Tudo que você precisa saber sobre o Google Meu Negócio!

Google Meu Negócio: imagem de uma mão segurando um celular e um notebook aberto em com a página do Google Meu Negócio nos dois dispositivos.

Você já imaginou o quanto seria complicado encontrar um lugar sem o serviço de GPS, placas indicativas ou ao menos um mapa?

É mais ou menos assim que um usuário se sente ao buscar pelo nome do seu negócio no Google e não encontrá-lo.

Então, se você não quer que o seu cliente se sinta mais perdido que cebola em salada de frutas, é importante que você tenha uma ficha no Google Meu Negócio (GMN)!

Mais que uma ação de marketing, trata-se de um serviço de utilidade para o bem mais precioso da marca: seus clientes.

É por isso que, se você possui um negócio e quer fazer com que ele seja encontrado na Internet, você precisa marcar presença na ferramenta. 

Mas se tudo isso é novidade para você, não se preocupe, suba no banco do passageiro e vamos juntos conhecer a história, as vantagens e as principais funcionalidades do Google Meu Negócio!

Como surgiu o Google Meu Negócio?

O Google Meu Negócio, em inglês Google My Business, é o último estágio evolutivo de uma ferramenta que começou lá em 2004.

Naquela época foi lançado o Google Local, uma espécie de mecanismo de busca apenas para empresas, mais ou menos como as antigas listas telefônicas.

Quem é das antigas vai se lembrar das famosas páginas amarelas. 😅

Em 2005 o mundo foi apresentado a um sistema revolucionário, o Google Maps, que ainda não apresentava os mesmos recursos de hoje, mas tenho certeza de que você se lembra de um deles, o Street View.

Talvez, você já tenha até passado algumas horas se divertindo nele procurando locais conhecidos, não é mesmo?

No mesmo ano, surgiu o Google Local Business Center, recurso que permitia aos administradores de negócios a inclusão nas listas do Google Local.

Quando aliadas, as funcionalidades traziam grande comodidade ao usuário, que poderia encontrar facilmente os locais por meio dos mapas interativos.

Foi aí que algum chefão do Google percebeu que elas faziam mais sentido se fossem unificadas, e após a fusão permaneceu o nome mais popular: Google Maps.

Em 2009, nasceu o Google Place Pages, que reunia todas as informações possíveis sobre um local no mesmo lugar.

Isso incluía dados de contato, endereço, fotos e tudo mais que pode ser útil para os consumidores.

Um ano mais tarde veio à tona o Hotpot, que considerava a opinião dos usuários para recomendar localidades.

Se antes as pessoas iam às cegas à loja de doces, por exemplo, agora contavam com o auxílio da comunidade para sugerir o local.

E, mais uma vez, a empresa optou por fundir as ferramentas em uma só.

Algum tempo depois, em 2011 surgiu o Google+ que encerrou suas atividades em 2019.

A companhia tentou criar algo similar às Fanpages, as chamadas Google+ Pages para agregar os outros serviços do Google, o Google+ Your Business e o Google+ Brand Pages.

Mas não sobreviveu por muito tempo. 😥

Finalmente, em junho de 2014, foi criado o Google My Business, que substituiu as funções exercidas pelas demais ferramentas e colocou todas em um só local.

Agora, todas as informações sobre um local (páginas de negócios, páginas sociais e geolocalização) se concentram em um só diretório. 💥


Como você pode ver, a história do Google Meu Negócio passou por uma série de transformações. Tudo isso, é claro, em prol do usuário.

Por essa razão, podemos acreditar que novas mudanças ainda surgirão.

Entretanto, se você quer que o seu negócio seja encontrado mais facilmente, para atrair clientes e conquistar mais credibilidade, essa é a ferramenta mais indicada.

O que é o Google Meu Negócio?

Falamos bastante sobre a sua longa história, mas a sua é bem simples.

O Google Meu Negócio é uma ferramenta gratuita que permite que sua empresa seja encontrada no principal mecanismo de buscas do mundo (Google) e na ferramenta de navegação da mesma empresa (Google Maps).

Quando uma empresa é cadastrada na plataforma, ela precisar preencher uma “ficha” com suas informações relevantes.

Essa ficha aparece em destaque ao lado direito da página de busca. Veja, como a nossa ficha aparece no buscador!

Google Meu Negócio: imagem da ficha da mLabs no Google.

Desta forma, ao procurar pela marca, os usuários têm acesso às informações relevantes do negócio, como:

  • localização;
  • horário de funcionamento;
  • telefone;
  • imagens do local;
  • site, entre outras.

Além disso, eles podem fazer comentários, avaliar a empresa, verificar a nota de avaliação, pegar referências de outros consumidores e ainda utilizar apps de navegação para serem direcionados para o estabelecimento.

Como funciona o Google Meu Negócio?

👉 O Google My Business é um agregador de informações.

Quando o usuário realiza uma busca no Google, o algoritmo procura alguma referência comercial relacionada ao tema, e automaticamente mostra a ficha do local “mais relevante”.

