5 dicas infalíveis para aumentar o seu alcance orgânico no Facebook

Alcance orgânico no Facebook: imagem de uma pessoa mexendo no Facebook pelo celular

Que o alcance orgânico no Facebook está reduzindo com o passar dos anos, você já percebeu, né?

Agora, como contornar essa realidade e atingir o maior número de pessoas possível nessa rede social é o pulo do gato que todo social media precisa saber.

Antes, quanto maior fosse o número de seguidores da sua Fanpage, maior seria a entrega do seu post, sem nenhum custo. Porém, o algoritmo do Facebook foi se adaptando para lucrar mais com anúncios melhorar a experiência dos usuários e essa relação – números de fãs x alcance – deixou de ser uma regra.

Mas estudando o algoritmo e conhecendo as boas práticas para essa rede social, você conseguirá ter um bom resultado com posts orgânicos na plataforma. Aqui, sem ilusão, tá: não será mais como antigamente, aquela festa open bar. Mas, você certamente terá mais do que míseros 1% de base alcançados.

Por isso, neste post, vamos mostrar que sim, é possível aumentar o seu alcance orgânico no Facebook usando as estratégias de comunicação certas. Acompanhe!

Alcance pago x Alcance orgânico no Facebook

Antes de começar, é importante lembrar que a métrica de alcance no Facebook é definida pela quantidade de pessoas alcançadas pelo post ou página.

E ela é composta por dois tipos de alcance:

  • o alcance orgânico, que contabiliza todos os usuários alcançados de forma espontânea, ou seja, sem nenhum investimento financeiro;
  • o alcance pago, que contabiliza os usuários alcançados a através de mídia paga (impulsionamentos e Dark Posts).

Ok. Você já sabe o que é o alcance do Facebook. Mas, como aumentar, especificamente, o alcance orgânico? A verdade é que diversos fatores influenciam na performance dos posts orgânicos dentro do Facebook. Então, é importante entender quais tipos de post geram mais engajamento (sim, quanto maior o engajamento, maior o alcance orgânico) e, claro, apostar em estratégias de marketing certeiras para ter resultados positivos nessa rede social.

Como aumentar seu alcance orgânico no Face?

Agora que você já conheceu a diferença entre o alcance orgânico e o pago, vamos mostrar 5 dicas que te ajudarão a aumentar o alcance orgânico nessa rede social.

1.  Interaja, se possível, em tempo real

O Facebook ama conversas porque as pessoas amam conversas. Posts que desembocam em boas – e longas – conversas são muito bem vistos pela rede social e, claro, têm seu alcance orgânico ampliado.

Na prática, o algoritmo do Facebook entende que, quanto mais interações, maior o engajamento e, maior a relevância do post.

Se uma marca interage com cada comentário que recebe, suas chances de gerar uma conversa com o usuário que comentou são altíssimas. E, elas aumentam ainda mais se você puder fazer isso em tempo real. Ou seja: responder, curtir e interagir com cada comentário na hora em que ele acontece. As chances do usuário estar online neste momento são altíssimas!

Mas, não basta dar um like ou um comentário com emojis. Sempre que fizer sentido, estimule uma conversa. Faça uma pergunta, marque um usuário em outro comentário, peça uma sugestão, enfim: converse.

Uma marca que dá show de interação no Facebook é a Netflix, veja como ela interage com seus fãs estimulando a conversa de uma maneira natural.

netflix-0

2. Invista em conteúdo visual

É quase impossível pensar em um bom marketing de conteúdo sem vídeos ou outros conteúdos visualmente atraentes, certo?

O visual dos seus conteúdos é a primeira – e única – chance de parar o dedo do scroll do usuário. Então, acredite: você precisa chamar a atenção.

Dedique tempo e esforços para criar imagens e vídeos que farão qualquer usuário parar para ler o que você tem a dizer. Se o conteúdo for com, o engajamento vem e, claro, o alcance orgânico também.

