Pesquisar

Entenda tudo sobre Google Ads, benefícios e como utilizar na sua campanha de marketing!   

Entenda tudo sobre Google Ads, benefícios e como utilizar na sua campanha de marketing!   
Avatar de Redator mLabs

Por

Publicado em

Seja para encontrar dicas de lugares para viajar até como declarar o Imposto de Renda, o Google está presente na rotina de quase todos os brasileiros.  

Se o Google é um espaço que faz parte da vida do consumidor, investir nele e em ferramentas que aumentam o tráfego por lá é imprescindível para alcançar novos leads.  

E o seu principal aliado nisso, será o Google Ads.  

Pega um cafezinho e continue lendo para conferir o que é Google Ads, como funciona e como se tornar um anunciante! 

O que é Google Ads? 

Google Ads, anteriormente chamado de Google Adwords, é a plataforma de publicidade do Google 

Essa ferramenta permite criar e gerenciar anúncios não só para o buscador, mas também para uma grande rede de canais que são utilizados pela maioria dos usuários da Internet. 

Ao investir no Google Ads, você pode definir uma segmentação precisa do público para as campanhas, com base em interesses dos usuários e palavras-chave utilizadas nas buscas. 

Todo o poder de segmentação, funções e canais que a plataforma oferece, permitem o aumento de alcance de marca e maior otimização na obtenção de resultados, tornando os investimentos mais estratégicos. 

Além disso, o anunciante pode investir o quanto quiser, além de iniciar, pausar, ajustar e retomar as campanhas — isso significa total controle das suas publicidades! 

Pode te interessar: O que é nicho de mercado, qual a sua importância e como definir o seu! 

Quais são os benefícios de investir em Google Ads?   

Além de saber o que é Google Ads, vamos olhar para os benefícios desta plataforma? 

Alcance global  

Em 2022, mais de 8,5 bilhões de pesquisas foram feitas por dia no Google.  

E isso não acontece porque o Google é o único a oferecer esse serviço, mas sim pois a marca ganhou alcance global ao se tornar uma referência no mercado. 

Ou seja, com o Google Ads, é possível garantir que seus anúncios cheguem para usuários do mundo todo, se isso for estratégico e você definir assim nas segmentações.  

Resultados rápidos  

Apesar de algumas estratégias de marketing digital serem altamente efetivas, como o SEO, elas podem demorar meses para gerar resultados substanciais para uma marca.  

E nem todos podemos nos dar ao luxo de esperar meses por esse retorno sobre investimentos.  

É aqui que o Google Ads pode ajudar, possibilitando atrair novos leads para as suas páginas em horas. Assim, estratégias de médio e longo prazo podem ser implementadas corretamente. 

Acesso a informações detalhadas do público e anúncios  

O Google Ads também oferece ferramentas para monitorar todos os cliques recebidos em seus anúncios.  

De acordo com o Google, “se a pessoa clicar no seu anúncio e, depois, realizar alguma ação valiosa para sua empresa (comprar seu produto, fazer o download do seu aplicativo ou ligar para fazer um pedido), também será possível acompanhá-la”. 

Outras informações disponibilizadas pela plataforma para otimizar as suas campanhas de marketing são: 

  • Custo médio de publicidade para que um cliente feche uma compra; 
  • Hábitos de compra dos clientes; 
  • Tempo gasto pesquisando a marca antes da compra. 

Controle de orçamento e possibilidades de segmentação  

A segmentação é uma etapa de extrema importância, já que, com ela, os anúncios estarão focados apenas em pessoas interessadas em termos associados aos produtos e serviços.   

Com isso, a equipe de mídia também ganha mais controle no orçamento dedicado para o tráfego pago

De acordo com o Google, as principais opções de segmentação disponíveis na plataforma são: 

  • Palavras-chave: palavras ou frases relevantes para os produtos e serviços, que são utilizadas para exibir os anúncios quando os clientes procuram esses termos ou visitam sites relevantes. 
  • Local do anúncio: definição de quais locais e os tipos de anúncios que suas campanhas irão se basear. 
  • Idade, local e idioma: escolha a idade, a localização geográfica e o idioma do público. 
  • Dias, horários e frequência: defina a exibição dos anúncios durante determinadas horas ou dias da semana e a frequência ideal. 
  • Dispositivos: os anúncios podem ser exibidos em todos os tipos de dispositivos disponíveis: celulares, tablets ou desktop e/ou sistemas operacionais específicos. 