Porém, as coisas não são tão simples. A verdade é que nem sempre a ficha mais completa ou mais próxima do local, onde a pesquisa foi realizada, aparece no primeiro resultado.

Para isso, os robôs do Google identificam fatores que fazem variar os resultados de pesquisa. São eles:

  • relevância: considera a melhor combinação entre uma ficha local e a pesquisa do usuário. Ou seja, uma resposta personalizada, baseada na intenção de busca, histórico de pesquisa e localização do usuário.
  • distância: considera a distância entre o negócio e o termo buscado e o usuário. Um usuário pode auxiliar o mecanismo com informações complementares, como “bares no Rio de Janeiro”. Caso contrário, o Google utiliza dados de navegação, por conta própria.
  • proeminência: considera a popularidade da empresa. Ou seja, o número de avaliações, a média de notas, comentários, cliques e tráfego na ficha do negócio. Em suma, uma somatória de componentes que incluem a reputação, o alcance e até mesmo alguns elementos do site oficial.

Com isso, podemos concluir que as estratégias de otimização são muito valiosas para empresas que querem se destacar no Google.

Quais são as vantagens de ter uma ficha do Google Meu Negócio?

Se você tem uma pizzaria e uma pessoa está a alguns minutos do seu estabelecimento procurando um lugar para jantar, ao digitar “pizzaria” no Google, ela encontra o seu negócio?

Google Meu Negócio: imagem de um esqueleto em pé, com a mão na boca, pensando.
Esse é um dos motivos pelo qual é preciso investir em ações que elevem o posicionamento da ficha no ranking.

Não é balela. De acordo com o próprio Google, empresas que mantêm atividade frequente no GMN têm duas vezes mais chances de serem consideradas confiáveis pelos consumidores.

E, ao gerenciar as informações na plataforma as marcas estreitam o relacionamento com os usuários e, como resultado recebem:

  • 42% mais solicitações de rotas de carro no Google Maps;
  • 35% mais cliques para acessar seus sites do que as demais empresas.

Mas, afinal, quais são as vantagens de ter uma ficha do Google Meu Negócio em termos práticos?

Aumento da presença online

Ter uma ficha, caprichada, no Google Meu Negócio faz com que a empresa apareça nas buscas orgânicas do Google e Google Maps.

Ou seja, a marca permite que potenciais clientes encontrem suas informações com mais facilidade e, desta forma, consegue aumentar, consideravelmente, a sua presença online.

Ampliação do alcance da marca

Quem não quer conquistar novos clientes, ainda mais sem precisar investir dinheiro ou correr atrás deles?

Sem dúvidas, essa é uma das principais vantagens do Google Meu Negócio.

Além de aparecer na maior vitrine do mundo, a ferramenta permite que as marcas façam publicações de fotos, vídeos e ofertas.

Uma ótima maneira de mostrar aos clientes os seus diferenciais e dar mais motivos para escolherem a empresa.

Acesso à métricas e estatísticas

Pelo painel do Google Meu Negócio é possível ter informações importantes para tomada de decisões estratégicas. Os gráficos, disponíveis na plataforma, permitem visualizar dados, como:

  • como os clientes pesquisam sobre a empresa;
  • como se comportam depois que encontram sua ficha;
  • quantas pessoas ligaram diretamente para a empresa;
  • quantas pessoas solicitaram a rota para chegar no estabelecimento;
  • quantas pessoas visitaram o site;

Esses são apenas alguns de muitos outros dados valiosos que você encontra na ferramenta.

Fortalecimento do relacionamento com o público

relacionamento com o público é outra grande vantagem que a ferramenta proporciona.

Os clientes podem entrar em contato com a marca por ligações, mensagens ou até mesmo deixar avaliações e comentários.

Inclusive, é por meio das avaliações e comentários – realizados pelos usuários – que a empresa pode ter uma percepção do que as pessoas pensam sobre ela.

Uma coisa é fato: as pessoas estarão na Internet falando sobre a marca, quer ela queira, quer não.

O que o GMN faz é proporcionar para as marcas a escolha de participarem ou não das conversas.

Otimização do SEO Local do estabelecimento

Dá-se o nome de SEO Local ao processo de otimizar a presença da marca nas páginas de buscas, por meio de pesquisas realizadas próximas da sua região geográfica.

👉 O exemplo que demos, anteriormente, sobre a pizzaria é um modelo clássico SEO local.

E, se ele fez você refletir sobre a sua presença online, imagina só a quantidade de clientes que podem estar AGORA na Internet procurando por estabelecimentos como o seu!

Para você ter uma ideia, de acordo com dados do Google, existem:

  • 5 bilhões de pesquisas por restaurantes;
  • 3 bilhões de pesquisas por hotéis;
  • 1 bilhão de pesquisas por lojas de roupa;
  • 600 milhões de pesquisas por salões de beleza;
  • 5 milhões de pesquisas por cafeterias.

Diante desses dados, manter as informações atualizadas no GMN é crucial para aparecer na frente das concorrentes, com mais influência e autoridade digital.