Mas não se esqueça de que o Facebook tem regras de tamanhos das postagens. Por exemplo, uma publicação horizontal deve ter 1200 x 630 px. Já os vídeos devem ter no máximo 120 minutos de duração e não podem ultrapassar 40 GB.

Além disso, vale mais uma dica: hospede seu vídeo no próprio Facebook.  Além terem mais peso para o algoritmo da rede social, vídeos nativos (e que não levam para outra página, fora do Facebook) têm play automático, fato que chama ainda mais a atenção do usuário.

A Lay’s, por exemplo, é uma das marcas que utiliza os recursos de imagem e vídeo de maneira genial, é fácil encontrá-los, quase todo dia, no Facebook.

3. Poste nos melhores dias e horários para a sua audiência

Os primeiros minutos de um post são decisivos para alcançar mais pessoas organicamente. O algoritmo do Facebook entende que quanto mais pessoas engajam com seu conteúdo organicamente nos primeiros instantes, mais pessoas precisam ser impactadas por ele.

Se nos primeiros minutos o seu post não tem uma quantidade significativa de interações, o seu post é entendido com menor relevância e, por isso, será mostrado para menos pessoas.

Por isso, é importante testar em qual dia e horário o seu post tem maior potencial de alcance e engajamento. Nós da mLabs, recomendamos que você faça vários posts em horários diferentes durante um período de teste, para extrair os dados e analisar a sua realidade, antes de criar seu calendário editorial.

Para acertar nessa dica, acompanhe os Insights da mLabs. No gráfico de melhores dias e horários para postar, a ferramenta já te mostra alguns picos de horário.

alcance-organico-no-facebook-mlabs4

Logo abaixo dele, a mLabs te dá o melhor dia e horário. Tudo calculado de acordo com o comportamento do seu público.

alcance-organico-no-facebook-mlabs5

4. Faça lives no Facebook

Quem não gosta de acompanhar as novidades em tempo real? Talvez você esteja pensando que não há motivos, razões ou conteúdos para fazer uma live no Facebook.

Mas pare e pense: por que não mostrar como é o dia a dia de uma empresa? Quem sabe uma ação de endomarketing para engajar o time, ou até mesmo mostrar o desenvolvimento e evolução de um novo produto?

Por mais simples que pareça, esse tipo de ação de marketing gera uma aproximação do usuário, o que, consequentemente, indica para o EdgeRank o nível de relevância conquistado junto ao público.

Um caso de sucesso dessa técnica foi o vídeo ao vivo que o BuzzFeed fez, a marca gravou um experimento em tempo real, em que explodia uma melancia usando elásticos de borracha.

O vídeo estendido atraiu espectadores não por causa do conteúdo, mas por causa do desfecho pelo qual todos aguardavam ao final.

5. Teste seus conteúdos

Não é novidade que a relevância é essencial para o conteúdo, existem conteúdos que conquistam a audiência, assim como existem conteúdos que perdem. É a lei natural.

Por isso, analise o desempenho o de suas postagens e faça testes. Veja quais delas tiveram melhor desempenho e faça uma análise do post. Qual era o tema abordado? Qual foi o horário da publicação? Foi uma imagem ou um vídeo? Havia algum Call to Action? Você usou emojis na legenda? Fez alguma pergunta?

A partir do momento em que você identificar o que conecta a marca ao seu público, use dessas informações para continuar garantindo o sucesso orgânico Facebook.

Para obter informações precisas, a mLabs disponibiliza um gráfico Melhores Conteúdos,  com insights relevantes de posts por interação.

alcance-organico-no-facebook-mlabs

alcance-organico-no-facebook-mlabs2

alcance-organico-no-facebook-mlabs3

Agora que você já viu algumas dicas de como é possível melhorar o alcance orgânico no Facebook, curta a nossa página por lá e fique por dentro das novidades sobre como melhorar seus desempenhos nas mídias digitais!

Facebook Comments
Gestão de redes sociais Entenda por que a mLabs é a ferramenta de gerenciamento de redes sociais escolhida por mais de 30 mil marcas brasileiras!

Posts relacionados