10 relatórios do Google Analytics para acompanhar o seu desempenho online

Relatório Google Analytics: imagem da tela de um computador com gráficos do Google Analytics. Ao fundo, há uma xícara e um celular.

Você já deve saber que uma boa estratégia de marketing digital precisa ser baseada em dados.  

Nesse sentido, o Google Analytics é uma ferramenta muito rica, capaz de revelar todas as informações sobre o desempenho de um site e sobre o comportamento que os usuários têm dentro dele.  

Mas, em meio a tantas informações e gráficos, às vezes, fica difícil saber quais dados são realmente importantes de serem acompanhados.  

Para te ajudar a tomar decisões mais estratégicas, o post de hoje traz 10 relatórios do Google Analytics que não podem ficar de fora das suas análises! 

imagem de um banner publicitário com chamada para testar função de relatórios personalizados da mLabs

1. Relatório de Aquisição de Tráfego

Acompanhar este relatório deve estar na sua lista de prioridades. Afinal, com ele é possível identificar de onde vem o seu tráfego, ou seja, a partir de qual fonte os visitantes chegam no site. 

A análise desses dados é estratégica porque você vai entender quais canais (redes sociaismídia paga, busca orgânica, links externos etc.) estão sendo realmente úteis e levando visitantes às suas páginas.  

A partir dessas informações, você consegue planejar novas estratégias de atração e direcionar o seu investimento de marketing para os canais que dão mais retorno.  

Para acessar o relatório, clique em Aquisição > Visão geral, dentro do Google Analytics. 

Relatório Google Analytics: print de tela do relatório de aquisição de tráfego. Na imagem, há um gráfico de pizza e dois gráficos de linha.

2. Relatório de Taxa de rejeição vs. de Taxa de saída 

taxa de rejeição é uma métrica que permite identificar o percentual de visitantes que entraram em uma página e saíramsem realizar alguma ação. 

Já a taxa de saída mostra a porcentagem de vezes em que determinada página foi a última a ser visitada, antes que o usuário deixasse o site definitivamente. 

No relatório de Taxa de rejeição x Taxa de saída, você visualiza informações sobre cada página do site e consegue identificar conteúdos com baixo engajamento ou páginas que apresentam problemas na experiência do usuário. 

Para acessar o relatório, clique em Comportamento > Conteúdo do site > Todas as páginas, vá até a aba Explorador e selecione “taxa de rejeição” e “porcentagem de saída”. 

Relatório Google Analytics: print de tela do relatório de taxa de rejeição x taxa de saída. Na imagem, há um gráfico de linha.

3. Relatório de Análise de Coorte  

O relatório de Análise de Coorte mostra o percentual de visitantes que retornam ao site ou blog ao longo de determinado período.  

Esses dados são valiosos porque permitem identificar, por exemplo, o número de vezes (em média) que os usuários visitam uma página antes de concluir a compra em um e-commerce. 

Com base nesses dados, você consegue realizar testes e propor melhorias nas páginas dos principais produtos, além de planejar ações de marketing mais acertadas considerando a jornada de compra dos consumidores. 

A Análise de Coorte também pode dar insights sobre a relação entre visitas novas e recorrentes de um blog, sendo possível analisar se a página está, de fato, mostrando valor aos leitores e fazendo com que eles voltem. 

Para acessar o relatório de Análise de Coorte, vá em Público-alvo > Análise de Coorte. 

Relatório Google Analytics: print de tela do relatório de análise de coorte. Na imagem, há um gráfico de linha e, abaixo dele, gráficos em barra na cor azul que mostram o retorno de visitantes ao longo dos dias.

4. Relatório de Páginas de Entrada 

Este relatório mostra por quais páginas os usuários chegam quando acessam o site. Com ele, você pode entender como as pessoas interagem com o site e ter acesso a insights muito úteis. 

Imagine, por exemplo, que muitas pessoas entram no seu site a partir de um link compartilhado nas redes sociais, mas a maioria não realiza nenhuma ação. 

A partir deste relatório, você pode fazer melhorias nas páginas de entrada que apresentam uma alta taxa de rejeição para torná-las mais atrativas, ou entender se a chamada usada nas redes sociais está de acordo com o conteúdo da página de destino. 

Quando uma CTA (chamada para ação) apresenta informações incoerentes com a página de destino, os usuários tendem a abandonar a página. Pense nisso na hora de escrever a CTA, afinal, você não quer que os seus visitantes se sintam enganados, né? 

Para acessar esses dados, clique em Comportamento > Conteúdo do site > Páginas de destino. 

Relatório Google Analytics: print de tela do relatório de páginas de entrada. Na imagem, há uma tabela que mostra a relação entre as páginas de destino e outras informações importantes, como conversões, sessões, taxa de rejeição etc.

5. Relatório Google Analytics de Conversões Assistidas 

Este relatório mostra todos os canais que ajudaram a gerar alguma conversão no site. Acompanhá-lo é essencial para entender a contribuição de cada canal (blog, e-mail, redes sociais, mídia paga etc.) dentro da estratégia de marketing digital.  

Por exemplo, imagine que sua empresa está muito ativa nas redes sociais e um alto investimento é feito em campanhas de mídia paga para aumentar as conversões no site.  

