Tudo sobre Landing Page: o guia completo para criar páginas que convertem!

landing page: imagem em formato de desenho de uma tela de computador conectada a uma mão com um imã atraindo vários ícones com a cor azul claro ao fundo

Depois do trabalho árduo de brand awareness para tornar a marca conhecida e despertar o interesse do público a ponto de atraí-lo para o seu site, chega o momento de dar o próximo grande passo: converter os visitantes em leads!

É aí que surge a importância de criar uma Landing Page, essa página de captura – normalmente reconhecida pela presença de um formulário – tem como principal função a geração de leads.

Além de ser focada em conversão, a Landing Page traz uma série de vantagens para a estratégia de marketing, como a redução do CAC (custo de aquisição de clientes) por proporcionar contato direto com o lead, economizando horas de ligação e trocas de e-mail.

Neste post, você verá um panorama completo sobre o que é Landing Page, exemplos que funcionam, melhores ferramentas, dicas de marketing para criar a sua e muito mais!

O que é Landing Page

Landing Page, também conhecida como página de destino ou página de captura, é uma página criada com o propósito específico de converter visitantes em leadspotenciais clientes que, em algum momento da jornada de compra, podem se tornar clientes de fato.

No geral, uma boa página de captura não possui muitos elementos e não oferece muitas opções de cliques. O que há de comum em todas elas, é a presença de um formulário para envio das informações do visitante e uma CTA (chamada para ação) de destaque.

No formulário, são solicitadas as informações básicas em troca de “algo de valor” que normalmente são materiais ricos, como e-Book, Webinar, Infográfico etc.

A ideia, de ter poucos elementos na página e poucos campos no formulário, é justamente de facilitar o processo de captura do lead, diminuindo as chances de distração do visitante.

imagem de um banner publicitário com chamada para criar landing pages pela mLabs

Para que serve uma Landing Page

Landing Pages são fundamentais para uma estratégia de marketing, elas não só convertem visitantes em leads, quando eles preenchem o formulário em troca de um material rico, como podem direcioná-los para uma oferta específica.

Como você pode perceber o foco é a conversão, mas, além disso, essas páginas de captura cumprem diferentes objetivos de marketing secundários. Confira quais são eles!

  • Direcionar tráfego para páginas de destino;
  • Segmentar ofertas para o público específico;
  • Diminuir o CAC (custo de aquisição de cliente);
  • Promover o Lead Scoring (priorizar leads com maior potencial de compra);
  • Coletar informações demográficas dos potenciais clientes;
  • Entender quais são os clientes em potencial mais engajados;
  • Fornecer combustível para outros canais de marketing;
  • Disponibilizar Insights sobre a eficácia das suas ofertas.

Por permitir ações segmentadas, você pode contar com mais de uma Landing Page na sua estratégia e investir em campanhas direcionadas para os diferentes tipos de público.

Conheça os tipos de Landing Page

landing page: imagem em formato de desenho de um computador mostrando uma página de internet na tela

Mesmo que as Landing Pages possam ser usadas para diversos objetivos, existem duas categorias principais, são elas página de captura de leads e página de ofertas ou vendas. Veja mais sobre cada uma delas!

Página de captura de leads

Esse tipo de Landing Page tem como foco principal a geração de leads e permite coletar dados dos visitantes. Para isso, ela possui um formulário de coleta das informações mais importantes do contato, como nome, e-mail e telefone, por exemplo.

Só o nome e o e-mail, geralmente, são suficientes para muitos objetivos de marketing, considerando que serão realizados contatos posteriores para alimentar o lead e conduzi-lo na jornada de compra.

Mas, não pense que as pessoas passam os seus dados à toa, é necessário oferecer algo em troca, alguma coisa útil que agregue valor na vida do usuário e que faça valer a pena o seu cadastro.

Nessas páginas, você encontra oferta de testes gratuitos de serviços, inscrições para receber Infoprodutos (e-books, infográficos, templates, Webinars etc) e muito mais.