Quais são os tipos de anúncios do Google Ads?   

Agora que você já sabe o que é Google Ads, vamos entender quais tipos de anúncios essa plataforma oferece aos gestores de tráfego desse nosso Brasilzão. 

Atualmente são 7 variações, que vamos explicar em mais detalhes a seguir: 

  • Anúncios na rede de pesquisa; 
  • Anúncios na rede de display; 
  • Anúncios no YouTube (Youtube Ads); 
  • Anúncios nas lojas de aplicativos; 
  • Anúncios no Google Shopping; 
  • Anúncios locais; 
  • Anúncios inteligentes. 

Anúncios na rede de pesquisa 

A rede de pesquisa contempla o próprio buscador do Google e nesses canais, os anúncios são em formato de texto e chamados de links patrocinados. 

Eles aparecem em destaque, atualmente acima dos resultados orgânicos, com a identificação de que se trata de um anúncio, enquanto o usuário busca ativamente por algum assunto. 

Além de URL, título e descrição, é possível também adicionar extensões ao anúncio, como sitelinks e local, para gerar mais cliques e conversões. 

google-ads-1: tela google

Anúncios na rede de display 

A rede de display inclui sites e aplicativos parceiros do Google, que exibem anúncios gráficos, dinâmicos e de vídeo em suas páginas. 

Inclui também sua rede de serviços, como Gmail, Google Maps e YouTube, que vamos especificar logo mais. 

Nesse caso, os anúncios alcançam os usuários enquanto navegam pela Internet. 

O anunciante pode segmentar os anúncios por assuntos e interesses do seu público-alvo, e o Google seleciona sites parceiros que tenham esse perfil de visitante.

google-ads-2: anuncio gogole

Anúncios no YouTube (Youtube Ads) 

O YouTube Ads também é uma plataforma de veiculação de anúncios do Google, que possui formatos variados.  

Você pode criar anúncios que são puláveis ou não, em vários formatos, que aparecem antes, durante ou depois do conteúdo principal, sobrepostos ao vídeo ou ainda como banners nas páginas, na busca de vídeos ou nos vídeos relacionados. 

google-ads-3: anúncio google

Anúncios nas lojas de aplicativos 

Assim como acontece na rede de pesquisa, o Google também permite que você crie links patrocinados para aplicativos na Google Play Store. 

Dessa maneira, eles aparecem em destaque nas buscas dos usuários, de acordo com as palavras-chave que eles pesquisam na loja. 

google-ads-4: anúncio google

Anúncios no Google Shopping 

O Google Shopping exibe resultados de busca relacionados a produtos. 

Quando um usuário pesquisa por “geladeira”, por exemplo, o Google apresenta anúncios de lojas virtuais que estejam cadastrados no Google Shopping. 

É possível fazer anúncios pagos e orgânicos nessa plataforma, desde que o e-commerce tenha uma conta e cadastro dos produtos. 

Nesse caso, a vantagem no anúncio pago é o destaque na lista e o poder de segmentação. 

google-ads-11: tela google ads

Anúncios locais 

Segundo o Google, esse tipo de anúncio pode “promover seus locais da empresa e fazer com que os usuários visitem suas unidades ou liguem para elas”. Mas como ele funciona? 

Quando as pessoas pesquisarem por empresas próximas no Google ou no Maps (por exemplo, “café perto de mim”), elas podem encontrar anúncios de pesquisa local que mostram os endereços da sua empresa.  

Além de receber mais clientes potenciais, os anúncios locais permitem às pessoas saber mais sobre a sua empresa, como horário de funcionamento, endereço, avaliações e fotos. 

google-ads-6: google ads tela

Anúncios inteligentes 

Ao disponibilizar algumas informações e elementos criativos, é possível pedir ao Google para criar a melhor segmentação possível para seu orçamento e cronograma.  

