Comunicação em tempo de crise: o que publicar em cada mídia?

Comunicação em tempo de crise: imagem de uma mulher usando uma máscara branca no rosto mexendo no celular

A pandemia do Coronavírus está mudando o mundo como o conhecemos. Hoje, uma das nossas maiores armas é a informação. Em meio a tantas incertezas, as marcas – mais do que nunca – devem investir na comunicação em tempo de crise.

Seja para informar, trazer mais tranquilidade e, até mesmo, tirar um pouco o foco do problema, é preciso se comunicar para se manter vivo no mercado digital.

Nesse momento de dificuldade para muitos negócios, deixar de se comunicar é cavar ainda mais a própria cova.

Por isso, as estratégias de marketing nas redes sociais precisam ser mantidas, adaptadas e, em muitos casos, intensificadas para fortalecer a imagem da marca e conquistar mais alcance e visualizações.

Por que e como investir na comunicação em tempo de crise?

Mesmo que sua empresa tenha parado de produzir durante a crise, ela não pode parar de se comunicar com o público. Primeiro porque, como diz o ditado, quem não é visto, não é lembrado.

Lembre-se de que uma hora tudo isso vai passar e quando isso acontecer será que o seu cliente ainda vai se lembrar de você que andou sumido e ausente?

Pior ainda se o concorrente surgir trazendo informação, entretenimento e, até mesmo, criando novas formas de consumir seu produto ou serviço, não acha?

Para não ficar de fora, investir em estratégias de comunicação nas redes sociais é fundamental!

Aí você pensa “Mas o que fazer nas redes sociais com o país sob quarentena e as pessoas sem poder sair de casa?” Bingo! ⚡ É justamente por causa do isolamento social que o seu negócio precisa ser encontrado facilmente na Internet.

E, mesmo que você tenha um pequeno comércio no seu bairro, se não trabalhar o estratégias de marketing local não vai conseguir atrair novos clientes, já que agora é tudo a distância.

Então, confira as dicas de como se comunicar nas redes sociais em tempos de crise e aproveite a força delas para manter o seu negócio ativo no mercado, conquistando novos clientes online.

Banner 4rs da gestão de crise: imagem de um tablet com gráfico de crescimento na tela

Dicas de como se comunicar em cada rede social

Cada rede social tem as suas particularidades!

Em algumas as imagens e os vídeos se destacam mais, essas inclusive são muito visadas para fazer parcerias e trabalhar com influenciadores. Também tem aquela em que os textos curtos e inteligentes viralizam e fazem com a maca seja lembrada.

Tem uma que se tornou popular recentemente e que está bombando com o público jovem e antenado. Em contrapartida, tem uma outra em que é usada por especialistas e pessoas “mais velhas” para compartilhar e consumir conteúdo de qualidade.

Conseguiu identificar de quais redes sociais estamos falando? Não!?

Continue lendo as dicas individuais de cada rede social e suas nuances para descobrir! Ah e ,claro, para planejar estratégias de marketing assertivas para cada uma delas.

LinkedIn

O LinkedIn é uma rede social que vem crescendo bastante, principalmente entre profissionais e empresas, devido a sua facilidade de gerar um bom alcance orgânico e conquistar novos leads.

Seu algoritmo permite que você se conecte facilmente com profissionais de áreas do seu interesse, encontre vagas que se encaixam em seu perfil, veja publicações interessantes e com conteúdo relevante, e facilita a geração de novos negócios.

Por isso, tanto para perfis pessoais, como para páginas de empresas, o LinkedIn é um importante canal para facilitar a comunicação em tempo de crise. Veja, a seguir, algumas dicas recomendadas pela própria rede social para que seus posts tenham mais relevância durante a crise causada pela Covid-19.

  • Fale sobre suas experiências

Conte sobre o que você vive, o que acontece com você e sua empresa, dê seus próprios Insights e dicas para o público. Se você tem uma empresa, por exemplo, pode contar quais ações está tomando para enfrentar a crise.