Página de vendas

Como o nome sugere e você já deve imaginar, esse tipo de Landing Page tem como objetivo principal convencer o visitante a realizar uma compra.

Ela contém informações sobre o produto ou serviço oferecido para quebrar possíveis objeções do visitante, como os principais benefícios, prova social (depoimentos de clientes), uma seção de FAQ (perguntas frequentes) etc.

Tudo pensado estrategicamente para resolver a dor da persona e direcionar o usuário para a página de pagamentos, facilitando o processo de compra.

Existem ainda outras páginas complementares para que o projeto da Landing Page funcione perfeitamente!

A primeira é a de Confirmação Pendente, se trata daquela página com mensagem de confirmação do cadastro que aparece depois que o usuário preenche o formulário. Normalmente, ela indica para o usuário acessar o e-mail e confirmar a inscrição.

E a de agradecimento pelo cadastro, mais conhecida como Thank You Page, ela tem o objetivo de informar ao usuário que ação foi concluída com sucesso e se aplica nos dois tipos de Landing Page (captura de leads ou de vendas). Temos um tópico específico sobre a TYP mais a frente!

Principais elementos de uma Landing Page

Agora que você já sabe o que é e para que serve uma Landing Page, confira os elementos que fazem dela uma página com alto potencial de conversão!

Título e subtítulo

Essa é, provavelmente, a primeira informação que os visitantes notam ao chegar na sua página de captura. Por isso, é importante ter um título claro, objetivo, alinhado com a sua persona e verdadeiro, que descreva fielmente o conteúdo da oferta.

O título deve ser usado para resumir a oferta da forma mais simples possível. Antes de escrever o seu título lembre-se de responder à seguinte pergunta: o que os usuários irão receber quando se inscreverem na página?

Será um e-book, um curso, um kit? Deixe essa informação em destaque no título para atrair as pessoas certas, que realmente têm interesse em acessar o seu material.

Imagem

A imagem da sua Landing Page também deve estar alinhada com a sua oferta para ilustrar a sua proposta e potencializar a conversão.

Ela deve ser grande o suficiente se destacar na página, mas não tão grande a ponto de deslocar o texto ou alterar a barra de rolagem. As informações principais da sua Landing Page devem se concentrar antes do primeiro scroll.

Por ser tão importante para a estratégia de atração, é ideal que a imagem seja produzida internamente pela equipe de designers ou em ferramentas simples de edição de imagens, como o Canva, por exemplo.

Descrição da oferta

A descrição da Landing Page deve explicar detalhadamente qual é a sua oferta, porém é preciso tomar cuidado para não deixar a leitura cansativa.

O uso de elementos, como negrito, cores e emojis ajudam a deixar o texto mais fluído. Além disso, é importante se atentar à escaneabilidade do conteúdo, lembre-se de usar bullet points, frases curtas e diretas, botões interativos etc.

Mas, uma boa descrição não deve ser baseada só na parte estética, ela também precisa se persuasiva e apresentar o valor da oferta a ponto de convencer o visitante a acessar o material.

CTA (chamada para ação)

A CTA é muito importante para estimular a conversão, independentemente do objetivo da sua Landing Page ou da oferta disponibilizada, é essencial incluir uma chamada para ação na sua página.

Ela pode aparecer em formato de botão com frases de impacto ou na descrição da oferta. Normalmente, são usadas frases como “Baixe agora e descubra…”, “Acesse o material completo”, “Agende sua consultoria grátis” etc.

Formulário

O formulário é o local onde os visitantes fornecerão os seus dados em troca da oferta, sem este elemento a sua Landing Page não atinge o objetivo principal, de captura de leads.

Para deixar o preenchimento mais rápido e facilitar a conversão, é recomendado solicitar apenas as informações necessárias para trabalhar no fluxo de nutrição, e não se estender com perguntas que dificultem o cadastro.

Em geral, formulários mais campos a serem preenchidos resultam em menos leads, porém mais qualificados. Já os formulários com menos campos, aumentam o volume de conversão.

