YouTube Ads: saiba como anunciar na rede social de vídeos!

YouTube Ads: imagem de um notebook mostrando um vídeo do youtube na tela

Não há como negar a força do YouTube! 🔥

Uma em cada três pessoas do mundo – que tem acesso à Internet – acessa a plataforma de vídeos. São mais de 1,9 bilhão de usuários, segundo dados divulgados pela própria rede social em 2019.

Isso enche os olhos de criadores de conteúdo que ajudam a manter a plataforma ativa e interessante e de anunciantes que utilizam o Youtube Ads para se destacar no concorrido mercado digital.

Afinal, com tantos usuários acessando diariamente a plataforma, fica evidente a sua importância para estratégias de marketing das marcas.

Se você ainda não tinha pensado em anunciar no YouTube, fique ligado nas próximas linhas e comece a incluir a estratégia de anúncios no seu planejamento!

Por que investir em anúncios no YouTube?

Um dos principais motivos para investir em YouTube Ads já foi citado: todo mundo está usando a rede social, mas não para por aí!

De acordo com o eMarketer, somente no Brasil, 86% dos usuários de Internet assistem vídeos online. Até 2021, 82% de todo o tráfego da Internet será gerado por vídeos, segundo um estudo da  Cisco.

Se você é daquelas pessoas que não acredita no poder da publicidade online saiba que uma pesquisa realizada pela ConsumerLab aponta que 43% das pessoas já considera os anúncios online mais relevantes e confiáveis do que os veiculados na TV.

Além do que investir em anúncios no YouTube é a maneira mais prática e eficiente para fazer com que seu vídeo chegue até o público ideal, superando as limitações do alcance orgânico.

Outra grande vantagem é o formato de cobrança, ao anunciar no YouTube você só é cobrado quando os usuários realmente assistem ao vídeo ou executam a ação definida no objetivo da campanha. Maravilha, não é mesmo?

Dá uma olhada nos modelos existentes!

CPV e CPC: qual formato de cobrança escolher?

Esses modelos de cobrança apesar de serem parecidos, possuem funções totalmente diferentes. Confira a seguir!

CPV – Custo por Visualização

É o mais indicado para quem quer aumentar as visualizações. Neste formato, você define o valor máximo que quer pagar por view e também o gasto diário da campanha.

Com os lances de CPV você paga somente por visualizações, mas saiba que existe um tempo mínimo de 30 segundos de visualização para que o anúncio seja cobrado. 

“Ah! Então, dá para investir um valor pequeno por view?” Dá! Mas se você investir um valor muito baixo o seu anúncio aparecerá menos nas buscas, enquanto ao colocar um valor alto o suficiente poderá aparecer nas primeiras posições e receber mais tráfego.

CPC – Custo por Clique

É o mais indicado para quem deseja gerar tráfego para o site da marca ou loja virtual, por exemplo. Aqui você só é cobrado pelos cliques recebidos em seu anúncio. Assim como no no formato CPV, você pode escolher um lance máximo por clique e o valor diário.

Este formato de cobrança e pagamento é muito utilizado para campanhas no Google Adwords e outras mídias pagas como Facebook, Instagram, Twitter, entre outros.

De forma bem simples, você pode calcular o CPC dividindo o custo total da campanha pelo número de cliques que o anúncio recebeu.

Formatos de anúncios no YouTube 

Para você que quer anunciar no YouTube, a plataforma dispõe de uma série de opções. Conheça um pouco mais sobre cada uma delas!

TrueView In-Stream

Este é um dos formatos mais tradicionais em que o  anúncio que pode aparecer no início, no meio ou no final de um vídeo e existem duas opções para o anúncio, os intermitentes em que é preciso assisti-los na íntegra, mesmo que você não se interesse pelo assunto.

YouTube Ads: modelo de anúncio TrueView In-StreamE os “puláveis” em que o usuário consegue pular o anúncio após 5 segundos e continuar assistindo ao vídeo. Essa opção possui um alto engajamento, pois deixa nas mãos do usuário a opção de assistir o anúncio, caso se sinta interessado.

YouTube Ads: modelo de anúncio TrueView In-Stream puláveisNesse formato, o anunciante só é cobrado caso o anúncio seja visualizado em sua integralidade ou se for feita a ação desejada, como o clique em um link.

TrueView Video Discovery

Este tipo de anúncio aparece na página inicial do YouTube, nos resultados de busca como display, ou na aba de vídeos relacionados.

Ele aparece em forma de uma miniatura e possui um texto breve com uma Call to Action. Para que o anúncio seja cobrado o usuário precisa ser atraído pela miniatura e clicar para assistir o anúncio.

Anúncio TrueView Video Discovery na página

YouTube Ads: modelo de anúncio discovery páginaAnúncio TrueView Video Discovery no display

YouTube Ads: modelo de anúncio discovery display

Bumper Ads

Se você quer aumentar o alcance e a lembrança da marca, pode apostar nos Bumper Ads! Eles são aqueles anúncios curtos (de até 6 segundos) que não podem ser ignorados pelo usuário e, nesse formato, a cobrança só é realizada a cada mil visualizações.

Estudos mostram que Bumper Ads proporcionam um aumento de 48% na lembrança do anúncio e 123% mais interesse na procura por palavras-chave destacadas nos anúncios dessa natureza.

YouTube Ads: modelo de anúncio bumperAnúncio de Sobreposição

São anúncios em formato simplificado, banner ou texto, que ocupam cerca de 20% da tela e aparecem na parte inferior do vídeo.

Especificações: anúncios gráficos ou de texto de 468 x 60 ou 728 x 90.

YouTube Ads: modelo de anúncio sobreposiçãoCartões patrocinados

Aqui, os anúncios são apresentados em os cartões, de tamanhos variados, que mostram o conteúdo relevante para o vídeo, como produtos exibidos no vídeo.

