Saiba como usar Facebook para negócios locais e aumente sua lucratividade!

Facebook para negócios: imagem de uma mão segurando o celular com a tela de login do Facebook aparecendo.

O Facebook é a rede social protagonista nos logins para uso do Wifi nos estabelecimentos, e continua a expandir sua liderança como a maior rede do mundo com 2,32 bilhões de usuários ativos mensais. Portanto, se você quer alcançar os consumidores da marca, usar o Facebook para negócios é quase que obrigatório. Afinal, a marca precisa estar onde o público está, não é mesmo?

Porém, sabemos que para muitos usuários a dificuldade não é está em criar uma Fanpage, mas em colocar em práticas ações que tragam resultados para seus negócios locais, com estratégias pontuais e bem segmentadas para atingir o público de determinada região.

Pensando nisso, trouxemos algumas dicas práticas para te ajudar a potencializar seus resultados com Facebook para negócios locais.

7 dicas para usar o Facebook para negócios locais

Confira as 7 dicas que separamos para você aproveitar todo o potencial que o Facebook oferece para promover negócios locais.

1. Utilize um call to action que leve para o ambiente físico

O uso correto do call to action é um grande aliado para potencializar os conteúdos nas mídias sociais e, no caso do Facebook para negócios locais, não é diferente. Ele é o convite que incentivará seu público à ação. Portanto, ao criar um post, finalize-o convidando o usuário a visitar seu espaço físico e reforce os benefícios da empresa, como o preço, a exclusividade, ou até mesmo a localização privilegiada do ponto de venda.

Combinar o CTA com os benefícios acerca do negócio é o primeiro passo para atingir bons resultados.

2. Impulsione seus posts com segmentação por localização

A rede social é uma super aliada dos anunciantes, tanto que o seu Gerenciador de Anúncios disponibiliza dados demográficos (idade, gênero, localização), dados de interesse e comportamentais dos usuários (interesse em comidas, entretenimento, estudantes, compradores online) para que as marcas possam segmentar o público dos seus anúncios de forma assertiva. Com esse recurso, você pode impulsionar seus posts para que apenas as pessoas próximas do seu negócio sejam impactadas. Incrível, não é?

A mLabs, por exemplo, cria anúncios direcionados para o público de determinada região participar de campanhas e eventos físicos nos quais ela participa.

Facebook para negócios: imagem de um post da mLabs sobre um evento em Belo Horizonte.

3. Aproveite a base de clientes atuais da marca

Se a marca já está mercado há algum tempo, provavelmente tem a base de dados cadastral dos seus clientes, certo? Sabia que você pode subir uma planilha com e-mail e telefone dos clientes no Facebook e eles serão encontrados caso estejam cadastrados na plataforma com os mesmos dados?

Com isso, você pode criar duas estratégias diferenciadas para os seus anúncios:

Retargeting

Nessa estratégia, o Facebook utiliza a base de clientes que você enviou e cria um público personalizado dentro da plataforma, desta forma, você pode criar anúncios e posts específicos para este grupo. Então, que tal falar com eles de forma diferenciada, considerando que já conhecem a sua marca?

Público Semelhante

O que os negócios locais mais desejam é encontrar pessoas com potencial para se tornar seus novos consumidores e através do Público Semelhante, o Facebook faz um estudo de algoritmos para encontrar usuários com perfil semelhante àqueles que estão na sua base de clientes.

Assim que os encontra, ele gera um grupo de público semelhante para que você impacte estas pessoas, incentivando-as a adquirir seu produto ou serviço.

4. Crie um chatbot e garanta atendimento 24 horas por dia

Embora, o assunto seja Facebook para negócios locais, algumas boas práticas do mundo offline não saíram de moda. Uma delas é o bom atendimento, que ainda é o ponto chave e um grande diferencial para as marcas. E melhor ainda quando ele é aliado à tecnologia!

No Facebook, é possível desenvolver Chatbots – robôs que automatizam a comunicação via inbox. Dessa forma, você garante que os clientes sejam respondidos independentemente do horário de funcionamento do seu negócio. Isso passa mais confiabilidade para o consumidor e reflete positivamente na percepção que os seguidores tem da marca.

5. Ofereça benefícios para quem avaliar a marca no Facebook

Como consumidor, você provavelmente já deve ter consultado as avaliações que os usuários deixam nas páginas de negócios locais que pretende visitar, não é mesmo? Afinal, a opinião de um cliente é extremamente relevante, pois ela influencia e muito na tomada de decisão de compra. Então, incentive os consumidores a avaliarem a marca no Facebook! Você pode fazer isso oferecendo um benefício, como desconto, brinde, sorteio etc.

6. Faça o monitoramento da marca

Tão importante quanto criar conteúdo de qualidade que agregue valor para o público é analisar aquilo que já foi feito, com o objetivo de ser cada vez mais eficiente em sua comunicação.

Ao fazer o monitoramento da marca no Facebook você terá informações relevantes sobre a percepção que os usuários têm da marca, poderá conhecer de perto os aspectos positivos e os que precisam ser melhorados e compreenderá melhor as necessidades do público-alvo.

Com a mLabs, você possui relatórios para Facebook, com informações como:

  • Melhores Posts e Stories (por alcance ou por interações);
  • Overview de Interações e média de interações no período selecionado;
  • Detalhamento de interações por post;
  • Melhores Posts por tipo;
  • Desempenho de hashtags;
  • Melhores dias e horários para postar (desempenho por dia e hora);
  • Número de seguidores (gráfico comparativo ou contínuo);
  • Perfil de seguidores (faixa etária, gênero, localização);
  • Concorrentes (monitore até 5).

Facebook para negócios: imagem do gráfico de melhores conteúdos da plataforma mLabs

Facebook para negócios: gráfico com os melhores dias para postar da plataforma mLabs.

Facebook para negócios: gráfico com os melhores horas para postar da plataforma mLabs.

Mas não fique apenas no monitoramento! Você pode estabelecer uma periodicidade para essas análises e criar planos de ação para otimizar cada vez mais a página no Facebook para negócios locais.

7. Estabeleça parcerias com negócios locais complementares

Uma estratégia que vem ganhando força no Marketing Digital são as ações colaborativas entre as marcas. Você pode aproveitar isso para encontrar outros negócios locais que ofereçam produtos e serviços complementares ao da marca que você trabalha e que estejam dispostos a realizar uma parceria.

Por exemplo, se a marca é uma loja de móveis, ela pode se aliar a uma empresa de arquitetura e criar benefícios para os clientes que comprarem seus produtos junto com o serviço de design de interiores, oferecendo descontos e condições especiais. Essa é uma maneira de usar o Facebook para empresas locais incentivando os consumidores das duas marcas a fazerem negócio!

Mas cuidado, antes de propor parcerias para outros negócios da sua região, faça uma análise da relevância que essas marcas possuem nas redes sociais, para que ambos saiam ganhando com a parceria e de fato potencializem as chances de conseguir mais clientes.

Como mostramos nas dicas acima, existem muitas opções para aumentar a lucratividade da marca nas redes sociais. Para isso, basta planejar as estratégias para utilizar o melhor da ferramenta. Gostou do conteúdo? Legal, né?

Se você ficou interessado em se aprofundar mais sobre o Facebook para negócios, leia também o nosso Guia de anúncios para Facebook Ads e fique por dentro das melhores escolhas na hora de fazer seus anúncios.

Facebook Comments
Gestão de redes sociais Entenda por que a mLabs é a ferramenta de gerenciamento de redes sociais escolhida por mais de 30 mil marcas brasileiras!

Posts relacionados