Como criar uma Landing Page de sucesso – Passo a passo!

landing page: imagem em formato de desenho de um homem em movimento na frente de um monitor

Considerando que você já conheça a sua persona, tenha o seu objetivo definido e o material rico pronto para disponibilizar, é chegado o momento tão esperado: de criação da sua Landing Page.

Confira, o tutorial completo para criar a melhor página de conversão de leads!

1. Crie o título e subtítulo

Eu sei que você deve estar ansioso para avançar e já começar a estruturar a sua página de captura, mas o melhor a se fazer é começar pelo começo, que nesse caso é o título e subtítulo da LP.

Tenha em mente que você tem menos de 15 segundos para chamar a atenção de um visitante na sua página, então, crie um título memorável, claro, que resolva a dor da sua persona e que contenha a sua oferta.

2. Escreva os textos da Landing Page

Um texto persuasivo é tão importante para a taxa de conversão quanto um belo design. Para atrair os visitantes e convencê-los a baixar o seu material, foque nos benefícios e não nas funcionalidades.

O visitante quer saber como você resolverá os seus problemas, como o seu produto ajudará a tornar a sua vida mais fácil e por que isso é importante. Na hora de produzir o conteúdo, pense sob a perspectiva do visitante.

3. Crie uma CTA envolvente

A CTA deve conter o que você deseja que os visitantes façam na sua página de destino. Ela pode ser descrita em uma frase ou em um botão de clique.

Apresa de parecer ser muito simples, é importante dedicar um tempo para decidir a ação desejada e, principalmente, a melhor maneira de convencer os usuários a realizá-la.

Botões de CTA como “Saiba mais” ou “Baixe agora” são comuns e funcionam, mas eles são muito vagos e não informam o que os visitantes terão acesso ao clicar. Tente ser mais específico e descritivo para obter melhores resultados.

4. Selecione as imagens para a sua página

A maioria das páginas de destino começa com uma imagem grande para mostrar aos visitantes do que se trata a oferta, mas você não precisa seguir essa regra à risca.

O ideal é inserir fotos de pessoas reais usando o produto, isso ajuda a criar conexão em um nível mais pessoal e emocional e interfere positivamente na conversão.

Outro ponto importante é usar ícones no decorrer do copy, como a maioria das pessoas não vão ler cada palavra que você escreve, usar imagens ícones de produtos ajuda a prender a atenção.

5. Escolha um modelo de layout

Você não precisa começar o seu layout do zero. Aproveite alguns modelos de alta conversão que são disponibilizados nas ferramentas de criação de Landing Pages. Temos um tópico específico sobre ferramentas para te ajudar a fazer a escolha certa. 😉

Após escolher um layout, insira o seu texto e os elementos visuais. Este é um bom momento para ver como todas as informações ficam juntas na página, e quais seções você pode deletar.

Não se esqueça de deixar a sua página de captura com a identidade visual da sua marca. Insira o logo da empresa, atualize as fontes e combine as cores com precisão.

6. Defina os campos do formulário

Determine quais dados dos visitantes são importantes para a sua estratégia. Lembre-se que os visitantes não gostam de passar muitas informações de contato, portanto, quanto mais campos de formulário você solicitar, menor será a probabilidade de conversões.

Neste momento, leve em consideração o tipo da oferta, o perfil do visitante e o estágio do funil que ele se encontra para escolher os dados necessários.

7. Configure a URL e conecte à sua página de destino

Ao conectar a sua página de destino ao seu domínio é possível personalizar a URL. A dica aqui é usar a palavra-chave principal e criar uma URL amigável, encurtada que seja mais fácil de entender.

8. Adicione o código de rastreamento

Depois de criar a sua Landing Page, você precisa adicionar scripts para rastrear os resultados do seu esforço. Isso pode ser feito por ferramentas de análises como o Google Analytics, por exemplo.

Temos um artigo exclusivo sobre Como usar o Google Tag Manager para rastrear suas ações de marketing digital que explica como gerar o código de rastreio e inserir na sua página para monitorar os passos do visitante.

