Você conhece o Facebook Marketplace? Saiba como funciona!

Você conhece o Facebook Marketplace? Saiba como funciona!

Você sabe o que é e como funciona o Facebook Marketplace?

Bom, provavelmente você já usou sites como OLX, Mercado Livre e Enjoei para compra e venda de produtos, certo?

Mas já imaginou se todas essas negociações pudessem ser realizadas por meio da sua rede social favorita? Graças ao Facebook Marketplace, isso já é possível!

Neste artigo, você saberá não somente o que é essa ferramenta e como funciona vender pelo Facebook, mas também vai conferir as vantagens que ela te oferece ao usá-la. Vamos ver?

O que é o Facebook Marketplace?

Sabemos que o mercado de e-commerce no Brasil cresce a cada dia.

Com as novas tecnologias, muitas pessoas encontraram nas lojas virtuais e nos serviços de marketplace um meio para vender produtos e fazer compras com mais facilidade.

Pensando nisso, Mark Zuckerberg (sim, sempre ele!) resolveu também investir nessa maneira de negociar e criou o Facebook Marketplace.

Basicamente, ele tem a função de compra e venda de produtos novos ou usados entre usuários da rede, mas com alguns diferenciais que você verá mais pra frente nesse texto.

Como funciona o Facebook Marketplace?

Antes de conhecer todas as funcionalidades e vantagens do Facebook Marketplace, você precisa entender como ele efetivamente funciona.

Existem dois tipos de pessoas que podem utilizar o Marketplace do Facebook: as que querem vender e as que querem comprar.

Em ambas as situações, os processos são tão simples quanto fazer um post no próprio feed.

Para quem quer vender seus produtos roupas, acessórios, marmitas, doces, etc no Facebook Marketplace, basta fazer o login na rede social e clicar em “Marketplace”.

Onde você acha? No desktop, ele está no menu à esquerda, logo abaixo do “Messenger”.

Já no aplicativo móvel, há um ícone de loja centralizado na parte superior da interface.

Você também pode simplesmente entrar diretamente no Marketplace e clicar na aba “+ vender um item” (ou no ícone de etiqueta, caso esteja no mobile).

Depois, você precisa:

  • colocar o nome do produto que vai vender e suas informações, como valor, local de venda/retirada e categoria;
  • anexe imagens aos produtos, isso dá mais credibilidade e os usuários gostam de poder ver o que estão comprando;
  • clique em publicar e pronto! Seu produto já estará disponível para os usuários do Facebook.

Já quando você estiver do outro lado o de quem compra , ao clicar no ícone do Marketplace, verá uma lista com os produtos de vendedores que estão mais próximos de você.

É possível também usar filtros por categoria, preço e localização (controlando o raio de distância), além do mecanismo de busca por palavras-chave.

Super fácil, né?

As principais vantagens do Facebook Marketplace

“Legal, já entendi como funciona o Facebook Marketplace. Mas por que eu devo usar ele e não os outros sites de venda?”

Se você está se perguntando isso, chegou a hora de ter uma resposta!

Como já existem plataformas semelhantes na internet que fazem esse serviço, vamos listar agora o que você ganha ao usar o recurso da ferramenta do Zuck. Veja:

Rapidez e praticidade

Já aconteceu de entrar em um desses sites de compra e venda e desistir no meio do caminho porque era muito burocrático?

Faça um cadastro, forneça seus dados bancários, crie uma senha, etc, etc, etc.

Com o Facebook Marketplace esse problema simplesmente não existe! A plataforma é prática e como você está conectado nessa rede social todo momento, não precisa se preocupar em decorar outra senha ou se esquecer de olhar o site.

É rápido, fácil e você tem acesso sempre. Sem burocracia!

Alcance

O Facebook tem uma base de mais de 102 milhões de usuários no Brasil, o que equivale à metade da população. Bastante, né?

Desses, 68% buscam novos produtos. Os brasileiros também são recordistas em tempo gasto nas redes sociais: cerca de 650 horas mensais.

Ora, só pelos números dá para concluir que, se você quer vender algo, precisa estar ali, certo?

É como um grande shopping onde é possível encontrar mais de 50% das pessoas do país. Graças a isso, é possível vender um item em pouquíssimo tempo, sem gastos e alcançando muuuitas pessoas!

Negócios locais

Diferentemente das plataformas citadas no início do texto, o Facebook prioriza os negócios locais.

Ou seja, transações entre usuários que estejam próximos. O próprio algoritmo da plataforma privilegia a exibição dos anúncios do Facebook por adjacências. É possível que o seu vizinho queira negociar com você, evitando custos com frete e tempo de espera.

Lembre-se de que o Facebook também tem diversas informações sobre o usuário: onde mora, locais que frequenta, hábitos e preferências de consumo. Tudo isso será avaliado na hora de oferecer os produtos para as pessoas certas.

Bem mais assertivo, né?

Integração com o Messenger

A comunicação entre vendedor e comprador fica ainda mais fácil e prática ao contar com o auxílio do próprio Messenger para isso.

Na ferramenta as pessoas podem oferecer atendimento, negociar valores, esclarecer dúvidas, realizar trocas, fornecer serviços de suporte, etc.

Forma de pagamento

Talvez a maior vantagem do Facebook Marketplace em relação a outras plataformas é que você não precisa passar nenhum tipo de porcentagem de suas vendas para ele!!!!

Tudo o que você vender, o lucro vai todinho para você.

Tanto que, por enquanto, o pagamento fica a critério da negociação entre comprador e vendedor. Podem usar o Paypal, PagSeguro, só dinheiro ou máquinas de cartões de crédito particulares. Ou seja, o Facebook não interfere.

Apesar disso, podemos esperar que a possibilidade de pagamento pela própria rede social possa ser adicionada em breve.

Dicas para você anunciar melhor no Facebook Marketplace

Use e abuse dessa ferramenta da melhor forma possível! Para isso, veja nossas dicas de como aproveitar todas as opções dados no Facebook Marketplace.

Palavra-chave

No campo “O que você está vendendo”, tente se colocar no lugar da pessoa que pode precisar do seu item.

Em vez de “veículo aéreo não tripulado guiado à distância”, por exemplo, é muito provável que ela busque por um “drone”, né?

Então, simplifique para ser encontrado com facilidade.

Fotos

Já dizia o sábio que uma imagem vale mais do que mil palavras.

No mundo digital, muitas vezes, as fotos são as principais responsáveis por chamar a atenção do usuário.

Por isso, use fotos de produtos na hora de vender pelo Facebook. Capriche e tente variar os ângulos, para que o potencial comprador saiba exatamente do que se trata o produto.

Descrição

Seja honesto e objetivo na descrição do produto. Não vá vender algo que não proporcione o que está descrito ali.

Até porque, lembre-se que você está em uma rede social em que é muito fácil deixar sua opinião. Imagine ganhar várias avaliações negativas e comentários ruins? Não será bom para suas vendas futuras, certo?

Diga aos usuários as condições do produto, tempo de utilização, motivo da venda e, caso sejam necessários, os documentos de garantia, certificados ou manuais disponíveis.

E então, gostou de saber tudo que o Facebook Marketplace tem a oferecer? Pois saiba que esse é só o começo. Ainda virão várias novidades sobre o recurso por aí.

Aproveite e veja também como vender pelo Instagram!!

Confira mais posts no blog da mLabs e fique por dentro das novidades.

Facebook Comments
Gestão de redes sociais Entenda por que a mLabs é a ferramenta de gerenciamento de redes sociais escolhida por mais de 30 mil marcas brasileiras!