5 dicas para produzir as melhores fotos para o Instagram

Fotos para Instagram: imagem de duas mãos segurando um celular tirando foto de uma caixa de doces em cima de uma mesa de madeira.

Embora o formato das fotos para o Instagram seja um pouco diferente daqueles utilizados em outras mídias, os requisitos para produzir boas imagens é praticamente o mesmo.

Pouco importa se você não tem dinheiro para adquirir uma câmera de última geração nem um smartphone caro e poderoso.

A falta de recursos financeiros pode ser substituída, em boa medida, por técnicas de fotografia fáceis de assimilar e muuuuita criatividade! 😜

A imagem é um forte atrativo para as vendas. Se considerarmos as lojas que trabalham exclusivamente no ambiente on-line, elas se tornam ainda mais importantes.

Afinal, o único contato que o cliente terá com o produto até recebê-lo é através delas!

Então, se o feed da loja anda às moscas e você tem achado que suas imagens não são assiiiim uma Brastemp, você veio ao lugar certo.

Reunimos dicas topzêras para te ajudar a produzir as melhores fotos para o Instagram da sua empresa sem ter que vender o carro para comprar uma câmera ou contratar um fotógrafo profissa!

1. Priorize a luz natural

Quem não tem flash fotografa com a luz natural!

A luz do dia oferece condições melhores para fotografar, então, o primeiro passo é evitar ambientes fechados ou mal iluminados. Porém, contudo, entretanto todavia… Nem tudo são flores.

A luz natural também pode acabar pregando uma boa de uma peça nos fotógrafos de primeira viagem.

Tem duas regrinhas básicas nas técnicas fotográficas que você deve dominar se quiser tirar boas fotos: luz e composição.

A luz é talvez a mais importante, pois ela não pode ser corrigida depois – se você pensou nos filtros do Insta para salvar sua foto, sorry. Se tem um amigo que sabe mexer no photoshop, sorry de novo. Pode esquecer!

Então, se mesmo a gente te dando essa superdica, você insistir em fotografar em um ambiente com excesso de luminosidade, vai perder tempo.

A superexposição, como é conhecida pelos fotógrafos, compromete a forma e os detalhes do produto na imagem capturada.

Para evitar que isso aconteça, é possível ajustar alguns parâmetros específicos na câmera do seu telefone.

Isso vale também para fotos muito escuras. Estas, no entanto, podem ser editadas e clareadas com a ajuda de filtros ou software como o Photoshop ou até mesmo o Canva.

2. Teste diferentes ângulos

Aqui é onde você deve aplicar o conceito de composição – a segunda regrinha pra tirar fotos de sucesso!

Há algo a ser fotografado e um espaço limitado para ajeitar o objeto? É com as técnicas de composição que você vai tirar melhor proveito dos ângulos e enquadramento.

Um erro muito comum aos fotógrafos amadores é centralizar os objetos – a carapuça tá servindo aí?

Contudo, nossos olhos reconhecem como mais harmônicas as composições em que o item fotografado fica um pouquiiinho de lado na foto.

Tanto é que existe a chamada “regra dos terços”, já ouviu falar?

Essa regra diz que você deve posicionar o objeto ou foco principal da foto em dois terços dela – isto é, deve escolher um lado para colocá-lo-, deixando o outro terço livre.

Fora isso, tire muitas fotos de ângulos variados do produto para ter opções de escolha quando for postar. É como se você estivesse observando o item de formas diferentes, mas nesse caso, fotografando.

Teste de um lado, do outro, de cima para baixo, o inverso, levemente inclinado. etc.

3. Crie seus próprios cenários ao fundo

Você pode criar cenários artificiais com panos de cores neutras, utilizar texturas, cores contrastantes… O importante é não negligenciar essa dica ou achar que isso é bobeira.

Poucas coisas prejudicam mais a foto de um produto que colocá-lo sobre uma superfície irregular, desagradável visualmente ou que não permita ao cliente ver com clareza o item.

Um bom fundo também não deve competir com a a foto. Portanto, ele deve ser simples e sem excesso de informações visuais ou firulas. Menos é mais!

A nossa recomendação é que você mantenha um espaço na sua loja ou até mesmo na sua casa, se a iluminação for melhor, para esse trabalho.

Afinal, ter que montar e desmontar o cenário toda vez que chegar um produto novo na loja pode te tomar um booom tempo.