Se você é um profissional, pode explicar como sua rotina mudou, como enxerga tudo que vem acontecendo a sua volta, as oportunidades e ameaças.

No Linkedin as pessoas se interessam em conhecer outras experiências, opiniões e ideias. Use isso a seu favor!

  • Participe de conversas relevantes

É importante aproveitar bem o seu tempo na rede e saber em quais tipos de conversas você deve entrar. Evite polêmicas e discussões políticas, aquelas onde não há certo ou errado, em que as pessoas ficarão apenas debatendo  pontos de vistas diferentes.

Procure fazer parte de discussões agregadoras, principalmente as que tiverem relação com o seu nicho de mercado ou área de atuação. Assim, sempre que possível, conte uma experiência, dê uma dica, mostre como enfrenta determinado problema, contribuindo de maneira positiva.

  • Seja autêntico

Não adianta tentar ser o que você não é! Então, mostre a sua realidade, fale sobre você de maneira autêntica. Não invente histórias que nunca existiram. Lembre-se de que a mentira tem perna curta e pode ser desastrosa para qualquer marca pessoal ou negócio.

  • Mantenha-se informado com notícias confiáveis

Esse é um dos grandes problemas hoje em dia. Temos muita informação, porém nem todas são de fontes confiáveis. Por isso, tente sempre evitar publicações que só levantam polêmica, citam opiniões ou informações sem comprovação.

Desconfie de tudo e, se possível, pesquise para saber se determinada informação é realmente verdadeira, faça o double check antes de compartilhar informação.

Instagram

O Instagram é uma rede bastante visual, ótima pra quem compartilha conteúdos em fotos e vídeos. Recentemente a plataforma anunciou que ultrapassou a marca de 1 bilhão de usuários ativos!

Por isso, cada vez mais marcas apostam nela: seu alcance é enorme, com bastante engajamento entre os usuários. O que facilita, inclusive, estratégias que utilizem a figura de influenciadores.

Os próprios usuários da rede consideram que esta é a principal plataforma que usam para acompanhar seus influencers e causas que eles apoiam.

Portanto, veja algumas dicas para que você mantenha uma boa comunicação em tempo de crise na rede social!

  • Ouça e reconheça as dores do seu público

Não adianta sair postando de qualquer forma. É importante que você saiba quais as dores do seu público e poste coisas que ajudem a resolve-la. Ao fazer isso você evita trabalho sem resultado e ainda cria uma relação de confiança com seus seguidores.

  • Apareça nos Stories todos os dias

Os Stories do Instagram são cada vez mais acessados e possuem grande alcance e interação. Por isso, apareça todos os dias. Entenda quais os melhores horários para postar e que tipo de conteúdo seu seguidor gosta.

Para isso você precisará dedicar seu tempo analisando comportamento do seu público e realizando testes de formatos de publicações, como vídeos, imagens, enquetes, filtros, vlogs, entre outros, para entender o que é mais interessante e gera mais engajamento com a sua audiência.

  • Crie seu próprio conteúdo

Não fique só postando coisas de outras páginas ou conteúdo genérico. Aposte na produção de conteúdo próprio. Mostre seu produto ou serviço, seu local de trabalho, sua equipe, aprenda a criar fotos e vídeos originais e inéditos.

  • Compartilhe o UGC (Conteúdo gerado pelo usuário)

Se um seguidor criou algum conteúdo e marcou sua empresa, mostre que você viu, compartilhe também, agradeça, dê voz. Isso ajuda a mostrar a outros seguidores que você se importa com o que eles têm a dizer e aumenta o envolvimento dos usuários com a sua marca.

  • Faça lives com conteúdo útil

Se você tem algum assunto que pode ser útil aos seus seguidores, aproveite para fazer as transmissões ao vivo. O recurso ganhou mais força neste período de isolamento social e além de estreitar laços com os seguidores é uma ótima estratégia para aumentar o alcance orgânico na plataforma.