Funciona da seguinte maneira, os usuários verão um teaser do cartão por alguns segundos e poderão clicar no ícone no canto superior direito do vídeo para navegar pelos cartões patrocinados.

YouTube Ads: modelo de anúncio cartões patrocinadosImplementação personalizada e de layouts

Esses tipos de ads permitem criar de blocos personalizados na página inicial que podem ser expandidos com o clique do usuário. Pela ferramenta de “Layouts”, o anunciante pode escolher formatos predefinidos, como vídeo em destaque, carrossel e galeria de imagens.

Com a implementação personalizada é possível criar formatos e anúncios muito mais dinâmicos. Porém, este tipo de opção deve ser avaliada diretamente com a central de ajuda da plataforma, pois exige conhecimentos mais técnicos em HTML.

Tipos de segmentações do YouTube Ads

Porque alguns anúncios simplesmente não têm os melhores resultados? Se você já se pegou procurando respostas para essa pergunta é hora de pensar em como você faz a segmentação dos seus anúncios YouTube.

A segmentação é muito importante para otimizar as ações e gerar resultados ainda melhores para os seus anúncios e ela pode ser feita de diversas formas. Confira!

Rede de pesquisa ou vídeos

É possível posicionar os seus vídeos nos resultados de busca na página geral e nas páginas de vídeo do Google, e página inicial do YouTube. Geralmente esses conteúdos estão relacionados às palavras-chaves digitadas na pesquisa feita pelo usuário.

Localização

Você também pode delimitar uma determinada região para veicular a sua publicidade, assim os anúncios serão exibidos apenas para usuários na área selecionada.

Dispositivos

Se você quer anunciar um produto para um determinado tipo de aparelho, sistema operacional ou operadora, você também pode escolher esta opção de segmentação.

Perfil do Público-alvo

Você pode deve definir o público que deseja atingir por idade, estado civil, gênero, interesses, entre outras opções, tornando a possibilidade de segmentação ainda mais personalizada.

Como criar anúncios no YouTube?

Primeiro você precisa ter um canal no YouTube, se você ainda não tem, saiba que temos um post específico sobre o tema que ensina como começar um canal no YouTube com 5 dicas práticas.

Depois de criar o seu canal, acesse o Google Ads. Você será direcionado para a página onde poderá fazer a integração das suas contas das redes sociais e começar a usar a ferramenta de anúncios do Google.

Vinculando a conta do Google Ads ao canal do YouTube

Veja, a seguir, o passo a passo para vincular a sua conta do Google Ads ao YouTube!

1 – Acesse a conta do Google Ads e copie o ID do cliente, exibido no canto superior direito da página;

2 – Em seguida, vá até a página inicial do YouTube, clique na sua foto, ou na foto do cliente, e clique em “YouTube Studio”;

YouTube Ads: imagem da tela inicial do youtube com uma seta indicando onde se localiza o youtube studio

3 – No menu principal do YouTube Studio, localizado à esquerda da página, clique em “Configurações”.

YouTube Ads: imagem da tela inicial do youtube studio com uma seta indicando onde se localizam as configurações

4 – Clique em “Canal”, depois em “Configurações Avançadas” e por fim em “Vincular Conta”.

YouTube Ads: imagem da tela de configurações do youtube studio, indicando onde vincular a conta

5 – Agora, é só inserir o nome do link, o código do ciente que você pegou no Google Ads e clicar em “Concluído”.

YouTube Ads: imagem da tela de configurações do youtube studio, indicando onde colocar o nome do link e o código do cliente

Após seguir esses passos você estará pronto para iniciar a configuração das suas campanhas no YouTube!

Configurando a primeira campanha

Antes de configurar a sua primeira campanha no YouTube você precisa ter o material pronto e aprovado pelo cliente. Não se esqueça de caprichar nessa fase para que o seu anúncio traga os resultado esperado!

Portanto, lembre-se de criar um material que aguce o desejo do espectador, passe veracidade e exalte os benefícios da marca. Depois de criado o material, faça o upload na plataforma e mãos à obra! 😉

1 – Acesse a conta Google Ads para Vídeo.

YouTube Ads: imagem da tela inicial do Google Ads para Vídeo

2 – Insira o nome da sua campanha e a URL do material que deseja anunciar.

YouTube Ads: imagem da tela inicial do Google Ads para Vídeo

3 – Selecione as opções de visualizações do anúncio: reprodução automática ou miniatura. YouTube Ads: imagem da tela inicial do Google Ads para Vídeo

4 – Defina os locais em que o anúncio será veiculado.

YouTube Ads: imagem da tela inicial do Google Ads para Vídeo

5 – Escolha o público-alvo da sua campanha por informações demográficas e interesse.

YouTube Ads: imagem da tela inicial do Google Ads para Vídeo

6 – Insira o orçamento que você pretende gastar com o anúncio e, em seguida, clique em “Criar Campanha”

YouTube Ads: imagem da tela inicial do Google Ads para Vídeo

Após a criação do anúncio, você pode revisá-lo em seu painel de controle, criar anúncios parecidos, se aprofundar nas configurações avançadas e aprender mais detalhes para tornar suas campanhas cada vez mais eficientes.

Não esqueça de avaliar o desempenho da sua campanha pelo YouTube Analytics, lá você encontra todos os resultados dos seus anúncios e poderá entender o que está dando certo, o que pode ser melhorado e, assim, aperfeiçoar suas campanhas para obter sempre o melhor desempenho!

Facebook Comments
Gestão de redes sociais Entenda por que a mLabs é a ferramenta de gerenciamento de redes sociais escolhida por mais de 120 mil marcas!

Posts relacionados