Se você deseja implementar estratégias de marketing que funcionam para chamar a atenção de pessoas mais próximas da sua região que terão mais chances de comprar os seus produtos, você precisa entender de marketing local!

Parece ótimo? Bem, não só parece como é! 👌

Graças a inteligência de localização geográfica, você consegue alcançar um público mais próximo do seu estabelecimento, com mais chances realizar negócio e o melhor de tudo: com baixo investimento.

Não sabe do que estamos falando? Calma que a gente explica!

O que é marketing local?

Chamamos de marketing local o conjunto de ações focadas na segmentação geográfica para atrair o público de uma região específica para o seu negócio.

As plataformas de anúncios das redes sociais e do Google permitem realizar essas ações com pouco orçamento – em comparação ao custo das outras estratégias de mídia – para potencializar a sua marca na Internet.

Quais os melhores canais para aplicar o marketing local?

Existem diversos canais para você colocar em prática suas ações de marketing. Mas para escolher o melhor é preciso avaliar alguns pontos, como:

  • Qual pode ser mais estratégico para atingir a persona certa?

Avalie em quais canais seus consumidores se encontram para que você consiga estabelecer uma comunicação eficiente.

Dica amiga: se o negócio ainda estiver no zero, uma boa ideia é analisar os canais dos seus concorrentes! 💡

  • Quais você conseguirá manter?

Não adianta estar em vários lugares e, depois, precisar abandoná-los por não dar conta de administrá-los, entende?

Veja agora os melhores canais para iniciar com suas estratégias de marketing local!

imagem de um banner publicitário com chamada para testar função de relatórios personalizados da mLabs

Redes sociais

Facebook e Instagram são ótimas plataformas. Cada um tem sua particularidade, mas ambos oferecem facilidades para as vendas de produtos e serviços.

  • Facebook MarketPlace

No Facebook, além da Fan Page, encontramos a opção do Marketplace, um canal de compra e venda de itens novos ou usados em que é avaliada a localização do usuário, antes de mostrar o inventário.

Observe a busca feita pela palavra-chave “livros” por um usuário de Brasília.

Marketing Local: imagem de uma página de livros online

Os resultados são segmentados e ainda é possível filtrar mais! Ao mexer nas configurações você pode classificar os produtos por valor e distância.

Portanto, se você tem um negócio cadastrado no Facebook Marketplace coloque o máximo de informações sobre ele. 👊

  • Anúncios Geolocalizados no Instagram

O Instagram também trabalha com geolocalização. Uma das vantagens da rede social é facilitar aquisição propriamente dita, já que um simples clique em cima na tela expõe o valor do produto e mostra o link da página de compras.

Além do mais, essas duas redes sociais possibilitam o direcionamento de anúncios por localização. Ao criar o anúncio você pode escolher:

  • todos que moram próximo ao local escolhido;
  • quem esteve recentemente na região;
  • pessoas que visitaram estabelecimentos na delimitação geográfica.

Esse anúncio pode ser usado para várias finalidades, como divulgação de promoções, inaugurações de serviços, hospedagem, lojas comerciais locais, entre outros.

Ah! Não se esqueça de avaliar a performance das suas ações. Para isso, existem ótimas ferramentas no mercado que entregam relatórios completos e fornecem diversos Insights para otimizações.

imagem de um banner publicitário com chamada para baixar gratuitamente o material produzido pela mLabs sobre Kit de Planejamento de Conteúdo para as redes sociais

E-mail

Não pense que o e-mail marketing não funciona mais! Ele também é um ótimo canal, pois proporciona uma comunicação mais direta e personalizada, desta forma, aumentando o engajamento e facilitando a condução da jornada de compras.

Além disso, o e-mail tem métricas bastante pontuais, como a análise da proporção de mensagens lidas X recebidas. Com essas análises você consegue melhorar as peças para ter mais chances de sucesso.

Anúncios no Google Meu Negócio

O Google Meu Negócio é uma ferramenta gratuita que ajuda a empresa a ser encontrada no principal mecanismo de buscas do mundo (Google) e na ferramenta de navegação da mesma empresa (Google Maps).

Com estratégias de SEO local, a ferramenta consegue captar a posição geográfica do usuário, para mostrar resultados próximos a ele.

Isso ajuda a melhorar o posicionamento do seu site, atraindo mais tráfego e aumentando a autoridade da empresa.

Veja o exemplo de uma pessoa que procurou por “pizzaria São Paulo Jardins” no Google.

Marketing Local: imagem da página do google mostrando resultados de uma busca por pizzaria

Perceba que logo no resultado do Google, é possível ter acesso a alguns dados como avaliações, endereço e horário de funcionamento.

Ao clicar em cada restaurante, podemos ver tudo de forma ainda mais completa, inclusive com um mapa apontando a localização do consumidor e a distância até o local.

Como atrair clientes por meio dessa estratégia?

Agora que você já conhece alguns canais, vamos partir para a prática? Acompanhe as próximas dicas!

