O que é nicho de mercado, qual a sua importância e como definir o seu!

Nicho de mercado: imagem de um alvo circular com um dardo amarelo próximo a seu centro

Seja você um empreendedor iniciante ou experiente, saber o conceito e como definir o seu nicho de mercado ajudará a alavancar suas estratégias de vendas e marketing.  

Afinal, ao focar em um nicho, você diminui os custos e investe os seus esforços em uma parcela específica do mercado, aumentando as suas chances de se destacar e se tornar referência no setor. 

Um exemplo de marca que tem colhido bons frutos em seu nicho de mercado é o Estante Virtual, um e-commerce de livros usados, raros ou de edições esgotadas. Lançado em 2005, a empresa é referência na área e conecta leitores a pequenos e médios vendedores de livros em todo o Brasil. 

O que é nicho de mercado  

O nicho de mercado é uma pequena parcela de segmentação de um público generalizado.  

Falando assim parece um bicho de sete cabeças, né? Mas explicando melhor: muitas vezes, dentro de um mesmo setor, existe um público com necessidades específicas e que ainda não foram exploradas completamente.  

É aí que surge o nicho de mercado, como uma oportunidade. É uma forma de atender e explorar um público selecionado e carente, mas com muita capacidade de expansão. 

Exemplo de nicho de mercado

Pense no setor de cosméticos, é um oceano cheio de marcas consolidadas, certo? Porém, uma empresa de cosméticos especializada em produtos para pele negra atinge um nicho de mercado. 

Uma loja de roupas para mulheres plus size também é uma ótima forma de entender como o nicho pode ser aplicado na prática.  

Esses dois exemplos de negócio focam em grupos de pessoas com dores não generalizadas. Apostar nesses mercados é uma oportunidade de oferecer produtos ou serviços que possuem demanda, mas pouca oferta.

imagem de um banner publicitário com chamada para baixar gratuitamente o material produzido pela mLabs sobre Kit de Planejamento de Conteúdo para as redes sociais

Diferença entre segmento e nicho de mercado 

A diferença é sutil, mas muito significativa. O segmento é mais amplo e foca em um público-alvo muito abrangente.  

Já o nicho de mercado é um recorte do segmento que busca atender necessidades dos consumidores que são pouco exploradas pelas empresas.  

Um exemplo simples são os produtos alimentícios, que representam um segmento; já uma confeitaria especializada em doces sem lactose é um nicho. Sacou? 😜 

Por que definir um nicho de mercado é importante?  

Já falamos que uma empresa que escolhe um nicho de mercado tem mais chances de se destacar, certo? Mas, se você ainda não acredita, veja a seguir os principais benefícios que comprovam a importância de definir um nicho mercado para atuação da marca. 

Menor concorrência  

Como o objetivo é alcançar públicos específicos, a concorrência é menor. Afinal, você não vai disputar com grandes players do mercado, como a Amazon e a Magazine Luiza. 

Por serem grandes referências, competir com eles pode ser barra pesada, né? Ao escolher um nicho para atuar, fica mais fácil fugir dessa competição acirrada e se destacar no mercado.  

Público mais qualificado  

Todo nicho tem um público com dores específicas. E, como não existem muitas opções no mercado para sanar essas dores, os consumidores estão dispostos a pagar para ter acesso a algo mais personalizado e exclusivo, voltado às suas necessidades.  

Assim, a possibilidade de o público se engajar com a marca é maior, justamente porque há uma valorização, um entendimento de que a empresa está trazendo soluções que outros negócios não estão explorando.  

Preços mais vantajosos 

Por ser um mercado pouco explorado, com baixa concorrência, existe a possibilidade de você ditar os preços, aumentando seus lucros. 🤑 

Ao oferecer algo exclusivo, que não se encontra em qualquer lugar, a tendência é que os consumidores sejam mais abertos e topem pagar um pouco mais pelo produto/serviço. 

