Pesquisar

Como fidelizar clientes com conteúdo? Descubra os 3 passos! 

Como fidelizar clientes com conteúdo? Descubra os 3 passos! 
Avatar de Raphael Alves

Por

Publicado em

Clientes fieis não crescem em árvores e nem caem do céu.  

É preciso tempo e esforço para fazer com que o consumidor considere uma marca a sua melhor escolha — em cada uma das vezes que precisar dela. 

A melhor forma de construir essa confiança é investindo em Marketing de Conteúdo

Por trás de uma boa estratégia de conteúdo, está o desejo de não apenas atrair novos clientes, mas também fortalecer o vínculo com os clientes atuais. 

Mas é claro que também existem os desafios. 

Fidelizar clientes com conteúdo não se resume a publicar nas redes sociais ou enviar uma newsletter para uma base de e-mails quando for conveniente. 

Tudo isso é importante, mas direcionar os conteúdos para a fidelização exige mais. 

É justamente isso que mostraremos neste guia: como fazer uma marca se destacar no coração e na mente das pessoas por meio do Marketing de Conteúdo.  

Vamos lá? 

O que é fidelização de clientes? 

A fidelização de clientes é o processo de fazer com que as pessoas voltem a comprar ou usar os serviços de uma empresa

É sobre criar um relacionamento duradouro com os clientes, para que eles escolham sempre a mesma empresa ao invés de procurar outras opções no mercado. 

Não se trata de encantá-los com um único produto ou serviço. 

A lealdade do público acontece como resultado de múltiplas interações que constroem um sentimento de confiança ao longo do tempo. 

Cada vez que um cliente tem uma experiência positiva com a empresa, seja por meio de um bom atendimento, produtos de alta qualidade, resolução rápida de problemas ou até mesmo com o conteúdo produzido pela empresa, essa confiança é reforçada. 

“Você não ganha lealdade em um dia. Você ganha lealdade dia após dia.” 

– Jeffrey Gitomer (autor do best-seller “A bíblia de vendas”) 

Por que fidelizar clientes é importante? 

A fidelização de clientes é relevante por muitas razões, até porque o esforço de manter um cliente é muito menor do que o esforço de adquirir um novo

Confira abaixo os motivos que tornam a fidelização importante para as empresas: 

Reduzir custos 

Os números não mentem: adquirir um novo cliente pode custar de 5 a 25 vezes mais caro do que reter um cliente antigo, segundo pesquisa da Harvard Business Review

Isso acontece porque converter leads em clientes envolve investimentos em marketing e ofertas especiais, além do tempo e esforço necessários para convencer alguém a experimentar um produto ou serviço pela primeira vez. 

Os clientes fiéis, por outro lado, já conhecem e confiam na marca, tornando o processo de compra mais rápido, simples e vantajoso financeiramente. 

Aumentar as vendas 

Clientes fiéis também compram com mais frequência e gastam mais. 

Uma pesquisa feita com proprietários de pequenas empresas relata que 61% deles têm mais da metade de sua receita anual vinda de clientes recorrentes

Eles já conhecem a qualidade e o valor que a empresa oferece, diminuindo a hesitação na hora de fazer novas compras. 

O relatório também mostra que um cliente recorrente gasta em média 67% mais do que um novo cliente

A familiaridade com a marca incentiva os clientes fiéis a aproveitar mais opções no portfólio da empresa, aumentando o valor médio das compras. 

Maximizar o retorno sobre investimento 

Investir na fidelização de clientes melhora a rentabilidade geral da empresa. 

Um aumento de apenas 5% na retenção de clientes já pode aumentar a receita em 25-95% (fonte: estudo da Bain&Company). 

