EdgeRank: o que é e como utilizá-lo ao seu favor?

edgerank

Se você trabalha com marketing digital, já deve ter estudado alguma coisa sobre os algoritmos das redes sociais. E o Facebook também tem o seu! O EdgeRank é o algoritmo que determina como os posts de uma Página alcançarão os usuários do Facebook.

Por trás desse algoritmo que define o que você vê na timeline, tem uma lógica e inteligência expressa por números. Entender o que é o EdgeRank e como ele funciona pode te ajudar a moldar sua estratégia no Facebook de forma a usar o algoritmo a seu favor.

Em uma tradução literal, EdgeRank significa ranqueamento de borda. Mas essa tradução não serve pra esclarecer muita coisa, né?

Fique tranquilo, porque este post vamos explicar exatamente o que significa esse conceito e de que forma ele interfere na sua estratégia.

Além disso, mostraremos como o cálculo do EdgeRank é feito (olha as fórmulas matemáticas aí!) e de que forma potencializar seus resultados. 

O que é EdgeRank?

O feed de notícias do Facebook é alimentado por meio das definições de um algoritmo. Quando analisamos uma Fan Page, esse índice define qual alcance as publicações terão a partir do histórico de conteúdo publicado — esse é o EdgeRank.

É ele que delimita os critérios de avaliação das publicações e seu impacto sobre a audiência. Portanto, esse algoritmo também tem o poder de indicar o que será exibido ou não na timeline dos seguidores.

Nesse momento, você deve estar pensando: “então, é o EdgeRank que atrapalha a minha estratégia de marketing?”. Basicamente, sim. #sinceridade

Quando você posta uma atualização de status e ela não chega à maioria dos seus fãs, é exatamente esse indicador que prejudica seus resultados.

Aliás, uma pesquisa mostra que apenas 12% dos usuários que curtiram uma fan page recebem as atualizações de status feitas. Nós vamos além, acreditamos que menos de 3% da nossa base de seguidores é alcançada organicamente no Facebook.

Achou muito pouco? Então, além de investir em Facebook Ads, é preciso saber usar o algoritmo a seu favor. 

Como o EdgeRank do Facebook é calculado?

Ver a fórmula do indicador de ranqueamento dá a impressão de que é impossível lidar com ela. Mas é mais fácil do que parece. Veja:

EdgeRank Facebook

Como você pode perceber, o indicador considera 3 fatores:

Afinidade

É o total de interações que cada post recebe. Podem ser curtidas, comentários e visualizações.

A partir dessa informação, o EdgeRank determina que as pessoas que interagem com a sua Página têm uma chance maior de ver sua mensagem na timeline.

Relevância

Determina o peso de cada conteúdo publicado.

De modo geral, fotos e vídeos são mais relevantes que links e textos. Isso acontece porque os formatos são mais interativos. Com isso, há uma chance maior de serem divulgados para os seguidores.

Assim, mesmo que um conteúdo tenha pouca relevância em um primeiro momento, quanto mais interações tiver, mais aparecerá para os usuários.

Tempo de publicação

Define que posts recentes têm mais peso. O propósito é garantir mensagens atualizadas.

Ok. Você já entendeu o que cada variável do calculo do EdgeRank significa. Mas, muito mais importante do que entender toda a parte técnica por trás do algoritmo, é entender a mensagem por trás dele:

O Facebook quer que as páginas criem conteúdos incríveis, originais, relevantes e com constância!

A experiência dos usuários do Facebook com seu conteúdo é peça-chave aqui. Sabendo disso, você pode começar a moldar seus conteúdos para ter mais resultados orgânicos.

Como melhorar o EdgeRank?

A partir de agora, vamos te dar algumas dicas prática de como utilizar o EdgeRank do Facebook ao seu favor. 

Opte por conteúdos de peso maior

Usar fotos e vídeos é mais interessante que apenas links e textos.

O ideal é equilibrar as publicações e trabalhar todos os formatos — e mais de um deles ao mesmo tempo.

Essa atividade aumenta a chance de receber interações e, por consequência, de fazer o post chegar a um número maior de pessoas. Aqui lembre-se de que seu conteúdo sempre deve ser interessante para os seguidores da Fan Page. Então, trabalhe esses dois aspectos, ok?

Aposte nas publicações que incentivem o engajamento

Aumentar o EdgeRank depende diretamente do engajamento dos usuários que curtiram sua página.

Por isso, nunca poste um conteúdo apenas para preencher espaço. O ideal é pesquisar e criar um calendário de posts com foco nos tipos de conteúdo que mais geram engajamento no Facebook.

Estimule a interação

Adotar o CTA é indispensável, inclusive nos posts do Facebook.

Uma boa maneira de colocar essa ideia em prática é fazendo perguntas. Você pode pedir opinião, questionar sobre as preferências dos usuários, inserir um quiz, implementar um desafio e o que mais sua criatividade deixar.

Escolha os melhores horários para publicar

Sabe aqueles horários em que os seguidores da sua página estão mais ligados? Eles são os melhores para publicar.

Uma boa maneira de descobrir quais são eles é verificar no relatório de posts por dia e hora da mLabs. O mais legal desse relatório é que ele te dá dados de acordo com o comportamento da sua audiência, e não algo genérico.

media interações gráfico mlabs

Pela ferramenta, você também pode saber o melhor dia e horário da semana para postar.

melhor dia e hora para postar gráfico mLabs

Assim, você conhece os melhores horários e ainda tem a chance de agendar as postagens, para evitar esquecimentos. 

Mas, se você ainda não usa a mlabs, também pode ter algumas pistas pelo Facebook Insights.

Publique com frequência

Equilibrar a quantidade de posts publicados é fundamental.

Se forem muitos, os usuários podem se irritar com o volume e deixar de seguir a página. Se forem poucos, suas chances de ser relevante pelo critério de cronologia serão menores.

Para descobrir a frequência ideal das páginas que você gerencia, o ideal é fazer testes. Se você posta uma vez por semana, aumente para duas e analise os resultados orgânicos. E vá fazendo isso até perceber uma queda significativa. Esta provavelmente será sua melhor frequência.

Mas, nunca se esqueça: poste conteúdos relevantes e nativos! Caso contrário, seus resultados poderão cair pela baixa qualidade do conteúdo, e não porque você encontrou a melhor frequência. 

Promova as publicações

Um post específico pode ser patrocinado. É só clicar no botão “Impulsionar publicação”.

Nesse caso, você vai pagar para aumentar o alcance do conteúdo.

No entanto, é também uma forma de atingir mais pessoas e incentivar a interação. Aumentando o engajamento geral com o conteúdo da sua página, seus posts tenderão a ter um desempenho orgânico melhor.

Ou seja, pago e orgânico andam juntos sempre! 

Como você viu, entender o EdgeRank é fundamental para otimizar seus resultados no Facebook.  Se você ainda está começando no assunto, tenho certeza que essas dicas práticas vão te ajudar a chegar lá! E, se você quer usar os gráficos da mLabs para te ajudar na estratégia, faça um teste gratuito agora mesmo!

Facebook Comments
Gestão de redes sociais Entenda por que a mLabs é a ferramenta de gerenciamento de redes sociais escolhida por mais de 30 mil marcas brasileiras!