9. Determine o Lead Scoring

O lead scoring é um sistema de pontuação que se baseia no comportamento e nas características do lead e permite gerar uma nota para qualificar o cliente em potencial.

As características avaliadas podem ser a profissão, região onde mora, gênero, idade, área de atuação etc. Já os dados comportamentais são as interações que o lead teve com a marca no decorrer da jornada de compra.

10. Crie um e-mail de confirmação e a Thank You Page

Para finalizar, recomendamos que você dedique um tempo para criar o e-mail de confirmação do envio das informações e a página de agradecimento pelo download do material rico, inscrição no Webinar, entre outras ações relacionadas à sua oferta.

Você pode aproveitar a Thank You Page e estimular o lead a realizar mais uma conversão, normalmente, relacionada à primeira oferta ou outra solução para a mesma dor da persona.

imagem de um banner publicitário com chamada para testar o app da mlabs

Como divulgar uma Landing Page

Para que a Landing Page cumpra com o seu objetivo, você precisa direcionar o tráfego para ela. Existem várias formas de fazer a sua divulgação, selecionamos as mais utilizadas para você escolher a que melhor se encaixa na sua estratégia. Confira!

Redes Sociais

Use o potencial de alcance das redes sociais para a gerar tráfego para a sua Landing Page. Aproveite o interesse que os seus seguidores possuem pela marca para fortalecer a divulgação.

Publique nas páginas da marca e em grupos onde o seu público-alvo possa estar. Mas, não dependa apenas do alcance orgânico, invista em Social Ads (anúncios nas redes sociais) para desbloquear novos públicos e alcançar pessoas com interesses em comum com a sua oferta.

Site ou Blog

Você também pode aproveitar o tráfego já existente no seu site ou Blog para divulgar a sua Landing Page. A dica aqui é para inserir links dentro dos artigos relacionados ao tema, banners no site e no blog em locais estratégicos, tudo para chamar a atenção dos visitantes e direcioná-los para a sua página de conversão.

Não fique só no seu território, o Guest Post também pode ser uma ótima opção para expor sua página para um novo público, principalmente se você deseja promover sua LP sem gastar nenhum dinheiro. 😉

E-mail Marketing

O uso do e-mail marketing também é uma ótima maneira para promover a sua Landing Page, especialmente se você for um iniciante.

Ao enviar e-mail para um banco de dados de pessoas que já conhecem a marca, você tem a mais chances de obter sucesso, considerando que muitas pessoas já foram clientes ou tiveram algum contato com a marca no passado.

Anúncio do Goolge Ads

Ao anunciar nos mecanismos de busca, como o Google Ads, você encontrará visitantes qualificados que procuram por solução para os seus problemas. Você pode anunciar no modelo PPC (Pague por Clique) em que você só paga por um anúncio quando um usuário clica nele.

Fazer anúncios no Google não é um bicho de sete cabeças, a plataforma é amigável e você não depende de um especialista para manusear. Nela, você define seu orçamento e decide quanto deseja pagar por cada usuário que clicar em seu anúncio.

Temos um artigo com 6 dicas de como anunciar no Google Ads para ter boa performance que vai te ajudar a dar os primeiros passos!

Co-marketing

Ações de Co-marketing ajudam na construção da autoridade, debloqueio de uma nova audiência, economia de custos e, o melhor de tudo, ambas as marcas se beneficiam pela exposição para o público da outra.

Procure por parceiros com objetivos e publicos em comum e proponha parceria tanto para o planejamento e realização da campanha, quanto para a divulgação da Landing Page, ambas as marcas só têm a ganhar com parceria.

Pesquisa orgânica, SEO para Landing Pages

SEO (Search Engine Optimization) é apenas um termo sofisticado para a estratégia que uma empresa usa para aparecer nas primeiras páginas dos buscadores, como Google e Bing, sem ter que pagar por isso.

