Google Ads ou Google AdWords: veja o que é e como ele funciona!

o que é google ads: imagem de duas mãos digitando em um notebook sob a mesa com um celular ao lado.

Dá para implementar ações no marketing digital sem gastar um centavo em mídia?

Até dá, mas dependendo dos objetivos da marca você pode demorar muito tempo ou não conseguir atingir os resultados.

Nas redes sociais, por exemplo, você pode publicar à vontade sem investir em anúncios. No Google, você pode subir no ranking das buscas apenas com estratégias de SEO.

Mas, quando você resolve investir no Google Ads, percebe as inúmeras vantagens que a mídia paga pode trazer.

Os anúncios dessa plataforma estão por toda a Internet com potencial de atrair um público segmentado valioso para a marca.

Pega um cafezinho e continue lendo para conferir o que é Google Ads e como se tornar um anunciante!

impulsionar-posts: uma imagem com postagens do instagram flutuando e os dizeres: impulsione seus posts pela mLabs.

O que é Google Ads?

Google Ads, anteriormente chamado de Google Adwords, é a plataforma de publicidade do Google.

Essa ferramenta permite criar e gerenciar anúncios não só para o buscador, mas também para uma grande rede de parceiros que alcança a maioria dos usuários da Internet.

Ao investir no Google Ads, você pode definir uma segmentação precisa do público-alvo para as suas campanhas, com base em interesses dos usuários e palavras-chave que utilizam nas buscas.

Portanto, os anúncios aumentam o alcance da marca, mas também a sua precisão, o que torna os investimentos mais eficientes.

Além disso, o anunciante pode investir quanto quiser, além de iniciar, pausar, ajustar e retomar as campanhas quando quiser — ou seja, está no total controle da publicidade!

Como anunciar no Google?

Para anunciar no Google, você precisa acessar a plataforma do Google Ads e criar uma conta.

A ferramenta é intuitiva e vai guiar você na criação de anúncios para cumprir diferentes objetivos de marketing, usando diferentes formatos e canais.

Confira quais são as opções de canais para anunciar!

Anúncios na rede de pesquisa

A rede de pesquisa contempla o próprio buscador do Google, mas também a rede de sites parceiros que utilizam o seu sistema de busca.

Nesses canais, os anúncios são em formato de texto e são chamados de links patrocinados.

Eles aparecem em destaque, atualmente acima dos resultados orgânicos, com a identificação de que se trata de um anúncio, enquanto o usuário busca ativamente por algum assunto.

Além de URL, título e descrição, é possível também adicionar extensões ao anúncio, como sitelinks e extensões de local, para gerar mais cliques e conversões.

o que e google ads: imagem da tela de busca do Google

Anúncios na rede de display

A rede de display inclui sites e aplicativos parceiros do Google, que exibem anúncios gráficos, dinâmicos e de vídeo em suas páginas.

Inclui também sua rede de serviços, como Gmail, Google Maps e YouTube, que vamos especificar logo mais.

Nesse caso, os anúncios alcançam os usuários enquanto eles navegam pela Internet.

O anunciante pode segmentar os anúncios por assuntos e interesses do seu público-alvo, e o Google seleciona sites parceiros que tenham esse perfil de visitante.

o que e google ads: imagem da tela de display do Google

Anúncios no YouTube (Youtube Ads)

O YouTube Ads também é grande canal de veiculação de anúncios do Google. A plataforma tem formatos variados.

Você pode criar anúncios que são puláveis ou não, em vários formato, que aparecem antes, durante ou depois do conteúdo principal, sobrepostos ao vídeo ou ainda como banners nas páginas, na busca de vídeos ou nos vídeos relacionados.

Social Ads: imagem de um anúncio no YouTube

Anúncios nas lojas de aplicativos

Assim como acontece na rede de pesquisa, o Google também permite que você crie links patrocinados para os seus aplicativos na Google Play Store.

Dessa maneira, eles aparecem em destaque nas buscas dos usuários, de acordo com as palavras-chave que eles buscam na loja.

o que e google ads: imagem de anúncios na loja de aplicativos

Anúncios no Google Shopping

O Google Shopping exibe resultados de busca relacionados a produtos.

