Facebook Retargeting: melhore sua taxa de conversão!

Facebook Retargeting: imagem de dardos no alvo

Está com dificuldades de aumentar a taxa de conversão das suas campanhas? Então, o Facebook Retargeting é um recurso que você precisa conhecer!

Campanhas impulsionadas, ou mesmo anúncios no Facebook costumam elevar as conversões. Porém, nem sempre essa melhora acontece nos níveis esperados.

Uma das causas é que, muitas vezes, o público alcançado pela campanha ainda não conhece a marca e não confia nela o suficiente para tomar uma ação importante, como é o caso da compra. 

Logo, uma das formas de driblar esse problema é alcançar o público que já conhece o negócio. Só isso já costuma elevar a taxa de conversão de uma campanha. 

E, o Facebook Retargeting é o recurso ideal ajudar as marcas a alcançarem essas pessoas.

Se interessou pela dica? Então fique com a gente! Neste post, vamos apresentar as estratégias de campanhas de retargeting que realmente trazem resultados para as marcas!

Quando fazer campanha de retargeting no Facebook?

Uma campanha de retargeting no Facebook pode ser criada praticamente a qualquer momento. 

Tudo que você precisa é ter um determinado orçamento para pagar os anúncios e uma conta para anunciar.

No entanto, é bom avaliar alguns critérios e situações que mostram se a ação será boa ou não para as suas estratégias de marketing.

O primeiro, e mais importante deles, é ter uma audiência mínima para poder criar a campanha. Pois o Facebook não vai permitir a criação de um anúncio se a audiência for muito baixa.

A boa notícia é que basta ter mais de 20 pessoas na audiência da marca, ou seja na FanPage, para que os anúncios possam rodar.

É recomendado também que você crie uma campanha de retargeting quando já tem um número razoável de visitas no site (mesmo assim, neste artigo, vamos dar uma opção para quem não tem).

E, quando se tem objetivos e metas claras para a criação da campanha — como venda de produtos ou serviços, download de algum material rico, inscrição em um webinar, ou até mesmo a participação em uma pesquisa.

imagem de um banner publicitário com chamada para baixar gratuitamente o material produzido pela mLabs sobre Kit de Planejamento de Conteúdo para as redes sociais

6 dicas de campanhas de retargeting no Facebook que dão resultados!

Sem mais delongas, chegou o momento de conferir as dicas que funcionam para as campanhas de retargeting no Facebook!

1. Crie campanhas para visitas de URL’s específicas

De forma bem simplificada, o Facebook Retargeting é a prática de mostrar anúncios para pessoas que já acessaram os perfis da marca nas redes sociais, ou as suas páginas do site e blog.

Mas qual página deve levar a qual anúncio?

Para fazer uma publicidade mais focada do que em outras campanhas de Facebook Ads é preciso determinar os gatilhos para cada tipo de retargeting.

No caso de um e-commerce, a tarefa fica mais fácil: você pode exibir anúncios do mesmo item da página acessada. Também dá pra oferecer itens de concorrentes.

Por exemplo, se alguém pesquisou por “tênis de corrida” e clicou numa página da Mizuno, talvez se interesse por aquele Nike que está na promoção. 😉

Nesse caso, você está anunciando para uma pessoa que está no fim da sua jornada de compra. Ela já clicou em um item, sabe o preço e tudo mais. 

Mas e quando o gatilho do retargeting são conteúdos e não venda de fato?

O melhor a fazer é mapear as principais páginas do seu site ou blog atribuindo cada uma a um estágio do funil.

Em seguida, você categoriza os seus anúncios também seguindo a mesma lógica e exibe o anúncio certo para a pessoa certa, fazendo-a avançar no sentido da compra.

Se quiser ver como e-commerces fazem retargeting na prática, é só dar uma espiada em qualquer item que pretende comprar no Buscapé, Zoom ou lojas como a Magazine Luiza e as Americanas.

No mesmo dia, aquele item vai aparecer na sua timeline do Face, mesmo que a pesquisa inicial tenha sido pela busca do Google.

Mas para que tudo isso aconteça, é preciso ter o Pixel do Facebook instalado no seu site para identificar quem foi esse visitante.

imagem de um banner publicitário com chamada para testar função de relatórios personalizados da mLabs

2. Faça anúncio para gerar leads baseado no engajamento da página

Mesmo que você seja um pequeno empreendedor com produtos anunciados apenas no Marketplace do Facebook sem nenhum site, você pode usar o retargeting para melhorar a comunicação com os seus potenciais clientes.

Se alguém demonstrou interesse em um item, mas não comprou e não voltou à sua página, você pode exibir um anúncio para essa pessoa, oferecendo um desconto em troca do endereço de e-mail dela.

Simples assim: “cadastre-se grátis para receber o cupom com 10% de desconto” ou algo do tipo.

Depois que ela preencher o formulário, você tem a chance de nutrir esse lead numa comunicação um para um e sem ruídos, típica do e-mail marketing. 

Essa estratégia também é excelente se você tem um site que acabou de começar e tá fraquinho de visitas. Quem tem pouco tráfego, não pode ficar desperdiçando contato de potenciais clientes, né?

Lembrando que, pra usar esse tipo de anúncio, você deve criar um anúncio com objetivo de campanha  “geração de cadastros”.