Para as suas chances de aparecer no ranking dos mecanismos de pesquisa, inclua palavras-chave relacionadas ao negócio e a sua campanha na URL, título e descrição da sua página. Os resultados de SEO podem não ser imediatos, é comum que o seu desempenho aumente com passar do tempo.

Thank you Page: o que são e como usá-las na estratégia de conversão

Em suma, Thank you Page é uma página de agradecimento para onde os visitantes são direcionados depois de concluírem a ação desejada na página de captura.

Ela é considerada a etapa final da conversão e o primeiro contato que o usuário tem com a marca após se tornar um lead. Por isso, é importante agradecer e informar que a ação foi concluída com sucesso.

Essa página de agradecimento cumpre o objetivo de deixar o lead mais engajado e interessado no que a sua empresa tem a lhe oferecer. Logo, as mensagens de agradecimento são vistas como uma oportunidade de fazer a conversão de leads em clientes, uma vez que você dá continuidade à interação.

Para gerar mais oportunidades de conversão com a Thank You Page, aproveite para fazer outras ofertas relacionadas ao tema e disponibilizar benefícios diferenciados, como teste grátis do serviço ou trial estendido. 🔥

Banner Workflow Redes Sociais imagem de um banner convidando a pessoa para clicar e testar gratuitamente a mLabs.

Escolha a ferramenta certa para criar a sua Landing Page

Se você chegou até aqui, é porque realmente tem interesse em encontrar opções de ferramentas confiáveis para a criação da sua Landing Page.

De fato, existem diversas ferramentas disponíveis no mercado para criar páginas de captura, mas os fatores que influenciarão na sua decisão devem estar alinhados com ao seu objetivo de conversão.

Os principais critérios a serem avaliados na tomada de decisão incluem:

  • facilidade na edição: para mudar os elementos sem perder muito tempo;
  • design responsivo: para se adaptar a tela de smartphones e não apenas à computadores;
  • variedade de templates: incluindo datas especiais para facilitar as ofertas;
  • formulários inteligentes: que solicitem apenas os dados que você ainda não dos seus leads;
  • conversão social: para que os visitantes tenham acesso a oferta, após logar nas redes sociais;
  • integração com diferentes plataformas: para inserir funcionalidades avançadas no código da página;
  • configuração de SEO: para editar o conteúdo da página de acordo com os parâmetros de otimização para os mecanismos de busca;
  • conter HTTPS: para garantir a segurança da página e manter os usuários protegidos;
  • disponibilidade de realizar testes A/B: para testar títulos, formulários e escolher a opção que teve melhor performance.

Confira a seleção que preparamos para você com as principais ferramentas de Landing Page que permitem criar páginas de captura incríveis com alta taxa de conversão!

  1. Hubspot
  2. RD Station
  3. Leadlovers
  4. Unbounce
  5. LeadPages
  6. OptimizePress
  7. Instapage

10 dicas para tornar sua Landing Page ainda mais eficaz

Para finalizar, confira as nossas práticas recomendadas para criar uma Landing Page com alto potencial de conversão.

1. Otimize a sua página para a palavra-chave

Os buscadores são as ferramentas mais importantes para que você atraia visitantes na sua página sem investir dinheiro com a divulgação.  Segundo um relatório da BrightEdge, 51% de todo o tráfego do site vem da pesquisa orgânica.

Leve isso em consideração na hora de criar a sua Landing Page e procure alcançar uma boa classificação no Google para que as pessoas sejam capazes de encontrar a sua página facilmente.

2. Escreva títulos chamativos e fáceis de ler

O título da Landing Page além de ser importantes para SEO, também ajuda a tornar interpretação da oferta mais fácil. Os visitantes batem o olho nas principais informações e decidem se vale a pena continuar lendo.

Por tanto, crie um título chamativo que seja claro, direto e indique a oferta, nele você precisa resumir toda a sua proposta de maneira convincente.

3. Diminua o tempo de carregamento da página

Não adianta criar uma LP perfeita, com design inovador, formulário simples de preencher e conteúdo atraente se o visitante precisa para que a página seja carregada – quando eu digo muito tempo, são apenas segundos.

