Glossário do Marketing Digital: termos do dia a dia que devem estar na ponta da língua

Glossário-marketing-digital

CPC, CPM, CPL, CPA, ROAS, ROI, UGC, AAAAAAAAAAAA! 🤯

É tanta sigla, nome e conceito para tantos canais, metodologias e estratégias que a gente decidiu montar essa colinha um glossário do marketing digital para apoiar o seu aprendizado!

Em ordem alfabética, você encontrará neste post a explicação técnica dos principais termos presentes na vida de um social media exponencial. 🏆

Mas se estiver enfrentando dificuldade, pode ser que o conceito tenha sido apresentado por sua sigla ou tradução. Para ganhar agilidade, manda um CTRL+F e coloca a palavra que você quer encontrar.

Salve esta página no recurso de favoritos, no pocket, envie pro seu e-mail, mantenha uma aba no seu navegador sempre aberta nela ou o que for preciso para ter sempre em mãos o entendimento do que ainda não está na ponta da língua! 😜

Alcance

É a quantidade de pessoas que o seu conteúdo alcança. Ou seja: quantas pessoas visualizaram o seu conteúdo (post no blog, redes sociais, anúncio, vídeo etc.).

Brand Lift

Ferramenta que mensura como as mensagens das suas campanhas impacta o seu público em percepção e comportamento.

De forma resumida, podemos dizer que o Brand Lift entrega como resultado a quantidade de pessoas que vão lembrar da sua marca.

O próprio Facebook, por exemplo, pode entregar essa métrica, mas o recurso não está acessível a todas as contas — há requisitos orçamentários.

Nesse cenário, se aplicável ao perfil do negócio, serão trabalhados grupos de teste e controle.

Ou seja: seu conjunto de anúncio será entregue para um determinado grupo e para outro não. Assim, com algumas ações, ele conseguirá entender se a sua lembrança de marca foi elevada.

Os resultados podem apontar alguns acertos como, por exemplo, o uso de uma frequência mais adequada que deixará os consumidores impactados mais propensos à lembrança.

Buyer Persona

Considerado uma personagem que representa o cliente ideal de uma empresa.

Sua construção tem como base dados reais, levantados por meio da compreensão dos consumidores da marca e de pesquisas.

Ela deve apresentar dados comportamentais, demográficos, apresentar problemas enfrentados na rotina, bem como os objetivos que se propõem para que seja possível indicar como uma marca pode contribuir com esse perfil de cliente.

Por isso, é considerada uma ferramenta de segmentação.

CAC

O Custo de Aquisição de Clientes é o valor que você dispende para transformar um lead em cliente.

Ele considera os custos diretos nessa ação, o que é representado na maioria das empresas pelas áreas de marketing e de Vendas.

Para chegar a esse custo, você deve somar:

  • investimentos em campanhas e ações;
  • salários;
  • comissões;
  • ferramentas.

Divida o montante pelo número de novos clientes do período avaliado e encontre o CAC mensal, trimestral, semestral, anual ou como for relevante para o entendimento do seu negócio.

Churn Rate

É também conhecido como Taxa de cancelamento.

Representa quantos clientes você perdeu em um determinado período em relação ao total que tinha nesse mesmo espaço de tempo.

Ou seja: se você tem 1000 clientes e perde 100 no mês, seu Churn Rate do período é 10%.

CRM

Customer Relationship Management ou, em tradução livre, gestão de relacionamento com o cliente, pode ser considerada tanto ferramenta quanto tecnologia.

Na primeira opção, entende-se como uma série de práticas e condutas que objetivam fidelizar e satisfazer os clientes por meio de um relacionamento saudável e duradouro.

Já como tecnologia, se apresenta como um software que permite a gestão desse relacionamento, armazenando um volume de dados e informações que proporcionam uma visão única do cliente.

CPA

O custo por aquisição é um formato que propicia o pagamento apenas sobre as aquisições realizadas.

Um formato bastante comum, por exemplo, no Marketing de Afiliados.

Para o cálculo, basta dividir o custo da campanha pelo número de conversões – que pode significar uma venda, um cadastro ou o que for do seu interesse.

CPL

O Custo Por Lead considera em seu cálculo exclusivamente o investimento na campanha e o número de cadastros ou leads gerados por ela.