Facilidade em fazer parcerias de negócio  

Quando o assunto é nicho de mercado, os influenciadores digitais representam uma parceria e tanto. Muitos manjam de assuntos específicos, são vistos como especialistas e têm um público fiel que está sempre ligado no que eles postam nas redes sociais.  

Fechar contratos e parcerias com esses influenciadores é uma ótima ideia para aumentar o alcance da marca e conquistar mais clientes. 

Além disso, ao conhecer seu nicho como a palma da mão, você tem facilidade em identificar bons parceiros de negócio, que vão agregar e contribuir para aumentar o seu diferencial frente à concorrência. 

Melhor ROI 

Atuar em um nicho de mercado é uma ótima maneira de aumentar o ROI (Retorno sobre Investimento) da sua estratégia de marketing digital. 

Isso porque você alcançará clientes potenciais em menos tempo e com mais precisão, já que toda a sua estratégia (definição da persona, escolha de canais, produção de conteúdo, adaptação da linguagem) será focada em apenas um nicho. 

E, tem mais: com campanhas segmentadas, você investe em anúncios mais certeiros nas redes sociais, assim alcançando as pessoas que realmente têm interesse no seu negócio. 

imagem de um banner publicitário com chamada para baixar um guia gratuito de templates para as redes sociais da mLabs

Tipos de nicho de mercado  

Para definir o seu nicho de mercado, é preciso conhecer quais são os 4 tipos de segmentação que existem. Acompanhe e veja qual deles faz mais sentido para você! 

Segmentação geográfica 

Este tipo de segmentação leva em conta a localidade do negócio. O recorte geográfico considera o continente, o país, o estado e pode ser mais específico ainda, focando em uma cidade, bairro ou região. 

Um exemplo seria um mercado especializado em comidas saudáveis na zona sul de São Paulo.  

Para que o negócio dê bons frutos, é importante considerar a cultura e as necessidades desta comunidade. 

Segmentação demográfica  

A segmentação demográfica considera aspectos pessoais do público-alvo como idade, gênero, religião, raça, grau de escolaridade etc. Essas características influenciam e muito os hábitos de compra das pessoas. 

Um exemplo desse tipo de segmentação é uma academia especializada em atividades para idosos.  

Segmentação psicográfica  

Para segmentar o público, este tipo de nicho usa características pessoais dos consumidores como costumes, crençaspersonalidade e estilo de vida. 

As pessoas estão, cada vez mais, tomando decisões de compra baseadas nos valores que possuem e que são compartilhados pelas marcas. 

Assim, uma confeitaria especializada em produtos veganos se encaixa perfeitamente na segmentação psicográfica.  

Segmentação comportamental  

Baseada nos hábitos de consumo, a segmentação comportamental tem como foco analisar as motivações de compra das pessoas. O que elas compram? Com que frequência? Que vantagens estão buscando? 

A SmartFit, rede de academias, é um bom exemplo desse tipo de nicho. A proposta da empresa é atender a um público dinâmico, que, pela rotina agitada, não consegue malhar sempre no mesmo horário e lugar. 

Como definir o seu nicho de mercado? 

Não sabe por onde começar? Veja as dicas abaixo e saiba como escolher o nicho de mercado do seu negócio!

1. Pesquise sobre o mercado que você quer atuar  

As pesquisas são as melhores amigas de todo empreendedor que deseja ter sucesso. Busque informações sobre o comportamento do consumidor, faça um estudo sobre o mercado, acesse novidades sobre a área. 

Além disso, use as redes sociais para descobrir o que as pessoas falam sobre o assunto. Essa pesquisa inicial é o pontapé para que você possa navegar em áreas conhecidas, analisando a viabilidade da sua ideia. 💡 

2. Escolha um tema que você domina  

Você deve estar antenado sobre o tema e ter autoridade sobre o nicho em que deseja atuar. Por conhecer o assunto a fundo e estar envolvido nesse universo, você vai conseguir propor ideias e soluções úteis. 

Por isso, seja referência no assunto! Essa é uma excelente forma de conquistar clientes fiéis, que veem valor em você e na marca.