Os anúncios inteligentes são criados e gerenciados automaticamente pelo Google Ads, usando tecnologia de aprendizado de máquina.  

Ou seja, não será necessário que se preocupar em criar e gerenciar manualmente suas campanhas de anúncios. 

Como criar uma conta e um anúncio no Google Ads?   

Para criar uma conta no Google Ads, o que é simples e fácil, você vai seguir o tutorial abaixo. 

1º passo: acesse o site do Google Ads e clique no botão “Começar agora”;  

2º passo: faça login com uma conta do Google existente ou crie uma;  

google-ads-7: tela google ads

3º passo: nas próximas páginas, você colocará dados relacionados à sua campanha publicitária, como o nome da empresa, o link de redirecionamento e o objetivo do anúncio; 

google-ads-8: tela google ads

 4º passo: escreva o texto do seu anúncio, como o título que ele terá; 

google-ads-9: tela google ads

5º passo: em seguida, preencha as informações de pagamento, como limite de gastos diário e o cartão de crédito em que o pagamento será efetuado. 

google-ads-10: tela google ads

Como criar uma campanha no Google Ads?  

Agora é hora de entender como criar uma campanha no Google Ads usando vários tipos de anúncios oferecidos na plataforma. Vamos lá? 

1. Conheça a estrutura do Google Ads 

Para criar anúncios no Google Ads, é preciso estruturar sua estratégia nos três níveis da ferramenta e suas respectivas configurações: 

  • Conta: endereço de e-mail e informações de faturamento; 
  • Campanhas: orçamento, segmentação de local e idioma, programação de anúncios, lances, extensões de local; 
  • Grupos de anúncios: criação de anúncios, segmentação de público-alvo, segmentação por palavra-chave, extensões de anúncio. 

Quando você acessar o Google Ads, a ferramenta vai guiar você nessas camadas de configurações. 

google-ads-5: estrutura campanha google

2. Calcule o orçamento do Google Ads 

No Google Ads, você pode definir um orçamento diário médio para as campanhas, que pode ser ajustado quando quiser. 

Os gastos podem variar a cada dia, mas você nunca vai ultrapassar o limite que definir para o mês. 

Um dos grandes benefícios do Google Ads em relação à publicidade tradicional é que o anunciante só é cobrado quando alcança um resultado. 

Esse resultado que a marca deseja é o que define o modelo de cobrança: 

  • CPC (custo por clique); 
  • CPA (custo por ação); 
  • CPM (custo por mil impressões). 

3. Use o planejador de palavra-chave do Google 

A escolha de palavras-chave é um dos métodos de segmentação dos anúncios do Google Ads. 

Como já falamos anteriormente, elas garantem que os seus anúncios apareçam para pessoas que estão interessadas ou buscando ativamente pelos termos que você definiu

Mas, para ter resultados, essas palavras precisam ser bem escolhidas, de maneira que tenham a ver com a sua oferta e os interesses do seu público. 

O Planejador de Palavras-Chave do Google Ads ajuda nessa escolha, com informações sobre volume de buscas e competitividade de cada palavra-chave. 

4. Configure a sua campanha no Google Ads 

Depois que você criar uma conta no Google Ads, a ferramenta vai guiar você na criação das campanhas.  

Mas também preparamos um passo a passo para te ajudar durante esse processo: 

  1. Ao entrar na sua conta do Google Ads, clique em “Nova campanha” no painel principal;  
  1. Escolha o objetivo da sua campanha (vendas, tráfego, geração de leads, etc.); 
  1. Selecione o tipo de campanha que será criada (pesquisa, display, shopping, vídeo, etc.);  
  1. Defina o nome da sua campanha e escolha a rede em que ela será exibida; 
  1. Configure as configurações de segmentação, incluindo localização, idioma e público-alvo; 
  1. Escolha as palavras-chave que você deseja segmentar para seus anúncios;  
  1. Defina o orçamento diário e suas palavras-chave.  