A fórmula é simples: divida um pelo outro na ordem apresentada.

Um ponto de atenção é em relação ao que a sua empresa considera um lead ou cadastro (**ALERTA PO-LÊ-MI-CA**).

Aqui na mLabs, por exemplo, um contato convertido em um eBook é, na verdade, um cadastro ou um “Inbound Lead”.

Para nós, esse contato só vira mesmo um Lead quando ele se cadastrou para testar a ferramenta, que é o momento real onde ele demonstra interesse na nossa ferramenta e nos confere uma real possibilidade de converter/negociar.

CPC

O Custo Por Clique é um dos mais populares formatos de precificação para campanhas de publicidade on-line.

Ele contempla o valor que será pago a cada clique recebido no anúncio.

Além disso, é considerada métrica para estimar lances, definir orçamentos e calcular o retorno sobre determinado investimento.

CPM ou Custo por mil impressões

É uma métrica de mídia que corresponde ao valor a ser pago por cada mil aparições (impressões) para o seu público.

Na jornada Unbound, é considerado um indicador da etapa Descoberta que trabalha o reconhecimento de marca (awareness), onde o objetivo é aparecer mais rapidamente para a audiência.

Nesse processo, é importante acompanhar a performance do seu CPM. Quanto maior ele for, em tese, menor está a relevância do seu anúncio ou maior a competitividade, indicando em ambos os casos uma necessidade de ação.

CTR

A taxa de cliques ou Click Through Rate é encontrada ao dividir o número de clique recebidos pela quantidade de vezes em que seu anúncio foi exibido.

É considerado um dos indicadores mais importantes do marketing digital, contemplando diversos canais e estratégias.

Engajamento

Considerado um dos principais termômetros para o marketing e, em especial, para as redes sociais, ele indica um nível de adesão da audiência ao que foi proposto.

É a somatória das interações, que em redes sociais, por exemplo, compreende recursos como:

  • curtir;
  • comentar;
  • compartilhar;
  • salvar/pinar.

Frequência

É a divisão do número de impressões pelo alcance da sua mensagem.

É uma definição e métrica importante na estratégia, pois pode elevar o nível de intenção de compra e lembrança de marca.

Impressões

Quantidade de impactos realizados. Ou seja: quantas vezes a marca apareceu para uma pessoa.

É diferente de alcance!

Se um post apareceu duas vezes para uma mesma pessoa, ele teve duas impressões, mas alcançou apenas uma pessoa.

Indicador de Performance (KPI)

Cruzamento de duas ou mais métricas com uma meta em determinado tempo.

É também conhecido como Indicador de sucesso ou indicador-chave de performance, que é mais fiel à sua tradução (Key Performance Indicator).

Os KPIs servem para correção de rota ou tomada de ações.

LTV

Um dos indicadores mais importantes para qualquer negócio, mas principalmente para os de recorrência.

O Lifetime Value pode ser compreendido como o faturamento médio que um cliente deixa na empresa de acordo com o ciclo de vida dele.

Em tradução, o LVT é o valor vitalício, e objetiva indicar o lucro da empresa por cliente.

Para chegar ao número, deve-se somar todas as aquisições realizadas durante o período em que foi cliente.

Ou seja: o ticket médio x quantidade de transações realizadas x tempo de permanência médio como cliente.

Em alguns casos, é subtraído do valor encontrado o CAC do mesmo período, chegando ao lucro líquido obtido.

Métricas

Compreende-se por tudo aquilo que pode ser medido. É o dado bruto de acompanhamento.

NPS

Net Promoter Score é uma metodologia que visa medir o índice de satisfação do seu cliente, indicando o seu nível de fidelidade.

Por meio de uma única pergunta, os clientes indicam, em uma escala de 0 a 10, o quanto recomendariam uma marca para um amigo ou colega.

Por meio da análise quantitativa são determinados os clientes detratores, neutros e promotores.

Omnichannel

O Omnicanal é considerara uma estratégia que visa a integração de diferentes frentes, tanto on quanto offline.

Ele objetiva a melhora da experiência do cliente por meio do atendimento interligado e até mesmo simultâneo.

