Instagram Shopping: conheça o recurso para vender diretamente do Insta

Instagram Shopping como vender pelo app

O Instagram Shopping já é um recurso bastante utilizado por diversas marcas na rede social. Ele oferece praticidade aos usuários por permitir vendas diretamente pela plataforma, sendo possível inserir tags com detalhes sobre o produto e facilitando o fechamento do negócio.

O que era visto como uma plataforma para compartilhar imagens virou uma grande ferramenta de marketing há muito tempo!

Por isso, neste artigo sobre Instagram Shopping você descobrirá:

  • o que é e como funciona o recurso;
  • quais as principais funcionalidades;
  • como extrair o máximo dessa ferramenta;
  • possíveis dúvidas sobre o Instagram Shopping.

O que é e como funciona o Instagram Shopping?

O Instagram Shopping é um recurso que permite vender pelo próprio aplicativo. Para isso, é usada uma nova aba no feed da página, com o ícone que imita uma “bolsinha”. 

Nesse espaço, é possível colocar os produtos que estão para compra já informando o preço deles. 

Dessa forma, não há mais a necessidade de vender somente pelo link da bio do perfil, por exemplo. Com a aba do Shopping, fica mais fácil divulgar um produto, já que o caminho para isso foi encurtado. 

Quando o usuário clica na foto da mercadoria que ele deseja, além dela ser ampliada, ainda aparece um botão para redirecionamento, levando os usuários a visualizar o produto dentro do site. 

Quais são os principais recursos do Instagram Shopping?

Antes de tudo, você precisa saber que esse recurso de loja só está disponível para as contas empresariais do Instagram, ok?

O tio Zuck criou coisas bem legais por ali, como a possibilidade de vender não somente pelo feed, mas também pelos Stories já sabia disso?

Na aba “Explorar”, inclusive, aparecem muuuiitos produtos que utilizam desse recurso para venda. Com isso, surge a oportunidade de alcançar outros novos potenciais clientes e, é claro, seguidores.

Porém, não é só isso. Com frequência novos recursos são lançados.Por isso, é sempre bom ficar ligado e se beneficiar das novidades que a plataforma disponibiliza!

Enquanto isso, vale explorar a fundo as opções disponíveis:

Vendas nos Stories

A gente sabe que o story vem ganhando cada vez mais espaço e já é o queridinho dos usuários da rede social, né? 

A boa notícia é que ele ajuda muuuuito na hora das ações de marketing e vendas! 

Além de permitir maior frequência e dinamismo nas publicações, o recurso ainda permite investimento. Com isso você amplia o alcance dos seus stories, aumenta o engajamento e, consequentemente, os resultados.

Mas como funciona o shopping nos Stories? É simples!

Ao criar um story, é necessário usar a tag de venda. O procedimento é bem similar à utilização no feed, inclusive. 

Para isso, é preciso ter o catálogo de produtos devidamente cadastrado. Ou seja:

  • ter uma plataforma de e-commerce validada para a integração;
  • usar o gerenciador de catálogos;
  • vincular a sessão loja à sua página do Face. 

Na visão do usuário, ele só precisará clicar na tag para saber mais detalhes do produto, como o preço, e como comprá-lo. Prático, né?

É justamente por Isso que o recurso se torna bem vantajoso na divulgação dos produtos e no aumento das vendas.

Rola uma especulação que essa funcionalidade possa chegar, em algum momento, também para perfis pessoais. Legal, né?

Loja na aba “Explorar”

Outra possibilidade que o recurso traz é o de aparecer na sessão “Loja” na aba “Explorar”. 

Sabe ali na lupinha, onde você pode buscar por “Jogos”, “Esportes”, “Arte”, “Fitness”, “Música” e outras etiquetas? Então, também tem a sessão “Loja”, onde aparecem para os consumidores produtos à venda. 

Para marcas que pretendem vender pelo programa, isso pode representar um novo rol de oportunidades.

Afinal, por meio dessa aba, não são apenas os seguidores que podem visualizar o conteúdo e comprar os produtos, mas qualquer um que faça uma busca direcionada.

E mais do que isso.

Se alguma pessoa está ali, de bobeira, olhando o explorar, mesmo sem buscar nada, pode ser que o produto da página que você gerencia apareça para ela. 

Isso porque o Insta separa um cantinho ali para mostrar diversos produtos que passam em vídeo, como se fossem slides, e de diferentes segmentos.

Assim, mesmo que uma pessoa não esteja procurando um ítem específico, ela pode se interessar espontaneamente e até mesmo realizar uma compra por impulso.

Tudo bem que o algoritmo do Instagram é bem espertinho e vai mostrar coisas mais relevantes e que sejam do interesse de cada pessoa que está explorando o espaço. Mas é isso mesmo que você quer: alcançar pessoas que possam realmente ter o interesse em comprar de você!

As sugestões ocorrem na página principal do “Explorar”, sempre sinalizadas com um ícone de “bolsa”, referente ao Instagram Shopping. Contudo, ao clicar na sessão específica que indicamos, as recomendações são ainda mais personalizadas.