Como otimizar o posicionamento na plataforma?

Google Meu Negócio: imagem de uma mão segurando um celular com a tela do Google Maps aberta

Existem algumas táticas para manter um alto padrão de ficha no Google Meu Negócio.

São diretrizes especificadas pelo próprio Google, que fazem toda a diferença na hora que um usuário realiza uma busca pela sua empresa, ou por algum tema relacionado.

Reivindique o seu negócio

A primeira ação para otimizar o seu perfil no Google Meu Negócio é dizer à ferramenta que você é o administrador do local.

Para isso, você precisará ter uma conta no Gmail. Depois, de criar ou logar na sua conta, acesse o Google Meu Negócio, clique em “gerenciar agora” e digite o nome da empresa na barra de pesquisa.

Em seguida, vá até o “Painel de informações” da empresa, clique em “Reivindicar esta empresa” e “Sou proprietário ou gerente desta empresa”.  Selecione uma opção de verificação e siga as etapas na tela.

Preencha 100% da sua ficha

Para que o algoritmo entenda que a sua página é relevante, você deve inserir o máximo de informações possíveis na ficha. Acredite, elas serão úteis para os usuários.

Dados como descrição, localização, e-mail, telefone, website, horário de funcionamento e categoria são os principais e não podem ficar de fora.

Uma dica para ter sucesso no preenchimento da sua ficha é utilizar a etiqueta do Google Meu Negócio.

Ela serve para classificar a empresa por segmentos e ao usá-la você consegue cadastrar palavras-chave e deixar a descrição do negócio ainda mais redonda.

Quanto mais específica for a pesquisa do usuário, mais chances o estabelecimento terá de ser encontrado – claro se estiver usando etiquetas correspondentes à busca.

Atualize os dados com frequência

Outra prática importante é manter os dados da sua ficha sempre atualizados.

Por mais que essas ações pareçam irrelevantes, o algoritmo é capaz de detectar informações obsoletas. 

Ele consegue perceber, por exemplo, que a URL do website não leva o usuário a uma página, ou que o número de telefone é rejeitado.

Usuários insatisfeitos podem avaliar a empresa de forma negativa, o que certamente terá influência sobre o algoritmo.

Por isso, garanta que as informações sejam atualizadas sempre que houver alguma mudança.

👉 Temos um post específico que explica, passo a passo, como alterar o endereço no Google Meu Negócio. Caso você precise atualizar o seu!

Interaja com os usuários

Você não quer que seus potenciais clientes fiquem “no vácuo”, né? Então, lembre-se de responder todas as interações do Google Meu Negócio.

As pessoas poderão ir até a sua ficha para interagir de várias maneiras: agradecer, elogiar, reclamar, sugerir e realizar outras ações.

Então, nada mais justo do que respondê-las.  😉

Trabalhar o engajamento na ficha é importante para que o algoritmo compreenda que a marca está presente e se importa com os usuários.

Adicione fotos, ofertas e novidades

Os usuários de Internet têm uma forte tendência ao visual. Por conta disso, é sempre válido inserir imagens que facilitem a identificação do local.

Sem contar, é claro, que essa é uma ótima maneira de despertar a curiosidade nos usuários.

Ao mostrar fotos do estabelecimento, as chances de atrair um maior engajamento e interesse sobre suas ofertas aumentam bastante.

Não se esqueça de inserir novas imagens sempre que houver alguma reforma ou nova atração no seu negócio.

Estimule as avaliações

A avaliação do Google Meu Negócio é muito importante para que a sua ficha apareça bem posicionada nos resultados de busca.

Ela tem um peso grande na classificação da empresa no ranking. Então, vale a pena criar ações que incentivem essa prática.

A própria ferramenta oferece a opção de gerar um link que você pode enviar para as pessoas avaliarem a empresa.

👉 Você pode utilizar esse link nas suas ações de marketing nas redes sociais, por exemplo, para incentivar os seus seguidores a participarem.

É possível excluir a empresa do Google Meu Negócio?

Vamos supor que a empresa venha a “fechar as portas” ou simplesmente não deseja mais ter uma ficha na plataforma, o que fazer?

Nesses casos, é possível excluir a empresa do Google Meu Negócio. Afinal, nem todas as empresas possuem público com perfil para investir nessa estratégia.

E, quando se trata de marketing digital não existe receita de bolo, mas sempre há tempo para recomeçar com novos objetivos e metas.

Então, gostou de saber tudo sobre o Google Meu Negócio? Agora você já pode criar uma ficha e começar a usá-lo estrategicamente.

Essa é uma oportunidade valiosa para interagir com seu público, fortalecer a marca e gerar resultados positivos.

Agora, se você ficou com alguma dúvida ou quer nos falar sobre a sua experiência, deixe um comentário para a gente conversar um pouco mais sobre a ferramenta!

Facebook Comments
Gestão de redes sociais Entenda por que a mLabs é a ferramenta de gerenciamento de redes sociais escolhida por mais de 120 mil marcas!