Receita Recorrente (MRR)

Considerada a métrica mais importante para negócios SaaS (Software as a Service), ela objetiva calcular a previsão de ganho mensal da empresa.

Para calcular o Monthly Recurring Revenue, basta somar o valor pago mensal para cada um dos seus clientes!

Ou seja: se você tem um único produto que custa R$100 a assinatura mensal e uma cartela de 50 clientes, você tem um faturamento de R$5000 mensais.

Receita por recomendações

Correspondem aos ganhos de clientes que vieram por meio de recomendações.

De forma direta, é mensurável através de programas de indicação Member get Member. Contudo, pode também surgir por caminhos indiretos.

Por isso, é importante mensurar a quantidade de UGCs, compartilhamento de experiências e, em paralelo, ver como alguns indicadores vêm performando.

Um exemplo é se o CAC vem sendo reduzido. Afinal, quanto mais uma pessoa conhece de uma marca, menos objeções ela possui, impactando nos esforços e, consequentemente, no custo de uma venda.

Reconhecimento de Marca, Brand Awareness ou apenas Awareness

Mesmo aqui no Brasil, o termo é mais popular na língua inglesa (awareness), mas a tradução por si só é suficiente para explicá-lo.

Ele objetiva o aumento da taxa de consciência, ou seja: o quanto seu público é capaz de reconhecer a sua marca.

Relevance Score

É um índice que aponta a relevância do seu anúncio conforme critérios estabelecidos pela mídia onde são realizados.

Com o resultado, é possível descobrir se estamos alcançando o público certo, com a mensagem certa.

ROAS

Retorno sobre o investimento em anúncios. Diferentemente do ROI, ele indica o retorno específico nas campanhas de mídia paga.

O cálculo é realizado ao avaliar quanto foi gasto e quanto foi faturado com o investimento realizado.

ROI

O Retorno sobre o Investimento (Returno of Investiment) é o indicador de ganhos e perdas da empresa, em especial de suas ações de marketing.

Ele leva em consideração todos os custos embutidos na operação, incluindo os recursos humanos, financeiros e estruturais.

Para calculá-lo, deve-se subtrair o custo da receita e, em seguida, dividir este número pelo custo novamente.

ROI = Receita – Custo / Custo

Ou seja: uma empresa que para faturar R$100k gastou R$10k tem o ROI 9

ROI = (100 mil – 10 mil) / 10 mil = 9

Saudabilidade

É a análise da classificação das menções que recebemos na web.

Para encontrar a saudabilidade é preciso subtrair os comentários negativos dos considerados positivos e neutros.

O ideal é que o número encontrado seja superior a 70%.

Sessões no site

Entende-se como uma sessão uma ação executada por um usuário em seu site ou blog.

Mas não confunda sessões com visitas! 😉

Na prática, a métrica serve para identificar a interação dos seus visitantes com as páginas em u período de até 30 minutos.

Ou seja: um usuário que encontra um post do seu blog na SERP (página de resultados do Google) e, ao acessá-la, navega por várias outras no período inferior a trinta minutos está realizando uma única sessão.

Contudo, se ele acessa apenas uma página, a esquece aberta e retorna após os 30 minutos, realiza duas sessões.

Share of Engagement

Em tradução livre, podemos chamar de “Fatia de Engajamanto”, uma métrica que compara não apenas as ocorrências (interações), mas sim quantas pessoas engajaram com o que você fez e com o que seu concorrente fez.

Este é um dos gráficos apresentados no relatório do Facebook da mLabs e exclusivo desta plataforma por ser a única a entregar os dados comparativos.

Share of Voice

É a análise que corresponde à fatia de pessoas que estão falando de você em relação aos seus concorrentes.

Estes dados são visualizados por meio da ação de monitoramento e leva em consideração apenas as menções públicas.

Qual outro termo deve estar no nosso glossário do marketing digital?

E aí, topa nos ajudar a criar o maior e mais completo dicionário do marketing digital?

Inclua nos comentários quais termos você não encontrou no nosso glossário! 😉

Facebook Comments
Gestão de redes sociais Entenda por que a mLabs é a ferramenta de gerenciamento de redes sociais escolhida por mais de 120 mil marcas!

Posts relacionados