5. Crie o primeiro anúncio 

Com a campanha configurada, é hora de criar o primeiro anúncio! Basta seguir o tutorial abaixo para montar seu ad: 

  1. Faça login na sua conta do Google Ads e escolha a campanha para a qual você deseja criar um anúncio;  
  1. Selecione o tipo de anúncio que deseja criar (texto, imagem, vídeo ou anúncios responsivos);  
  1. Escolha o formato do seu anúncio e, em seguida, defina o tamanho e a duração do anúncio;  
  1. Crie um título atrativo e informativo que descreva o seu produto ou serviço em poucas palavras;  
  1. Adicione uma descrição convincente que destaque os benefícios do seu produto ou serviço e incentive o público a clicar no seu anúncio;  
  1. Insira uma URL de destino relevante que leve os usuários diretamente para a página que deseja promover;  
  1. Selecione as palavras-chave relevantes que descrevem o seu produto ou serviço e que ajudarão a exibir seu anúncio para o público-alvo correto;  
  1. Adicione as extensões de anúncio que deseja, como links para páginas internas do seu site, informações de localização ou número de telefone;  
  1. Revise e teste seu anúncio para garantir que ele esteja funcionando corretamente e atendendo às suas expectativas.  

6. Monitore os resultados (conversão) 

Os resultados dos anúncios do Google Ads dependem das suas otimizações.  

Por isso, nem pense em criar novos anúncios sem olhar os relatórios de desempenho e ajustar as configurações (no nível da campanha, do grupo de anúncio ou do próprio anúncio) dos anúncios que já estão no ar. 

Como acompanhá-los? Olha só esse tutorial: 

  1. Acesse a guia “Campanhas” no Google Ads;  
  1. Selecione a campanha que deseja ver os resultados;  
  1. Na parte superior da tela, você verá uma série de métricas, como cliques, impressões, CTR e custo;  
  1. Role para baixo para ver mais detalhes sobre o desempenho da campanha, como palavras-chave, anúncios e segmentação;  
  1. Use os filtros para segmentar os dados por período de tempo, localização e outras métricas importantes para o seu negócio;  
  1. Analise os resultados e determine o que está funcionando bem e o que pode ser melhorado;  
  1. Faça ajustes na sua campanha com base nos resultados e nas metas que você definiu para o seu negócio. 

Como otimizar o retorno sobre investimento (ROI) das campanhas de Google Ads?   

Entendeu o que é Google Ads e como ele funciona? Ótimo! Então é hora de descobrir como otimizar os anúncios na plataforma

Defina metas claras  

Você acha que uma marca de brigadeiros no Rio de Janeiro deve buscar clientes em Singapura?  

Ou uma fábrica de biquínis deve fazer propagandas para donas de casa no Alaska?  

Esses exemplos são absurdos, mas mostram que, sem metas, uma empresa perde o foco para conseguir leads de qualidade. 

Antes de iniciar a produção dos anúncios, reúna a equipe e entenda quais serão as metas de curto, médio e longo prazo com esse investimento. 

Crie anúncios de acordo com a Jornada de Compra 

Outro ponto importante para quem quer otimizar o ROI das campanhas de Google Ads é que os anúncios devem ser pensados para atender a jornada de compra.  

Apenas anunciar “compre já nosso produto” não é suficiente para atrair e reter leads. 

Por isso, recomendamos a leitura do artigo “O que é Jornada de Compra e como mapear a sua?”, que responderá todas as suas dúvidas sobre esse assunto.  

Faça testes A/B  

Você chega no supermercado e encontra o chocolate ao leite 35% e o meio amargo 40%.  

E agora? É hora de testar os dois – igual no teste A/B! Esse teste analisa dois anúncios para entender qual terá a melhor performance.  

Por exemplo, você configura o mesmo anúncio, para o mesmo público, com chamadas para ação diferentes. O teste A/B vai ajudar a entender qual das duas CTA`s performou melhor para determinado público.  

Para utilizar o teste com estratégia, é necessário entender que quanto mais específico for o elemento que você deseja analisar, mais profundo você chegará no comportamento do público.  