Facebook

O Facebook continua sendo a maior rede social do mundo. São 1,66 bilhão de usuários ativos diariamente e 2,55 bilhões por mês. Não dá para negar o potencial desse canal, portanto estar lá ainda continua sendo bom negócio. As dicas a seguir, inclusive, podem te ajudar neste momento de comunicação em tempo de crise. Confira!

  • Mantenha as pessoas informadas

O Facebook é uma rede que permite que você insira mais dados, textos, links e vídeos. Muitas pessoas buscam informação por lá. Por isso, compartilhar informações relacionadas a saúde, notícias e outras postagens de fontes confiáveis, é uma boa opção para informar o seu público com segurança.

  • Incentive ações positivas como o Desafio #SafeHands da OMS

Dê espaço para iniciativas que enalteçam ações positivas, como por exemplo, o Desafio #SafeHands realizado por diversos artistas do mundo todo que consiste em gravar um vídeo mostrando a importância da higienização das mãos.

Você pode usar o desafio e incentivar a ação positiva com a participação dos colaboradores da sua equipe, pedindo que eles gravem um vídeo mostrando como lavam as mãos em suas casas para compartilhar com os fãs, desta forma humanizando a marca.

  • Use a moldura #FiqueEmCasa na sua foto de perfil

Mostre ao mundo que a marca está apoiando ações de combate ao coronavírus utilizando a moldura #FiqueEmCasa na sua foto de perfil ou até mesmo na imagem da sua Fanpage.

Twitter

O microblog continua super relevante e com um público fiel que deseja se manter informado sobre os assuntos do momento. Sua capacidade de viralizar conteúdos pode ser uma aliada a comunicação em tempos de crise para muitas marcas.

Para ajudar negócios que desejam melhorar sua comunicação em tempos de crise, o Twitter sugeriu quatro pilares para se basear. Confira!

  • Informe;
  • Conecte;
  • Entretenha;
  • Ajude.

Você já está se comunicando com o seu público por meio desse canal? Seus posts se encaixam em uma dessas categorias?

Se a sua resposta for negativa, saiba que é importante adaptar o seu conteúdo nesses parâmetros para manter contato com o público de maneira mais abrangente, aumentando o alcance das suas publicações.

Portanto, seus tweets devem seguir um desses pilares para que tenham capacidade de atingir mais pessoas e, claro, sirvam como apoio neste momento de crise causada pela Covid-19.

Pinterest

O Pinterest é a rede social onde as pessoas buscam ideias e inspirações. Em muitos casos, elas ficam a um clique de algo interessante que estavam procurando e acabam comprando.

Quer um exemplo? Muitos estão procurando ideias e inspirações para montar ou adaptar o escritório para home-office. Uma marca pode ajudar mostrando imagens, dando dicas, inserindo produtos que podem ser úteis.

Vale também seguir algumas dicas sugeridas pela própria rede social.

  • Compartilhe ideias

É basicamente o que as pessoas buscam lá. Querem imagens que possam dar ideias, Insights e inspiração. Ajude seus seguidores com conteúdos interessantes.

  • Seja honesto e útil

Nem precisamos reiterar a importância de ser honesto, passar informações verdadeiras ou citar fontes quando se copia ou se inspira em algo, né? Então, ajude o seu público postando coisas que podem servir de alguma forma para lidar com as dificuldades durante a cries.

  • Alivie as tensões

Se seu conteúdo for honesto, útil e, de quebra, for leve, descontraído, ele ajudará a aliviar as tensões destes dias difíceis e será um sucesso na certa.

As pessoas se cansam de receber conteúdos densos e informativos 100% do tempo, por isso, investir em publicações mais leves tem seu lado positivo. Claro, dependendo dos seus objetivos de marketing  e sem perder o bom senso.

Agora, que você já sabe como usar as principais redes sociais para se comunicar em tempo de crise, veja também o nosso Guia Covid-19 para negócios, um material completo com dados, Insights, exemplos a serem seguidos, tudo para que você possa se manter firme e forte durante esta turbulência.

Facebook Comments
Quer mais conteúdo como esse? Inscreva-se na nossa Newsletter!

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.

Posts relacionados