CheckOut

O CheckOut é um dos recursos que ainda não foram lançados para todos, mas segue sendo testado em versão beta nos Estados Unidos 🇺🇸 e alguns outros poucos países.

A ideia é que o usuário não precise ser redirecionado para o e-commerce para finalizar a compra, podendo fazê-la dentro do próprio Instagram. Ou seja, mudaria a última etapa do que já está disponível no shopping.

Dessa forma, não será necessário vincular um site à rede social. A marca terá uma completa e verdadeira loja ali mesmo no Insta!

Isso ajuda a simplificar ainda mais a jornada de compra, oferecendo uma nova experiência ao usuário, com menos etapas e mais rápida — o que favorece no aumento da conversão em vendas para o negócio

Sem falar, é claro, na sensação de segurança que a marca oferece aos usuários. Isso porque é possível que eles comprem vários produtos em um só lugar, sem precisar fazer transações bancárias em vários sites diferentes.

Você tem dúvidas de que o Insta vai ser o novo “marketplace” favorito de todo mundo? ♥

O único pontinho de atenção é que, aparentemente, o Insta ganhará uma taxa por cada venda que a página fizer. 

Nada diferente do que muitas plataformas de e-commerce já fazem, né? Mas vale trazer esse ponto como reforço para quando a solução chegar em solo brazuca!

Lembretes para lançamentos e novos produtos em estoque

Essa função vai ajudar a avisar os seguidores sobre um lançamento e a chegada de um produto no estoque e ainda criar aquela sensação de expectativa e ansiedade em geral 🎉.

O lembrete ajudará aqueles que amam ser os primeiros a comprar algo e os que são fãszaços da marca e querem ter todas as novidades. 

O recurso funciona por meio de um adesivo que pode ter o nome do produto ou da próxima coleção, e daquele reloginho de contagem regressiva que tem nos stickers, sabe?

Também será possível criar um post no feed com esse lembrete por meio de uma tag.

Os seguidores que clicarem no ícone, vão receber uma notificação push avisando que o dia do lançamento está chegando. Além disso, o recurso também pode notificar quando um produto estiver prestes a esgotar, esgotado e quando ele voltar ao estoque.

É tipo aquela opção de “lembre-me quando o produto estiver disponível” dos sites, em que você clica e recebe um e-mail lembrete. 

Sendo assim, as marcas vão ter um canal facilitador para estimular as compras em ações de lançamento, sem correr o risco de perder vendas por falta de estoque. 

Contudo, assim como o checkout, esse recurso ainda não está disponível para todos os países.

Realidade aumentada

Essa é uma das funcionalidades mais legais do Instagram Shopping. Pelo menos é o que nós achamos! hehehe

O recurso vai ajudar bastante as marcas a não perderem vendas por falta de loja física. Afinal, há ainda seguidores que ficam inseguros de comprar alguns tipos de produto pela internet sem experimentar antes. 

Nada como uma ajudinha da tecnologia, não é mesmo?

Com o recurso de realidade aumentada, o seguidor poderá se ver com determinado produto, ajudando na tomada de decisões. Funciona tipo os filtros de jogos nos Stories, sabe?

Para usar esse recurso, as marcas devem usar a tag de marcação de vendas.

Assim, quando alguém entrar no perfil da página, só precisará clicar na tag de marcação do post ou do story para ser direcionado para uma página específica, que vai mostrar o produto que a pessoa se interessou.

Ao clicar nele, a câmera frontal dos stories do usuário se abrirá, e ele enxergará como vai ficar com o produto! UHUUU

A ideia é que os seguidores tenham mais confiança na compra, a loja não perca vendas pela falta de opção de “experimentar” o produto e, além disso, incentivar que os usuários compartilhem com seus amigos o story. 

Isso gera mais visibilidade e as chances de venda crescem! \o/

Inicialmente, apenas algumas lojas de cosméticos e óculos estão experimentando o recurso. Mas a gente não vê a hora dele ficar disponível pra tooodo mundo!

Como extrair o máximo desses recursos?

Bom, “até aí, tudo bem”, você deve estar pensando. Mas você sabe como aproveitar desses novos recursos nas contas que administra?

Se a resposta for não ou qualquer coisa do tipo, não se preocupe! Diferentemente do Tom Hanks após perder a sua bola Wilson no filme “O Náufrago”, você não está sozinho (diz que você riu da piada, vai?).

Se liga como você pode aproveitar da melhor forma esses recursos:

Mantenha uma frequência de postagens

Não é novidade para ninguém que a regularidade de posts é o que faz com que as pessoas se lembrem da sua marca e que o seu alcance melhor perante o algoritmo, não é mesmo?

Bom, com o Instagram Shopping ficou ainda mais importante manter uma frequência interessante, já que ela é uma ferramenta de venda direta.

Acontece que, agora, chegamos a uma encruzilhada. As publicações sequenciais muito focadas em produto podem acabar gerando um efeito contrário. Isso poderá levá-lo, inclusive, à perda de seguidores. Afinal, ninguém gosta de um chato amolando na timeline.