Então não compare apenas tipos de artes ou anúncios, vá mais a fundo nos testes para obter maior inteligência em suas campanhas.  

Use remarketing  

O remarketing é para ser feito com a música “Come Back To Me” estrelada pela Vanessa Hudgens – quem aí era fã de High School Music provavelmente vai conhecer. 😅 

Essa estratégia visa alcançar novamente pessoas que já demonstraram interesse em um produto ou serviço, mas ainda não concluíram a compra.  

Com o remarketing, é possível exibir anúncios personalizados para esses usuários em outras plataformas com ofertas especiais ou outras informações relevantes para incentivar o usuário a concluir a compra. 

Como medir o sucesso de uma campanha no Google Ads?  

Após criar e executar uma campanha, é importante medir o seu sucesso e avaliar se os objetivos foram alcançados.

A seguir, abordaremos os principais indicadores de desempenho do Google Ads.

Taxa de cliques (CTR)  

O CTR ajuda você a descobrir o número de cliques que o seu anúncio, grupo de anúncios ou campanha recebeu durante um período.  

Essa métrica de marketing ajuda a entender quão atraente e relevante são seus anúncios. 

Para conseguir calculá-lo, use a fórmula: número de cliques / quantidade de impressões  

Taxa de conversão   

A taxa de conversão é o percentual de usuários que realizaram a ação desejada, como acessar uma página ou receber um e-mail.  

Ou seja, cada conversão realizada significa um passo em direção à compra. 

Custo por conversão (CPC) 

Como o nome indica, o custo por conversão informa, em média, quanto cada uma das suas conversões custa.  

É calculado com: custo total / número que consta na coluna “Conversões”. 

Mas atenção: esse cálculo se aplica somente a interações qualificadas, como cliques em anúncios ou visualizações de anúncios em vídeo. 

Índice de qualidade  

Atenção para essa métrica valiosa! O índice de qualidade compara a qualidade do seu anúncio com o de outros anunciantes. 

Segundo o Google, o índice de qualidade é medido em uma escala de 1 a 10 e quanto “mais alto significa que o anúncio e a página de destino são mais relevantes e úteis para alguém que pesquisa a palavra-chave em comparação com outros anunciantes”. 

banner publicitário sobre geração de relatórios dashgoo by mLabs

Utilize a DashGoo by mLabs para gerar relatório de Google Ads! 

Como você pôde acompanhar ao longo deste conteúdo, o Google Ads é uma ferramenta incrível para expandir o alcance e obter mais resultados.  

Entretanto, com tantos dados disponíveis neste sistema (e em outras plataformas que você usa na rotina), é difícil monitorar todos os resultados. 

Por isso, queremos te contar sobre a DashGoo by mLabs 

Uma plataforma de relatórios e análises, que possui diversos benefícios para quem deseja gerenciar suas campanhas de mídias sociais de maneira eficiente e eficaz.  

Com ela, você conta com: 

  • Relatórios personalizados que se adequam às suas necessidades específicas. Isso significa que você pode escolher as métricas que deseja monitorar e visualizá-las de maneira clara e concisa.  
  • Interface intuitiva e amigável que torna a visualização de seus dados fácil e rápida. A DashGoo é fácil de usar, mesmo para aqueles que não são especialistas em tecnologia! 
  • Economia de tempo, pois a DashGoo automatiza muitos processos que antes eram feitos manualmente.  
  • Análise em tempo real do desempenho de suas campanhas de mídia social. Isso permite que você faça ajustes imediatos em sua estratégia para maximizar seus resultados.  
  • Ferramentas avançadas de análise que permitem uma visão mais profunda do desempenho de suas campanhas de mídia social. Isso inclui análise de sentimentos, análise de influenciadores e muito mais. 

Clique aqui para fazer um teste grátis e veja como pode transformar sua estratégia de marketing! 

Agende posts com a mLabs e
economize horas de trabalho!

VOCÊ ACABA DE GANHAR 30 dias grátis

Gerencie todas as mídias sociais

por 30 dias grátis