Aprenda a mensurar o ROI das redes sociais

roi das redes sociais

Métricas, números e gráficos. Essas palavrinhas podem causar tanto pânico em profissionais de social media quanto os mais tenebrosos episódios de The Walking Dead.

Isso acontece porque grande parte deles advém de áreas humanas, como jornalismo e publicidade. Apesar disso, a mensuração de resultados é uma das armas mais poderosas (mais até do que o bastão do Negan) para avaliar e reajustar as ações nas redes sociais.

Um dos indicadores mais importantes é o ROI. Não, isso não é o que você faz com as suas unhas ao assistir uma sequência de cenas tensas com zumbis. Trata-se de um valioso dado de performance para sua estratégia.

E é exatamente sobre isso que falaremos no texto a seguir. Nele, você verá que os algarismos não são nenhum bicho-papão e aprenderá a verificar se a sua empresa está ganhando ou perdendo dinheiro com as suas ações na internet! Continue a leitura e aprenda a medir o ROI das redes sociais!

Mas, afinal, o que é ROI?

Essa sigla até parece o nome de um personagem do Cartoon Network, mas na realidade significa Return Over Investment. Em português chamamos de Retorno Sobre o Investimento.

Essa métrica é utilizada em diversas estratégias de marketing, inclusive o offline. Basicamente ela revela se os investimentos realizados trouxeram lucros ou prejuízos.

Vamos supor que alguém anuncie no Facebook Ads para vender pulseiras. Nesse caso, o investimento foi de R$ 10,00. No total foram vendidas oito pulseiras no valor de R$ 5,00. Ou seja, R$ 40,00.

Agora utilizamos a fórmula:

ROI = Retorno do Investimento – Custo do Investimento / Custo do Investimento

Assim temos: 40,00 – 10,00 / 10,00 = 3. Em termos bem simples, isso quer dizer que o retorno foi três vezes maior do que o investimento. Se quisermos chegar ao valor percentual, basta multiplicar por 100, ou seja, 300%.

No exemplo utilizado é bem simples medir o ROI. Isso porque em estratégias de links patrocinados os números são obtidos de maneira simples. Mas em ações que visam mensurar a eficácia das redes sociais organicamente é um pouco mais complexo. Isso porque os valores não são tão claros.

Os investimentos aqui muitas vezes incluem o salário do profissional, tempo gasto e análise de desempenho. E o mesmo vale para o retorno. E como há diversas inconstantes, é difícil saber o que realmente levou o usuário à compra.

Pense bem, você saberia avaliar quanto custa cada curtida em uma foto no Instagram? Ou quanto de lucro foi gerado pelos seus tweets no último mês? Esses fatores podem impactar seus resultados de forma indireta, gerando conversões e lucro no longo prazo e, de fato, você nunca conseguirá medir isso precisamente.

Mas, calma, muitas ações nas redes sociais podem ter seu ROI medido.

Logo adiante revelaremos os maiores segredos dos profissionais de social media para calcular o ROI das redes sociais. Tudo isso sem usar sabres de luz, dragões ou os poderes da Eleven.

Por que o ROI é importante?

A todo instante você escuta nos principais podcasts ou lê nos principais blogs sobre o “boom” das redes sociais. Isso não é à toa. Em todo o mundo, são 2,46 bilhões de pessoas utilizando esses canais para se comunicar e interagir.

No Brasil, somos recordistas de tempo de uso e aquisição na América Latina: 58% dos usuários estão presentes nas mídias sociais. Ao falarmos de empresas, os números são ainda mais assustadores: 94,4% das empresas utilizam social media em estratégias digitais.

Pois é. Com tantos negócios prosperando, você não quer ficar para trás.

Talvez o maior erro dos administradores brasileiros seja acreditar que basta fazer algumas postagens e “voilà”, magicamente os resultados virão. Não adianta confiar no achismo. É preciso se basear em dados.

Ao calcular o ROI das redes sociais, você será capaz de reavaliar os objetivos, redefinir estratégias e otimizar o potencial das ações.

Ou, de maneira mais simples, selecionar os tipos de posts, melhores canais e estratégias para usar nas mídias sociais. E isso é o que diferencia o grande profissional do “sobrinho que mexe com Facebook”.

Como calcular o ROI das redes sociais?

Não é preciso ser o Stephen Hawking para realizar esse cálculo. A primeira coisa que você deve fazer é definir objetivos de negócio quantificáveis e qualificados.

Sim, grave isso como um mantra: defina objetivos de negócio quantificáveis e qualificados.

Não significa que você só pode ter esse tipo de objetivo em sua estratégia. Lembra que falamos das curtidas lá em cima? Isso também é importante! Fortalece a marca, gerar visibilidade, amplia o potencial orgânico dos seus posts. Mas, como dissemos, você não conseguirá medir o ROI disso.

Dito isso, lembre-se: não adianta estabelecer 25 milhões de seguidores (alô, Bruna Marquezine, um dia eu chego lá!) como meta ou alcançar toda a população de Tangamandápio. Esses são KPIs importantes, mas secundários.

Ainda está confuso? Então aqui vão alguns exemplos de objetivos concretos e que podem ser representados por números:

  • número de cadastros em uma newsletter;
  • quantidade de compras do aplicativo ou produto;
  • volume de inscrições em um webinar;
  • número de downloads de um material rico.

Lembre-se de que a suas atividades nas mídias sociais estão inseridas em algo maior, cujo principal objetivo é fazer com que o usuário forneça um canal para contato e torne-se um lead.

Depois disso, você precisará recorrer às ferramentas de análise de métricas, como o Google Analytics. Por meio delas é possível saber quantas pessoas chegaram a uma página de destino via redes sociais.

Então é só seguir o caminho inverso. Suponhamos que no mês de outubro você tenha vendido 10 mil reais. Para isso, você precisou gerar um tráfego de 100 mil visitantes. Suponhamos que 80 mil pessoas sejam oriundas do Facebook. Ou seja, 80% do tráfego total. Isso significa que 8 mil reais é o retorno da nossa querida plataforma de Mark Zuckerberg.

Mas e quanto ao investimento? Bom, para isso, recomendamos que você calcule o valor mensal por hora trabalhada pelo profissional ou equipe responsável pela execução da campanha.

Some a isso todos os gastos. Serviços de freelancers, plataformas de automação e monitoramento, softwares de edição de imagem e vídeo, impostos etc. Mais uma vez em uma situação hipotética, chegamos ao valor de 2 mil reais.

Voltando ao nosso exemplo, temos:

ROI = 8.000 – 2.000 / 2.000 = 3

Multiplicamos o nosso resultado final por 100 e chegamos ao valor percentual de 300% de retorno de investimento.

Calcular o ROI das redes sociais é um desafio para diversos profissionais do ramo. Esperamos que, com este texto, a sua vida seja facilitada e essas informações o ajudem a entender melhor sobre o assunto.

Ficou alguma dúvida? Comente aí!

Facebook Comments
Gestão de redes sociais Entenda por que a mLabs é a ferramenta de gerenciamento de redes sociais escolhida por mais de 30 mil marcas brasileiras!

Posts relacionados