anúncios geolocalizados no Facebook e Instagram

Os anúncios geolocalizados usam a localização do usuário como critério de segmentação do público-alvo.  Tudo isso, para atrair um público mais qualificado para visualizar os anúncios da marca.

Você pode direcionar seus anúncios para pessoas que moram ou trabalham perto do seu salão e que curtam marcas de produtos de beleza para deixar suas campanhas mais eficientes em termos de conversão.

9. Faça teste A/B e descubra a sua melhor performance

Não sabe qual chamada usar nos seus anúncios? Qual imagem atrai mais cliques? Qual segmentação de público funciona melhor?

O ideal é que você teste todas elas. Afinal, o bom desempenho de uma campanha nas redes sociais não tem uma “receita de bolo”.

Os testes A/B te ajudam a fazer as escolhas certas. Eles servem para testar uma variável (imagem, formato, texto, segmentação, horário de postagem) e verificar qual funciona melhor junto a uma parcela do público.

Então, aquela que tiver melhor desempenho é enviada para todo o público-alvo.

10. Monitore e avalie os seus resultados

O marketing digital tem outra grande vantagem em relação ao marketing offline: você pode monitorar os resultados de todos os canais.

Visualizações, cliques, conversões, visitas, curtidas, comentários, compartilhamentos — essas e outras métricas revelam como o público reagiu às suas ações.

A partir dessa análise você entenderá se a sua estratégia está no caminho certo e terá Insights importantes para futuras ações, como os melhores dias e horários para postar, os formatos que performam melhor ou a linguagem que mais comunica.

As próprias redes sociais disponibilizam relatórios sobre a atuação da sua marca na plataforma. Mas é recomendado usar uma boa ferramenta de gestão de redes sociais que consolide os resultados em um lugar só e ofereça um panorama completo sobre a sua estratégia.

Agora, que você já sabe como começar uma estratégia de marketing digital para salão de beleza, confira o nosso Kit Campanha de Redes Sociais por Nicho de Mercado e conheça as ferramentas e  os  recursos que te ajudarão a planejar e executar as melhores campanhas para seus clientes!

Imagem de um banner publicitário com a frase: kit campanha de redes sociais por nicho de mercado.

Facebook Comments
Gestão de redes sociais Entenda por que a mLabs é a ferramenta de gerenciamento de redes sociais escolhida por mais de 120 mil marcas!

Posts relacionados