Como fidelizar alunos na escola através da análise de dados?

Como fidelizar alunos na escola: imagem de uma sala de aula com vários alunos sentados estudando e uma aluna em pé segurando o material

Para saber como fidelizar alunos na escola é preciso analisar várias questões da área da edução, como  qualidade de ensino, apoio aos estudantes e familiares, resultados das estratégias usadas anteriormente, entre outras.

Todos esses dados são fundamentais para que você possa dar o próximo passo em busca do aperfeiçoamento das suas estratégias de marketing e até mesmo da instituição como um todo.

A partir desse estudo poderão ser feitas melhorias no sistema de ensino migrando para um mais moderno – se for o caso, na capacitação dos professores, na grade curricular e no material didático.

Isso sem falar das atividades extracurriculares que possuem um peso muito grande na tomada de decisões de muitos pais de alunos.

Então, fique com a gente e veja como usar esses dados tão importantes para criar estratégias de comunicação certeiras que vão fidelizar alunos na sua escola. Olhos nos números e mãos à obra!

Por que as escolas devem se basear em dados para desenvolver ações de fidelização?

Se tem uma coisa que muitas instituições de ensino não têm é tempo e orçamento para gastar com ações de marketing duvidosas, que não passam garantia de retorno.

Então, não dá pra criar uma nova campanha, precificar um serviço ou contratar um profissional de última hora sem planejar os objetivos e metas a serem atingidas.

Ao analisar os resultados do semestre, a taxa de retenção de alunos e comparar o volume de matrículas por período é possível ter Insights para melhorar os processos já existentes e, até mesmo, ganhar a adesão dos professores.

Tá, tudo bem, a gente sabe que isso também leva tempo. No entanto, será um tempo melhor aproveitado para criar ações com foco na fidelização de alunos de maneira mais estratégica.

Parece bobagem, mas analisando os dados previamente você terá mais tempo produtivo na sua rotina e facilidade para tomar decisões.

Como obter informações relevantes por meio dos dados?

Você sabe qual é o tempo médio que um aluno fica com você? Se não sabe, fica aí o seu dever de casa. Descubra esse dado e quando o próximo ano chegar, compare as taxas dos dois períodos.

Por meio dessa estratégia você pode avaliar as ações que tomou para evitar a evasão e saber se elas realmente deram certo. Invista em ações como essa para gastar seu orçamento de maneira objetiva, sem precisar fazer inúmeras tentativas.

Abaixo, damos outras dicas para que você incorpore a análise de dados à sua rotina. De quebra, você vai ver como fidelizar alunos na escola.

Utilize uma ferramenta adequada

Se, ao pensar em análise de dados, você se imaginou criando planilhas e mais planilhas em um computador, é melhor saber que não as coisas não funcionam bem assim.

Não dá pra querer gerar dados em tempo real sem ter uma ferramenta topzêra que faça isso automaticamente!

A sua tarefa não é buscar todos esses números, mas analisá-los, é sempre bom ter isso em mente. Deixe a tecnologia fazer a parte chata do trabalho e se concentre nas decisões mais importantes.

Para isso, use um bom software de CRM (Customer Relashionship Management) para lidar com os alunos, um ERP (Enterprise Resource Planning) para ter o controle e gestão da escola como um todo e também ferramentas de marketing digital, para disparar e-mails e realizar outras tarefas.

Gaste um tempo na Internet fazendo uma boa pesquisa sobre ferramentas desse nicho. Você será recompensado com super economia de tempo!

Invista em tecnologia

A receita do bolo é usar programas que gerem não só os dados para você, mas relatórios fáceis de serem compreendidos. Pense nas suas redes sociais que são ferramentas essenciais para a sua taxa de retenção, como vamos explicar adiante.

Ninguém quer pagar uma pessoa apenas para verificar os comentários e interações de uma página no Facebook o dia inteiro. Você precisa que isso esteja à disposição automaticamente, com uns poucos cliques para que essa pessoa consiga realizar mais atividades.

Se investir em uma ferramenta de monitoramento parece desnecessário para você, é porque você não avaliou a economia de tempo que ela pode trazer para a rotina do colaborador.

Adote ações de marketing e aprenda como fidelizar alunos na escola

As estratégias de marketing devem ser muito bem pensadas e planejadas, afinal, você não pode ficar postando campanhas ao Deus-dará. É preciso traçar se planejar para isso.

Faça um teste, pergunte para você mesmo onde você pretende chegar, defina um objetivo para sua campanha e depois crie ações para atingi-lo. Parece complicado, mas se você enxerga o fim do caminho antes de começar a andar, as coisas fazem mais sentido.

Depois de definir o objetivo da campanha, crie a persona que você procura encontrar nas redes sociais. Você consegue defini-la com base nos seus clientes atuais com ou base em pesquisa de campo.

Com o objetivo da campanha definido, a persona criada, o próximo passo é definir a linha de comunicação que você terá com o púbico. Nesse momento, é importante atrelar a comunicação com as características da instituição. Ela é amigável? Social? Sábia? Brincalhona? Séria? Responda a essas perguntas antes de iniciar a campanha.

A partir daí é só escolher as rede sociais a serem utilizados, desenvolver o seu conteúdo, testar, monitorar e otimizar as ações ao longo do período que a campanha estará online.

Marque presença nas redes sociais

Para desenvolver ações assertivas nas redes sociais você precisa, antes de mais nada, ter um calendário editorial para organizar sua demanda e principalmente para não perder nenhuma data importante, como férias escolares, dia as crianças, meses de rematrículas, entre outros.

Um bom começo para o seu nicho é criar e explorar os grupos do Facebook para discutir os tópicos de educação, duvidas dos pais de alunos, divulgar informações sobre a instituição em primeira mão.

O resultado dessas ações é que você cria proximidade e fortalece conexões com os alunos, e a experiência do aprendizado vira uma coisa mais real e presente na vida deles.

Lembre-se tomar decisão para fidelizar alunos não significa se livrar do problema nem perder noites de sono, e sim estudar a melhor maneira de trazer resultados positivos. E, fazer isso com base em números, conhecendo a sua performance e buscando otimizar ações que deram errado é o caminho para o sucesso!

Agora, que você já sabe como fidelizar alunos na escola, veja também como otimizar as ações de captação de alunos pelas redes sociais!

Facebook Comments
Gestão de redes sociais Entenda por que a mLabs é a ferramenta de gerenciamento de redes sociais escolhida por mais de 120 mil marcas!

Posts relacionados