 Uma Landing Page mal projetada, com lentidão no carregamento, faz com que o usuário nem termine o download. Segundo pesquisadores da Microsoft, as pessoas diminuem a frequência de visitas em um site se ele for mais lento do concorrente em questão de 250 milissegundos.

4. Use prova social no seu texto

Provas sociais passam autoridade e fazem com que a comunicação sobre a oferta fique mais eficaz a ponto de aumentar a credibilidade e convencer o visitante a realizar a ação desejada.

É neste momento que você deve pensar em inserir logos de clientes, depoimento dos usuários satisfeitos e tudo mais que reforce a sua autoridade sobre o tema.

5. Invista numa boa CTA

Não importa o quão bom seja a descrição da Landing Page, sem uma chamada para ação eficiente que direcione os visitantes para o próximo passo, eles não saberão o que fazer!

A CTA deve informar aos visitantes o que eles devem fazer com as informações que acabaram de encontrar. Uma chamada para ação muito vaga é facilmente ignorada e impacta negativamente na conversão, pense na ação, no formato (botão, texto…), nas cores para garantir uma CTA atraente.

6. Inclua o formulário antes do primeiro scroll

O formulário é o elemento mais importante da sua Landing Page, ele precisa estar acessível para que o visitante preencha e faça uma conversão logo de cara!

Quando recomendamos que o formulário seja inserido antes do “primeiro scroll”, significa que os visitantes não precisam descer a barra de rolagem para chegar no seu formulário.

7. Apresente uma oferta realmente boa

Aquela famosa frase “de graça até injeção na testa” não se aplica na estratégia de conversão da sua Landing Page. A sua oferta não deve apenas ser gratuita, mas também precisa ser boa o suficiente para garantir que as pessoas forneçam suas informações pessoais.

Lembre-se de que existem muitos concorrentes competindo pela atenção do seu público, e o que vai fazer você se destacar do é justamente uma oferta arrebatadora!

8. No formulário peça apenas o que você precisa

Peça o mínimo de dados dos visitantes no seu formulário, evite criar uma barreira logo no preenchimento das informações. Em muitos casos, o nome e o e-mail são mais do que suficientes iniciar o fluxo de nutrição com o novo lead.

9. Planeje uma página responsiva

De acordo com Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), o smartphone é usado por 99% das pessoas conectadas no país, sendo que 58% da população acessa a Internet apenas pelo celular. Com base nesse dado é impossível ter uma página de captura bem sucedida sem pensar na experiência mobile first.

Na hora de escolher a ferramenta de criação da Landing Page, considere esse fator com um dos principais para garantir o acesso completo à sua página pelo celular.

10. Faça testes A/B

Não construa a sua Landing Page com base na sua intuição, nem tudo o que você pensa que vai funcionar, realmente funciona como esperado. Por isso, antes de publicar a sua página, deixa a intuição de lado e faça testes A/B para identificar a sua melhore versão.

Esse tipo de teste permite avaliar com precisão quais alterações são mais eficazes para aplicar no design final. O ideal é testar vários elementos da página (título, imagem, CTA, botão) para acompanhar a evolução e maximizar as taxas de conversão.

Como você pode conferir, a Landing Page é uma ferramenta valiosa para a estratégia de marketing com foco na geração de leads e conversão.

As boas práticas que apresentamos aqui são essenciais para a criação de uma página de conversão, mas a sua página precisa ser planejada de acordo com o seu objetivo – nem sempre o que funciona para uma marca também trará resultados para outra. 😉

Portanto, teste todos os elementos e otimize a estrutura da sua página com base nos seus resultados, só assim você descobrirá qual é modelo perfeito para a sua estratégia!

Agora, se você ficou com alguma dúvida ou quer nos falar sobre a sua experiência, deixe um comentário para a gente conversar um pouco mais sobre o Landing Page!

Facebook Comments
Quer mais conteúdo como esse? Inscreva-se na nossa Newsletter!

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.

Posts relacionados