Se uma empresa tem clientes que compram com mais frequência, gastam mais e são menos sensíveis a preços, o resultado é um maior Retorno sobre Investimento (ROI)

Promover a marca com brandlovers 

Ter clientes fiéis ajuda a promover a marca com aqueles que são verdadeiros fãs, conhecidos como brandlovers,  

São clientes que não apenas compram os produtos, mas agem como verdadeiros defensores da marca

Os brandlovers interagem com a empresa nas redes sociais, participam de programas de fidelidade e estão dispostos a defendê-las em momentos de crise. 

Isso cria um ciclo no qual a empresa atrai novos clientes de forma orgânica pela indicação de seus fãs. 

Por que o conteúdo é tão valioso para fidelizar mais clientes? 

As táticas de outbound marketing, focadas em interromper o consumidor, não são tão eficazes para atrair, converter e fidelizar o público. 

E isso acontece porque o consumidor atual precisa se sentir no centro da comunicação das marcas, e não simplesmente sendo convencido a comprar um produto. 

Com o Marketing de Conteúdo, as empresas têm a oportunidade de agregar o valor que as pessoas esperam receber antes (e depois) de oferecer para elas alguma solução. 

Ao contrário do outbound, o objetivo do Marketing de Conteúdo é aumentar o reconhecimento e a autoridade de uma marca entregando valor para o público por meio de textos, vídeos, infográficos, newsletter, entre outros formatos de conteúdo. 

Nas palavras de Niel Patel, um dos maiores nomes do marketing digital: 

“Seu conteúdo deve gerar tanto valor que, quando um cliente em potencial decidir fazer uma compra, você seja a primeira pessoa em quem ele pensa e a autoridade em que mais confia.” 

Tanto para a atração quanto para a fidelização, o foco no cliente é essencial.  

Quando os consumidores percebem que uma empresa está interessada em ajudá-los, é provável que continuem comprando dessa empresa no futuro

Por isso, desde os posts nas redes sociais até os estudos de caso e webinars, o foco no cliente ajuda a aumentar a taxa de fidelização da empresa. 

Formatos de conteúdo para fidelizar clientes  

Existem muitos tipos de conteúdo que você pode incorporar às estratégias focadas em fidelizar mais clientes. Aqui estão alguns dos mais comuns. 

  • Newsletters: envie regularmente newsletters com conteúdos relevantes, como atualizações do setor, dicas úteis, e ofertas exclusivas para clientes fiéis; 
  • Blogposts: crie artigos sobre temas relacionados aos interesses e desafios dos seus clientes para posicionar sua empresa como uma autoridade no assunto; 
  • Webinars: organize sessões ao vivo para interagir diretamente com clientes, oferecer treinamentos especializados e responder perguntas em tempo real; 
  • Estudos de caso e depoimentos: compartilhe histórias de sucesso de clientes anteriores, demonstrando como a empresa resolveu problemas específicos e impactou positivamente a vida dos seus clientes; 
  • Infográficos e vídeos Instrucionais: crie conteúdos visuais que simplifiquem informações complexas, como infográficos explicativos e vídeos tutoriais sobre o uso de seus produtos ou serviços. 
  • Podcasts: produza episódios de podcast sobre tópicos relevantes para seu público-alvo, convidando especialistas para discutir temas do interesse deles. 
  • Conteúdo exclusivo: ofereça acesso a conteúdos premium, como e-books, white papers ou análises de mercado, exclusivamente para clientes cadastrados; 
  • Pesquisas: incentive a participação dos clientes em pesquisas e enquetes interativas, mostrando como eles podem impactar as decisões da empresa. 

A escolha do formato depende de como sua estratégia de conteúdo foi planejada para cada etapa da jornada de compra

Como fidelizar clientes com conteúdo? Os 3 passos! 

Quer descobrir como usar conteúdo para manter os clientes voltando sempre? Ótimo!  

Aqui estão 3 passos para começar a fidelizar clientes mais com a estratégia de conteúdo. 

1. Entenda as expectativas dos clientes 

Como explica Rafael Kiso, co-fundador da mLabs, entender o que as necessidades e desejos é o passo inicial para conquistar o público: 

“Um dos fatores mais importante é entender as necessidades, dores e desejos do seu público. É genuinamente querer ajudar alguém, oferecendo algo que eles já estão procurando. Quando seu conteúdo atende a essa demanda, ele naturalmente chama atenção do público.” 

