Saiba o Que São Métricas de Marketing Digital e Quais Delas Você Não Pode Deixar de Acompanhar

Saiba o Que São Métricas de Marketing Digital e Quais Delas Você Não Pode Deixar de Acompanhar

Certamente você já ouviu falar sobre métricas de marketing, mas será que você realmente sabe o que são elas, como entendê-las e como são importantes para o seu negócio? Saiba que considerar os indicadores e as métricas é fundamental para acompanhar o desempenho de uma estratégia realizada por sua empresa na internet.

Vamos entender melhor sobre o assunto? Confira a seguir!

O que são métricas no marketing digital?

Primeiramente, é importante entender o que são métricas de marketing digital. Elas são informações que você consegue medir e acompanhar para saber o desempenho de suas ações de marketing.

Estes dados são de enorme importância para saber se um planejamento está funcionando, o que pode ser otimizado ou se existe previsibilidade sobre as próximas ações. Além disso, eles também indicam o que pode estar dando errado e quais pontos necessitam de melhoria. São estes números que irão nortear as próximas estratégias do seu planejamento. Por isso, extrai-los e analisá-los é fundamental!

Veja agora quais sãos as métricas de marketing fundamentais para o seu negócio

Sabendo da importância em mensurar resultados para perceber novas oportunidades e ter mais clareza sobre o impacto das ações que sua empresa faz, vamos conferir algumas métricas no marketing digital que irão ajudar a alavancar o seu negócio!

São elas:

Leads gerados

Você sabe o que são leads? Eles são os visitantes do seu site ou blog que se interessaram por seu conteúdo e, por isso, ofereceram seus contatos em troca de algo — como um e-book, uma assinatura de newsletter, um pedido de teste, o contato de um consultor, etc.

A geração de leads é uma das principais métricas de marketing, uma vez que ela indica o número de pessoas com que você pode começar um relacionamento e, consequentemente, conseguir realizar uma oferta de venda. Quanto mais pessoas fornecerem contatos, mais chances de conquistar seu objetivo final e aumentar seus resultados.

No entanto, é preciso ir além do número absoluto de leads. É necessário ter atenção à taxa de conversão, que é a porcentagem de visitantes que são convertidos efetivamente em leads. Afinal, aqui estamos mensurando quem é um lead e não apenas um visitante, certo?

Por exemplo, de nada adiantará receber um número grande de visitantes que não estejam convertendo para seu objetivo final. Caso perceba que a métrica de leads é baixa, significa que pode ter algo de errado com a sua estratégia.

Como solução, vale a pena analisar se a sua buyer persona está certa, se suas chamadas de ação (call to action) estão realmente atrativas e até mesmo se a sua página tem botões de conversão posicionados de forma clara. O importante é nunca ficar preso a apenas uma métrica, pois é necessário relacioná-la com outros indicadores e, claro, sempre fazer testes.

Nesta questão, outra forma de gerar leads é usando as redes sociais para a publicação de landing pages nas páginas da empresa. Levando o tráfego dos seus canais para este local, você certamente verá seu número de leads crescer.

Taxas de conversão no funil de vendas

Uma vez que sua empresa adota uma estratégia de Inbound Marketing, é preciso que ela esteja atenta à taxa de conversão no funil de vendas.

Para tanto, é importante considerar as três fases do funil (topo, meio e fundo) e determinar quais são as principais estratégias que levam o lead de uma fase para a outra.

Quando um lead no topo de funil converte em uma landing page de meio de funil, por exemplo, tal contato prossegue no processo de qualificação. Essa conversão, por sua vez, pode e deve ser analisada com o objetivo de observar a escalabilidade do processo.

Para que haja efetividade no cumprimento desta métrica, a produção de conteúdo deve respeitar cada etapa. Isso vai permitir que a empresa diferencie claramente as conversões de topo, meio e fundo do funil de vendas.

Quando o lead estiver finalmente pronto para ser encaminhado do fundo do funil para a área de vendas, ele passará a ser uma oportunidade de venda.

Taxa de retenção de clientes

Aqui, estamos falando sobre os clientes que retornam à empresa para comprar de novo. Ou seja, caso esta métrica seja baixa, pode significa insatisfação com o produto comprado ou que o serviço não foi tão válido assim para o seu público.

Porém, também pode indicar falta de investimento naquele serviço/produto, falta de divulgação, público-alvo errado, etc.

A taxa de retenção é bastante útil para serviços de e-commerce, por exemplo. Além disso, também ajuda a calcular o valor médio de um cliente.

Ticket médio

O ticket médio irá demonstrar a média do valor que cada cliente gasta em seus serviços e/ou produtos. Normalmente esta métrica é analisada de forma mensal para dar mais assertividade nos resultados. Para isso, divida a receita do mês pelo número de clientes do mesmo período. O ideal é que o ticket médio seja alto.

Custo de aquisição por clientes (CAC)

O custo de aquisição por clientes (CAC) é uma métrica relacionada ao valor do investimento para conquistar um cliente.

Funciona da seguinte maneira: é preciso somar os custos das áreas de marketing e vendas (incluindo campanhas, máquinas e profissionais) e dividi-lo pelo número de novos consumidores. O valor encontrado representará o quanto a empresa tem de investir para conquistar um novo cliente.

Também existe a possibilidade de verificar o CAC por área. Nesta situação, deve-se considerar os custos específicos de cada departamento (marketing e vendas) e dividi-los pelo número absoluto de novos consumidores.

Esta métrica viabiliza identificar se os custos de cada área estão compensando nas vendas ou não.

Retorno sobre o investimento (ROI)

O retorno sobre o investimento (ROI) é uma métrica essencial na estratégia de Marketing Digital e analisá-la é crucial para o sucesso esperado. Por meio dela, é possível identificar se os investimentos realizados pela empresa têm gerado bons resultados.

Para calcular o ROI, é preciso utilizar uma fórmula que consiste na receita de vendas dividida pelo investimento realizado. Quando o resultado alcançado for menor que um, significa que há prejuízo. Nesta situação, a métrica é relevante para redirecionar as ações estratégicas da empresa.

Lembre-se que estas métricas precisam caminhar em conjunto. Por vezes, analisar apenas uma isoladamente não mostrará os reais resultados.

Além disso, existem outras métricas de marketing digital que podem também ser mensuradas, como engajamento, curtidas, seguidores e compartilhamentos — porém, não são elas que poderão ser usadas para analisar a saúde do negócio, uma vez que curtidas não são indicativos de vendas, por exemplo. Elas são, sim, importantes para o crescimento e visibilidade de sua empresa.

Mas para aprimorar o marketing digital de seu negócio constantemente é necessário avaliar as métricas principais e mais efetivas.

Já está pronto para mensurar os indicadores da sua empresa e fazer as melhorias necessárias para alavancar suas vendas? Conte para nós nos comentários e continue acompanhando o blog para ficar sempre atualizado!

Facebook Comments
Gestão de redes sociais Entenda por que a mLabs é a ferramenta de gerenciamento de redes sociais escolhida por mais de 30 mil marcas brasileiras!

Posts relacionados