Conheça a persona

Assim como em qualquer estratégia de marketing, o conhecimento da persona é de fundamental importância.

Entenda com quem você está falando para que a comunicação seja ainda mais efetiva. Não desperdice energia e recursos investindo em ações para quem não tem interesse nos seus produtos ou serviços.

Assim, reúna todas as características importantes do seu público, como:

  • preferências;
  • objetivos;
  • dores.

Trabalhe com o SEO local

Imagine que você tenha um pequeno restaurante em São Paulo. Seria uma boa estratégia divulgá-lo para quem mora em Manaus? Nenhum pouco, concorda?

Assim, um dos passos mais básicos é colocar o nome da cidade ou bairro como parte da palavra-chave, que deve ser inserida em todos os meios utilizados para comunicação, como:

  • publicidade;
  • sites;
  • blogs (nos textos e na URL);
  • imagens.

Outra estratégia interessante é trabalhar com marketing de conteúdo local. A produção de artigos, informações, notícias e qualquer outro conteúdo relevante sobre a região é sempre um forte aliado.

Ao desenvolver conteúdo, de maneira estratégica, focado nas etapas do funil de vendas é possível guiar o consumidor durante a jornada de compra e dar um tiro certeiro! 💥

banner publicitário sobre geração de relatórios dashgoo by mLabs

Realize testes

Não adianta! Em muitas ações, não teremos exatidão dos resultados, portanto é preciso testar. Implemente estratégias, avalie a receptividade, faças testes como o A/B e analise as métricas.

Essa mensuração pode ser obtida por meio das próprias redes sociais e do Google Analytics, já que esses canais possuem ferramentas hábeis para observar os dados.

Você também pode usar ferramentas externas, como a mLabs que unifica todas as informações e um único lugar.

Com a mLabs você consegue gerar relatórios personalizados, acompanhar as métricas das redes sociais, descobrir os melhores formatos, dias e horários para postar de acordo com o comportamento do seu público.

Ainda não conhece a mLabs faça um teste grátis e tire suas próprias conclusões. 😉

De qualquer forma ou em qualquer ferramenta, esse acompanhamento é fundamental!

Analise dados de geomarketing

Grande parte do sucesso do marketing local depende dos recursos por trás dele. O geomarketing é significativo nesse sentido.

Por meio de sistemas como GPS do celular ou endereço IP podemos obter alguns dados valiosos de consumidores, como perfil, comportamentos e interesses.

Super útil para entender melhor a persona, concorda?

A partir disso, você pode aplicar estratégias mais direcionadas, de modo a chamar a atenção do público com produtos relevantes e próximos a ele.

Incentive avaliações de clientes

A opinião de clientes atuais influencia consideravelmente o comportamento de clientes potenciais. A partir de feedbacks positivos, eles sentem mais segurança para comprar da marca e, assim, avançam nas etapas do funil.

Se você tem perfil no Google Meu Negócio, não deixe de incentivar as avaliações por lá!

👉 Além de ser importante para o reconhecimento da marca, a avaliação dos usuários na ferramenta tem um peso grande na classificação da empresa no ranking dos buscadores.

Cases de Sucesso

Veja a seguir alguns exemplos de marcas conhecidas usando a estratégia de marketing local para se destacarem!

Campanha da Nike em Londres

Com o objetivo principal de desenvolver uma campanha focada no público de Londres – para a marca Nike, uma agência colheu informações preciosas sobre os jovens atletas de lá.

Ao usar áreas locais menos reconhecidas para o cenário do anúncio, a campanha gerou proximidade e identificação do público, assim espalhando a mensagem que “talentos podem vir de qualquer canto da cidade”.

A partir daí, as pesquisas online sobre os produtos da Nike em Londres aumentaram significativamente. Além disso, a campanha recebeu vários reconhecimentos e premiações. 🏆

Campanha do KitKat no Japão

No país, a palavra “kit kat” lembra a expressão “kitto katsu”, que significa “boa sorte”. Além do mais, é tradição lá enviar cartões de boa sorte para o início do ano letivo.

Unindo o útil ao agradável, a marca disponibilizou a impressão de mensagens personalizadas nas embalagens, que puderam ser enviadas pelo Japan Post (empresa de serviços de entrega postal e pacote – como o Correios).

Marketing Local: imagem de uma garota japonesa apoiada em uma embalagem gigante de kit kat

Alguma dúvida do quão bem recebida a propaganda foi por lá?

Enfim, investir no marketing local é uma ótima estratégia para atrair um público qualificado. Por ser mais específica, a marca tem ainda mais chances de se destacar.

👉 No entanto, não se esqueça de conhecer a persona do seu negócio para que as ações sejam bem direcionadas.

Quer saber mais sobre o tema? Assista o aulão grátis sobre como usar o marketing local para vender mais com dois especialistas de peso: Rafael Kiso, CMO da mLabs e Estevão Soares, consultor de Estratégias Digitais.

Testar a mLabs

Quer mais conteúdo como esse?

Inscreva-se na nossa Newsletter!

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.