É importante ter o cuidado para que sua comunicação não pareça aquele jeito antigo de fazer marketing direto, parecendo que a marca está forçando a compra de QUALQUER JEITO!

Lembre-se que o Instagram ainda é uma rede social. As pessoas ainda querem ver fotos lindas, videos engraçados e consumir conteúdo de qualidade.

Portanto, tenha cautela com os posts!

Tente humanizar as publicações e incluir os produtos em imagens que reflitam uma rotina, em vez de trabalhar apenas as peças isoladas, em montagens ou vestindo manequins.

Faça o mesmo nos Stories! Afinal, o conteúdo lá já é, por si só, mais dinâmico. Além disso, há muito mais liberdade para postar uma sucessão de posts. Afinal, por lá é o usuário que está no comando, podendo progredir e regredir pelas histórias como bem entender.

Agora você pode mostrar todos os principais produtos que chegaram no e-commerce em sequência e inserir etiquetas que levarão diretamente a uma página de compra, por exemplo.

Com essas dicas você não lota o feed da marca só com mercadorias e ainda tem mais liberdade e oportunidades.

Outra ideia legal é compartilhar posts de outros usuários fazendo uso do que a marca vende e utilizando a tag de vendas. Prova social faz muita diferença!

As possibilidades são muitas, então basta usar a criatividade e flexibilidade proporcionada pelo formato para fechar mais negócios.

Imagem de um banner publicitário com a frase: kit campanha de redes sociais por nicho de mercado.

Utilize muito bem as legendas

As legendas dos posts ganham ainda mais importância para a otimização, pois ajudam, de certa forma, os produtos a aparecerem na aba “Explorar”.

É por meio delas que o Instagram irá categorizar os posts para que estejam visíveis nos resultados das buscas e sugestões para os usuários.

Por isso, na hora de construir a legenda, faça bom uso das hashtags — o que significa não trabalhar com exageros. 

O ideal é que não passem de dez, mas tente trabalhar com o máximo de cinco, estrategicamente.

Vale lembrar que as hashtags também podem ser usadas nos Stories. Não perca a oportunidade de levar o conteúdo desse recurso a mais pessoas!

Faça reviews e análises

Outra maneira muito interessante para engajar o usuário no Instagram Shopping sem necessariamente fazer uma propaganda explícita é por meio de reviews.

Mostre aos seguidores, e demais pessoas que encontrarão as histórias pela busca, como funcionam os produtos que a marca vende. 

Faça unboxes (os famosos recebiiidos), tutoriais de utilização e qualquer outro formato de vídeo ou imagem que os faça perceber a qualidade, necessidade ou importância desses itens.

Reviews e análises no Instagram Shopping

Observe o caso acima. Nele, a loja de periféricos para computadores GFallen mostra a mochila para notebooks e cada um de seus compartimentos.

Assim, as pessoas podem assistir ao vídeo e, com o recurso do shopping nos Stories, realizar a compra em poucos cliques. Interessante, né?

Outra opção são as parcerias com os influenciadores digitais. 

Mesmo que você não tenha uma verba alta, dá para fazer um bom trabalho de influência!

A dica é focar nos nano e micro influenciadores. Trabalhe com a permuta do produto pelos reviews no canal dele e, claro, a permissão de utilizá-lo na sua página. 

Eles têm forte poder de influenciar seus seguidores e gerar credibilidade à marca. Aproveite disso!

Dúvidas sobre o Instagram Shop

Como são muitos detalhes, pode ser que você ainda tenha algumas dúvidas sobre essa funcionalidade.  Por isso, separamos algumas bem comuns para te ajudar! 😜 

1. É preciso ter um e-commerce para usar a loja do Instagram?

Não. Só precisa ter uma página da loja no Facebook ou no catálogo de produtos do Gerenciador de Negócios, ok? Ah, e uma conta empresarial do Insta também, como já falamos aqui! 😛

2. É possível agendar posts com as tags do Instagram Shopping?

Se você é cliente mLabs, essa é para comemorar: SIIIIIIIMMMMM!!!!! 

Pela plataforma, além de fazer uma ótima gestão das redes sociais poupando o seu tempo de execução e análise, é possível agendar os posts com as tags de marcação. 

Basta ir em “Configurações”, no momento do agendamento do formato Instagram, e selecionar o recurso Instagram Shop para marcar seus produtos nos posts do Feed. *-* 

Inclusive, se você ainda não é cliente e desconhece a funcionalidade, aproveite para testar a mLabs por sete dias grátis e ver com seus próprios olhos como o recurso é uma “mão na roda”! Não pedimos cartão de crédito ou qualquer dado bancário. Pode confiar! 😜

Você pode também aproveitar para aprender outras dicas sobre como vender pelo Insta

Ah! Se você não encontrou a sua dúvida sobre Instagram Shopping respondida em nosso post, use os comentários abaixo para enviar uma pergunta pra gente!

Facebook Comments
Gestão de redes sociais Entenda por que a mLabs é a ferramenta de gerenciamento de redes sociais escolhida por mais de 120 mil marcas!

Posts relacionados