3. Identifique o problema a ser solucionado  

A ideia central do nicho de mercado é atender a um público pouco ou nada explorado, certo?! Por isso, é muito importante focar seus esforços para identificar problemas para os quais o mercado ainda não propôs nenhuma solução.  

E não precisa ser nenhuma ideia revolucionária! O produto/serviço desenvolvido pela empresa pode ser algo simples, mas muito útil. 

Para identificar uma dor do mercado que ainda não foi resolvida, você pode pesquisar pelo tema em grupos e fóruns nas redes sociais. Algumas ferramentas do Google também podem ser usadas para identificar palavras relacionadas ao negócio que pretende atuar e, assim, encontrar segmentações da área. Essas ferramentas serão abordadas mais à frente. 😉 

4. Avalie a lei da oferta x procura 

Você descobriu um mercado pouco explorado e já sabe a solução que deseja oferecer. Mas vamos aos fatos: é uma demanda real? As pessoas comprariam esse produto? Usariam esse serviço?  

De nada adianta ter uma ideia inovadora, mas que não representa a dor de ninguém, ou que parece útil apenas para um número extremamente restrito de pessoas.  

Para ajudar a validar suas hipóteses, faça pesquisas com seu público potencial. Ao analisar qual é o perfil de clientes da sua marca, você pode criar um questionário e coletar algumas respostas estratégicas com essas pessoas. Fale sobre as funcionalidades do seu produto/serviço e veja se o público se interessa pela sua ideia. 

5. Descubra as tendências do nicho  

Tendências surgem a todo momento, mas você deve estar atento para identificar quais delas representam mercados promissores. 

Por isso, acompanhe as notícias, acesse pesquisas, artigos e blogs sobre empreendedorismo para se atualizar sobre o mercado. Procure por tendências específicas que tenham um grande público consumidor, mas pouca oferta. 

6. Estude a concorrência de perto  

Quando o assunto é nicho de mercado, o ideal seria que não houvesse nenhum concorrente. Imagina ter todos os clientes comprando apenas da sua empresa? #sonho 

Mas a realidade é que esse cenário é bem improvável. Por isso, antes de mergulhar de cabeça na sua ideia, pesquise sobre a concorrênciaAnalise os perfis nas redes sociais, os comentários e reclamações dos clientes, entre no site de cada uma das marcas e entenda o produto ou serviço que oferecem.  

Veja o que elas fazem e como você pode fazer melhor, quais erros cometem para que você não repita em seu negócio.  Assim, você tem chances de construir uma marca forte e estratégica, que se diferencie das demais. 

7. Faça testes e otimize a sua estratégia 

Antes de lançar o seu produto no mercado, faça testes para entender os gostos e a opinião dos consumidores.   

Uma dica é desenvolver um protótipo, ou um MVP (Minimum Viable Product), um Produto Mínimo Viável. O objetivo é fazer testes com pouco investimento e esforço, apenas para analisar a viabilidade do item e identificar melhorias. 

Para criar um MVP que funcione bem, você precisa definir as características básicas do produto, oferecer valor ao item, despertando interesse na compra, e reservar um orçamento para desenvolvê-lo. 

Peça feedbacks para os usuários e, a partir deles, faça ajustes gradativos. Assim, você pode tornar o seu produto cada vez mais alinhado aos desejos e necessidades do público. 

Ferramentas para encontrar seu nicho de mercado  

Está sem ideias para definir o nicho de mercado do seu negócio? As ferramentas a seguir vão te ajudar a ter insights por meio de dados precisos e segmentados! 

Google (autocompletar)  

O autocompletar do Google funciona como um termômetro para analisar o que as pessoas estão pesquisando.  

Para usá-lo, basta digitar um termo genérico no campo de busca e a ferramenta automaticamente completa com termos relacionados. É uma ótima forma de ter ideias de nicho! 

Google Maps

Nicho de mercado: print de tela do Google Maps. O mapa mostra a região de Copacabana, no Rio de Janeiro

Esta ferramenta deve ser usada especialmente por empreendedores que querem segmentar geograficamente o empreendimento.  