Quando um usuário pesquisa por “geladeira”, por exemplo, o Google apresenta anúncios de lojas virtuais que estejam cadastrados no Google Shopping.

Até 2020, apenas anúncios pagos apareciam nessa seleção. Este ano, porém, o Google liberou o Shopping para anúncios orgânicos (ainda não liberado no Brasil), desde que o e-commerce faça a sua conta e cadastro dos produtos.

Nesse caso, a vantagem no anúncio pago é o destaque na lista e o poder de segmentação.

o que e google ads: imagem da tela do Google Shopping mostrando vários anúncios de geladeira

6 passos para anunciar no Google Ads

Agora, confira um passo a passo para você conhecer o Google Ads e entender como criar anúncios na ferramenta:

1. Conheça a estrutura do Google Ads

Para criar anúncios no Google Ads, é preciso estruturar sua estratégia nos três níveis da ferramenta e suas respectivas configurações:

  • Conta: endereço de e-mail e informações de faturamento;
  • Campanhas: orçamento, segmentação de local e idioma, programação de anúncios, lances, extensões de local;
  • Grupos de anúncios: criação de anúncios, segmentação de público-alvo, segmentação por palavra-chave, extensões de anúncio.

Quando você acessar o Google Ads, a ferramenta vai guiar você nessas camadas de configurações.

o que e google ads: imagem da tela de configurações do Google Ads

2. Calcule o orçamento do Google Ads

No Google Ads, você pode definir um orçamento diário médio para as campanhas, que pode ser ajustado quando quiser.

Os gastos podem variar a cada dia, mas você nunca vai ultrapassar o limite que definir para o mês.

Um dos grandes benefícios do Google Ads em relação à publicidade tradicional é que o anunciante só é cobrado quando alcança um resultado.

Esse resultado que a marca deseja é o que define o modelo de cobrança:

  • CPC (custo por clique);
  • CPA (custo por ação);
  • CPM (custo por mil impressões).

3. Use o planejador de palavra-chave do Google

A escolha de palavras-chave é um dos métodos de segmentação dos anúncios do Google Ads.

Elas garantem que os seus anúncios apareçam para pessoas que estão interessadas ou buscando ativamente pelos termos que você definiu.

Mas, para ter resultados, essas palavras precisam ser bem escolhidas, de maneira que tenham a ver com a sua oferta e os interesses do seu público.

O Planejador de Palavras-Chave do Google Ads ajuda nessa escolha, com informações sobre volume de buscas e competitividade de cada palavra-chave.

4. Configure a sua campanha no Google Ads

Depois que você criar uma conta no Google Ads, a ferramenta vai guiar você na criação das campanhas.

Primeiramente, ao clicar para criar uma campanha, você deve escolher o objetivo que quer alcançar (Vendas, Leads, Tráfego etc.).

Depois, você deve escolher o tipo de campanha (Rede de Pesquisa, Rede de Display, Shopping etc.), entre os disponíveis para cada objetivo.

A partir daí, a ferramenta oferece as opções de configuração da campanha, do grupo de anúncios e da criação de anúncios.

5. Crie o primeiro anúncio

Depois de configurar a campanha, é hora de criar o anúncio. Dependendo das definições de objetivo e tipo de campanha, os anúncios podem ser gráficos, dinâmicos, de vídeo ou de texto.

Na criação dos anúncios, independentemente do formato, é importante caprichar na qualidade e alinhar ao conteúdo da página de destino.

Esses fatores são determinantes para o anúncio competir e vencer os leilões que determinam a sua veiculação.

6. Monitore os resultados (conversão)

Os resultados dos anúncios do Google Ads dependem de otimizações constantes. Nem pense em criar os anúncios e não olhar os relatórios de desempenho!

Os dados de performance ajudam a ajustar as configurações (no nível da campanha, do grupo de anúncio ou do próprio anúncio), reduzir os custos e gerar melhores resultados.

Pronto! Agora você já pode começar a criar campanhas e anúncios no Google Ads — uma das principais plataformas de publicidade da Internet.

Gostou desse artigo? Conheça também outra plataforma do Google que dá um grande empurrão para as pequenas empresas aparecem na Internet: o Google Meu Negócio.

Facebook Comments
Quer mais conteúdo como esse? Inscreva-se na nossa Newsletter!

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.

Posts relacionados