O desafio é que, em cada estágio da jornada de compra, as expectativas do público normalmente são diferentes. 

Na fase de compra, os consumidores procuram comparações, avaliações e estudos de caso para entender como a solução oferecida pela marca pode resolver seu problema. 

Depoimentos de clientes, estudos de caso e webinars comparativos podem ajudá-lo a influenciar a decisão de compra. 

Depois da venda, os clientes valorizam o suporte contínuo, atualizações de produto e conteúdos que os ajudem a obter o máximo valor da sua compra.  

E-mails com dicas, webinars exclusivos e artigos de blog sobre melhores práticas são exemplos que podem manter os clientes engajados. 

2. Continue agregando valor após uma venda 

A chave para fidelizar clientes com conteúdo é agregar valor sem pedir nada em troca

Muitas empresas cometem o erro de focar apenas na atração e conversão de novos clientes, mas esquecem da importância de manter um relacionamento após a venda. 

Os clientes podem sentir que foram abandonados após a compra, diminuindo a confiança na marca e a chance de compras futuras. 

A pesquisa abaixo mostra o impacto de conteúdos capazes de agregar valor: 

fidelizar-clientes-com-conteudo-1fidelizar-clientes-com-conteudo-1: pesquisa

Uma das formas de manter clientes leais engajados é enviando newsletters com dicas sobre como usar melhor o produto que eles compraram

Com uma base de e-mails, também é possível manter os clientes informados sobre lançamentos e ofertas exclusivas. 

Dependendo do tipo de produto oferecido, ainda é possível oferecer guias que ajudem os clientes a cuidar e manter os produtos em bom estado.  

Enfim, as possibilidades são infinitas. Pense na melhor forma de agregar valor produzindo conteúdo segmentado para um público que já comprou a marca. 

3. Invista em Marketing de Conteúdo nas redes sociais 

As redes sociais devem ser aproveitadas na estratégia de fidelização, até porque muitas pessoas passam grande parte do seu tempo online. 

Postagens que ensinam, fornecem dicas ou respondem a perguntas frequentes ajudam a construir relacionamentos e criar uma comunidade em torno da marca. 

É uma estratégia que se mostra ainda mais poderosa ao usar o Princípio de Pareto, também conhecido como a “regra 80/20”

Esse princípio sugere que 80% do conteúdo deve focar nas necessidades e interesses do público, enquanto apenas 20% deve ser sobre a própria empresa e suas ofertas. 

Então, ao invés de apenas promover produtos, a estratégia é se posicionar nas redes sociais agregando valor investindo com Marketing de Conteúdo. 

Veja outras dicas de como fazer isso do jeito certo: 

  • Crie um calendário editorial e planeje suas postagens com antecedência para manter uma frequência regular de publicações; 
  • Compartilhe tutoriais e guias que ajudem os seguidores a resolver problemas ou aprender algo novo; 
  • Divulgue descontos exclusivos, promoções por tempo limitado e brindes para incentivar a ação dos seguidores; 
  • Crie enquetes, perguntas e concursos para incentivar a participação e o envolvimento do público. 

Clientes fiéis não crescem em árvores e nem caem do céu, mas você não precisa de um milagre para fidelizar clientes com conteúdo.  

Lembre-se que a chave está em agregar valor com informações úteis que vão ajudar o consumidor — seja nas redes sociais, seja em outros canais. 

Sabia que o marketing digital não é mais o mesmo depois da Creator Economy? Confira aqui o nosso guia sobre essa tendência e como aproveitá-la nas suas estratégias. 

Agende posts com a mLabs e economize horas de trabalho!

Gerencie todas as mídias sociais por 30 dias grátis

redes-sociais-banner

VOCÊ ACABA DE GANHAR 30 dias grátis