Facebook retargeting: imagem da tela de geração de cadastros do Gerenciador de Anúncios do Facebook

Depois de selecionar o objetivo, continue criando o seu anúncio como faria normalmente (segmentação do público que  visualizou ou clicou em algum produto da sua página).

Quando chegar a nível de anúncio, selecione a opção “criar formulário de cadastro” e especifique que dados quer dos seus futuros leads.

facebook retargeting: imagem do Gerenciador de Anúncios do Facebook indicando onde criar um formulário de cadastro

3. Invista em campanhas de Facebook retargeting para quem já é cliente

Não existe ninguém tão propenso a comprar de você quanto quem já comprou.

Então, por mais que pareça não fazer sentido, essa estratégia resgata clientes antigos que não compram nada há algum tempo e ainda pode melhorar a experiência de quem acabou de comprar, além de aumentar o seu ticket médio.

Por exemplo, o nosso hipotético comprador do tênis Nike ou Mizuno pode gostar da ideia de adquirir também meias, uma camiseta para corrida ou uma esteira, se você vende esses itens.

Para isso, faça um anúncio com o objetivo de conversão e, depois, no nível do conjunto de anúncios, acesse um “Público Personalizado” baseado em vendas. 

Se você ainda não tem esse público, é só criar um.

facebook retargeting: imagem da tela do Gerenciador de Anúncios do Facebook indicando onde se localizam os públicos personalizados

4. Deixe seus anúncios de retargeting no Facebook sempre atualizados

Além de gerar mais vendas e chegar a um público mais específico, o retargeting também é uma maneira de realizar a segmentação de público no Facebook Ads

Então, se você não mantiver os seus públicos e anúncios sempre atualizados, vai prejudicar a experiência do seu potencial consumidor e fazer com que ele perca a credibilidade na marca.

Para impedir que alguém visualize o seu anúncio, clique sobre ele e encontre uma página fora do ar, um item esgotado ou qualquer tipo de bug: crie uma rotina semanal de conferência de anúncios.

Pode ser um pouco cansativo no início, mas faz toda a diferença para as suas vendas e a experiência do usuário que você quer conquistar.

imagem de um banner publicitário com chamada para testar o recurso impulsionar da mLabs

5. Crie públicos semelhantes para aumentar as suas chances de conversão

Os “Públicos Semelhantes” são fundamentais para que qualquer página, e-commerce ou campanha no Facebook Ads dê certo.

A lógica por trás deles é simples: são um tipo de público baseado em quem já segue a sua página.

Ou seja, gente com os mesmos hábitos, pensamentos e interesses que o seu público atual.  

Para criar um “Público Semelhante” é fácil, quando estiver no nível de conjunto de anúncios, vá em “Público” e clique em “Criar novo”.

facebook retargeting: imagem da tela do Gerenciador de Anúncios do Facebook indicando onde criar um público novo

Dentre as opções que vão se abrir em seguida, escolha “Público Semelhante”.

facebook retargeting: imagem do gerenciador de anúncios do facebook indicando onde fica o público semelhante

Agora, você precisa informar ao Facebook Ads que critérios de semelhança utilizar para gerar seu novo público.

Parece complexo, mas não é! Em “Selecionar sua fonte semelhante”, você pode escolher sua página do Face, perfil do Insta ou outro público que já criou para os anúncios.

Depois, é só selecionar a localização, o número de públicos semelhantes que deseja e a porcentagem combinada. Quanto maior a porcentagem, menos semelhante ao original será o novo público, então, não exagere!

facebook retargeting: imagem do gerenciador de anúncios do facebook mostrando as opções do público semelhante
banner publicitário sobre geração de relatórios dashgoo by mLabs

6. Faça anúncios de retargeting no Facebook para a sua base de seguidores

Não é mais novidade que nenhuma página exibe conteúdo para todos os seus seguidores. Por outro lado, quem segue você demonstrou interesse no seu conteúdo, e é um público qualificado.

Então, vale a pena segmentar os anúncios de retargeting apenas para a base de seguidores. 

Aliás, é ótimo, também, criar publicidade específica para esse público, já que eles são diferentes do resto dos usuários.

Para fazer essa segmentação, repita os passos do item 5 deste artigo, mas clique em “Público Personalizado”, em vez de em “Público Semelhante”.

Depois, selecione a opção “Página do Facebook”, como mostrado na imagem abaixo.

facebook retargeting: imagem do gerenciador de anúncios do facebook mostrando onde se localiza a opção página do facebook

Se você quer anúncios mais direcionados, com melhores taxas de conversão e, por consequência, mais vendas, o Facebook Retargeting é o melhor caminho.

Porque, né. A gente sabe que quem tá começando e tem um negócio pequeno não pode ficar jogando dinheiro fora com conteúdo genérico e público disperso, voando por aí.

Agora, que você já conferiu dicas de sucesso para as suas campanhas de Facebook Retargeting, veja também como usar o Facebook Lead Ads para gerar mais oportunidades para o seu negócio.

Até porque o curioso e seguidor de hoje pode muito bem se tornar o cliente fiel de amanhã! 😉

Facebook Comments
Quer mais conteúdo como esse? Inscreva-se na nossa Newsletter!

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.

Posts relacionados