É só pesquisar no Google Maps o tipo de negócio + a localização desejada. Por exemplo: barbearia em Copacabana. A partir dos resultados, será possível analisar se existe concorrência na região, além de outros insights valiosos, como o ponto mais estratégico para instalar a sua loja. 

Google Trends ajuda a descobrir o que tem de novo por aí. Você só precisa digitar um termo no campo de buscas e terá acesso a um gráfico com a evolução das pesquisas sobre o tema com o passar do tempo. 

Usando o exemplo da loja de roupas plus size, você poderia analisar com que frequência as pessoas têm buscado por esse assunto e se existe interesse do público em um negócio como esse na sua região. 

Dica: para acessar informações mais precisas, basta segmentar as pesquisas por localidade 😉 

Keyword Planner  

Nicho de mercado: print de tela do Keyword Planner. A imagem mostra resultados da busca "restaurante". A ferramenta mostra palavras-chave relacionadas.

Mais uma ferramenta do Google que pode ser muito útil no seu processo de definição de nicho de mercado.  

Ao escolher o termo que deseja pesquisar, o Keyword Planner fornece uma série de palavras-chave semelhantes. Ótimo para conhecer outras possibilidades de negócio, né? 

SemRush  

Nicho de mercado: print de tela do SEMRush. A imagem mostra alguns concorrentes da mLabs, que estão representados por bolas coloridas.

Não à toa esta é a ferramenta mais queridinha do mercado. Com tantas funcionalidades disponíveis, você também pode usá-la para descobrir em qual nicho apostar. 

SemRush é muito útil para analisar a concorrência e seu desempenho online. É possível acompanhar os dados de tráfego de canais concorrentes, as palavras-chave que ranqueiam e quais delas estão competindo com você. 

BuzzSumo  

Nicho de mercado: print de tela do BuzzSumo. A imagem mostra os resultados da busca do termo produtos veganos. No centro, bolas coloridas mostram o volume de buscas do termo em diferentes redes sociais.

No BuzzSumo é possível acompanhar o que as pessoas estão falando e compartilhando nas redes sociais. 

É uma mão na roda para você que deseja saber as novidades do mercado, tendências de consumo e descobrir temas relevantes para o seu negócio.

Facebook

Nicho de mercado: print de tela da página inicial grupo chatbots do Facebook. A imagem tem um fundo verde, a bandeira do Brasil ao lado do título da página e outras informações gerais sobre o grupo

Ficar por dentro dos grupos de discussão do Facebook pode gerar muitos insights sobre o mercado, já que potenciais clientes estão sempre presentes e debatem sobre marcas e produtos. 

Esteja atento aos tópicos levantados pelos usuários e anote qualquer ideia que possa ser útil no seu nicho. 

Kit COMPLETO para planejar campanhas nas redes sociais por nicho de mercado 

Para ajudar você a criar campanhas com resultados cada vez melhores nas redes sociais, a mLabs lançou um Kit de Planejamento de Campanha separado por nicho de mercado. 

O material fez MUITO sucesso em 2020 e está de volta com dados atualizados de 2021! 🚀 

Neste kit, você encontra materiais de apoio para fazer o planejamento COMPLETO da sua campanha nas redes sociais, como as hashtags mais usadas, calendário de datas especiais, seleção de públicos sugeridos para criar anúncios, tudo separado por nicho! 

Ao todo são mais de 20 ferramentas disponíveis para aprimorar o seu conhecimento em marketing digital:  e-Books, videoaulas, calculadora de ROI, gerador de UTM parametrizada, modelo de plano de marketing, planilha de orçamento, cronograma de postagens, relatório de performance e muito mais! 

Baixe agora mesmo o Kit de Planejamento de Campanha por Nicho de Mercado e tenha acesso aos materiais para planejar, executar, acompanhar, mensurar e otimizar as suas campanhas! 

Facebook Comments
Quer mais conteúdo como esse? Inscreva-se na nossa Newsletter!

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.

Posts relacionados