Para que isso não atrase suas postagens, a dica é planejar e fotografar uma boa quantidade de fotos de uma só vez.

Por exemplo, você pode deixar uma mesa com um tripé montado (aquele acessório com uma base de três “perninhas” que você coloca a câmera para não tremer a foto e que tem para vender em qualquer lojinha de rua).

Ao fotografar, vai ter apenas o trabalho de encaixar o smartphone no tripé, trocar a cor do tecido que vai servir como fundo e criar uma boa composição para a imagem. 😉

4. Encontre boas locações

Locação é o nome chique que os fotógrafos dão para o lugar que as fotos serão tiradas.

Um bom exemplo para você entender o valor da locação são as fotografias de moda.

Como boa prática, é sugerido que elas sejam mais humanizadas do que simplesmente “capturar a imagem da peça”.

Ou seja: você vai gerar menos interesse dos clientes em potencial para camisas, saias e blusas, por exemplo, se não houver um/uma modelo – que pode ser você, inclusive – usando a peça.

Contudo, é pouco provável que a pessoa que utilizará a peça caiba naquele mesmo local que você reservou para tirar as fotos para a loja, né? hehe

Nesse momento que o cenário, ou locação, entra em jogo.

Ele não deve chamar mais atenção que o produto em si, mas isso não significa que não deva ser escolhido com muuuuito cuidado.

Olha a dica: evite locações conhecidas da sua cidade para que não chamem a atenção do público. Procure paisagens neutras e sem excesso de informações visuais, como falamos no último tópico.

Evite, ainda, paredes com texturas muito desiguais ou formas geométricas acentuadas, pois elas acabarão “brigando” com o seu produto – que obviamente deve ser o foco na imagem!

Há maneiras muito criativas de adequar a locação ao objeto a ser fotografado.

Uma delas para lojas de roupas, por exemplo, é a escolha de um cenário com cores complementares às peças fotografadas.

Isso garante harmonia entre os tons escolhidos, mas vai exigir um tempinho da sua parte pesquisando sobre as paletas cromáticas (outro nome chique, agora para falar das cores que combinam😜).

5. Crie contexto nas fotos para o Instagram

Esta última dica não está diretamente relacionada às fotos que você vai tirar, mas ela é talvez a mais valiosa.

Um perfil do Instagram com fotos interessantes é, antes de tudo, aquele que cria contexto para essas imagens.

Para os seus seguidores e potenciais compradores, vasculhar um perfil e ver zilhões de fotos dos seus produtos é muito chato.

É claro que eles querem saber o que você vende, mas também o porquê de vender, assim como entender a sua marca em um contexto mais amplo.

Ou seja, é importante alternar fotografias de produto que você vende com imagens que apresentem as ideias e ideais da sua empresa. Que valorize o seu posicionamento.

Considerando o exemplo de uma loja de roupas, você pode compartilhar conteúdo que eduque sobre como utilizar as peças criando looks incríveis, depoimentos positivos de consumidores, fotos de clientes usando as roupas e itens que você vende, bastidores da loja, etc.

Essa dica abre espaço, ainda, para outros tipos de conteúdo com uma pegada mais publicitária ou informativa, como posts sobre datas comemorativas, promoções e avisos sobre dias e horários de funcionamento.

São ideias como essas que tornam mais fácil promover o seu Instagram, já que o conteúdo cativa quem entra em contato com ele, dando bons motivos para as pessoas permanecerem seguindo o seu perfil.

Tanto nas fotos de produto quanto em outros tipos de postagens, as imagens são o carro-chefe.

Elas podem ser simples e feitas com smartphones modestos, mas deve haver um cuidado na sua preparação e na escolha dos elementos que vão compor cada registro.

A lógica por trás de boas fotos para o Instagram é simples: você não precisa de gastos astronômicos com equipamentos, estúdio e iluminação desde que abuse da criatividade, pesquisa e muito treino!

Quer ter algumas ideias de conteúdo diferente para postar e, principalmente, formas de organizá-los? Se liga na nossa aula de planejamento de conteúdo! Ela é gratuita e está cheia de dicar para te ajudar!

Facebook Comments
Gestão de redes sociais Entenda por que a mLabs é a ferramenta de gerenciamento de redes sociais escolhida por mais de 120 mil marcas!