É fundamental entender se as redes sociais estão, de fato, contribuindo para gerar lucro para sua empresa. Assim, você sabe onde concentrar seus esforços e quais canais estão te ajudando a faturar. 

Acesse o relatório em Conversões > Funis Multicanal > Conversões Assistidas. 

Relatório Google Analytics: print de tela do relatório de conversões assistidas. Na imagem, aparece um quadro com diversos canais (rede social, e-mail, mídia paga etc) e a porcentagem de conversões que cada um deles gerou.

6. Relatório de Desempenho Mobile 

A experiência dos usuários é tão importante que o Google passou a penalizar sites não adaptados para dispositivos móveis. Por isso, acompanhar o relatório de Desempenho Mobile é fundamental. 

Com ele, você pode analisar se o seu site é mobile-friendly, ou seja, otimizado para dispositivos como smartphones e tablets, e em quais pontos é preciso melhorar.  

Ao analisar outras dimensões, como a taxa de rejeição e o tempo médio no site, você consegue identificar se existem falhas e questões que prejudicam a experiência dos usuários nas páginas de dispositivos móveis.  

Para acompanhar este relatório, é só clicar em Público-alvo > Dispositivos móveis > Visão geral. 

Relatório Google Analytics: print de tela do relatório de desempenho mobile. Na imagem, aparece um quadro com o comportamento do usuário em diferentes dispositivos (desktop, mobile e tablet).

7. Relatório sobre Comportamento do Consumidor 

Desenvolvido por Peter Van Klinken, este relatório traz insights sobre o comportamento de visitantes novos e recorrentes de um site. 

Por meio dele, é possível comparar as ações realizadas por esses dois tipos de público e fazer projeções relacionadas ao tráfego, conversões e outros eventos. 

Assim como os próximos itens desta lista, este é um relatório criado por um expert em marketing digital. Ele não está disponível no menu principal do Google Analytics e, para baixá-lo, basta clicar aqui.  

Relatório Google Analytics: print de tela do relatório sobre comportamento do consumidor. Na imagem, há gráficos de linha e um gráfico de pizza que mostra a porcentagem de visitantes novos e que retornam.

8. Relatório de Análise de Palavra-chave  

Por meio desse relatório você consegue descobrir quais são as palavras-chave usadas (pagas e orgânicas) que mais geram receita e tráfego para o site. 

Use-o estrategicamente para analisar os termos que não estão dando resultado, quais estão funcionando e devem continuar sendo trabalhados. Procure também por palavras-chave que levam os usuários a encontrar a marca. 

Essas palavras-chave diretamente ligadas aos termos da marca valem ouro, depois de fazer a sua seleção, aproveite para usá-las nos seus anúncios de redes sociais, em títulos de blog posts e em outros materiais de campanha. 

Acesse aqui para encontrar este relatório do Google Analytics 😉 

Relatório Google Analytics: print de tela do relatório de análise de palavras-chave. Na imagem, há um quadro com a relação entre títulos de páginas, suas respectivas palavras-chave e conversões.

9. Relatório de Eficiência de Conteúdo  

Desenvolvido por Avinash Kaushik, especialista em web analytics, este relatório mostra dados valiosos como: 

  • o conteúdo mais compartilhado pelos usuários; 
  • o tipo de material (vídeos, imagens, infográficos, GIFs) que mais retém a atenção dos visitantes; 
  • o conteúdo que tem o maior potencial de converter leitores em clientes. 

A partir desses dados, é possível entender o tipo de conteúdo que mais funciona para o seu público e investir nos formatos que mais geram engajamento. 

Essas informações são especialmente importantes para marcas que produzem conteúdo para blogs e que têm o objetivo de educar o público-alvo e se tornar autoridade no assunto. 

Você pode acessar uma cópia do relatório aqui. Lembre-se de estar logado na sua conta do Google Analytics

Relatório Google Analytics: print de tela do relatório de eficiência de conteúdo. Na imagem, há um quadro que mostra algumas páginas do site e suas respectivas taxas de rejeição, visualização, tempo médio etc.

10. Relatório de Diagnóstico de Website

Se você procura por melhorias para o desempenho do seu site, como quais páginas demoram a carregar ou têm uma alta taxa de rejeição, você precisa acompanhar o Relatório de Diagnóstico de Website. 

Com as informações extraídas deste diagnóstico, você vai saber quais páginas precisam ser otimizadas e poderá aplicar melhorias que impactem na experiência do usuário no site.  

Tenha em mente que ações simples, como mudar o design de um botão em uma página, podem melhorar a taxa de rejeição e aumentar as conversões. 

Para baixar este relatório, clique neste link

Relatório Google Analytics: print de tela do relatório de diagnóstico de website. Na imagem, há um quadro que mostra algumas páginas do site e suas respectivas taxas de rejeição, visualização e tempo médio de carregamento.

Curtiu conhecer esses modelos de relatório do Google Analytics?  

Acompanhar os dados desses relatórios é fundamental para traçar uma estratégia de marketing digital certeira, baseada em informações reais.  

Siga com a leitura e conheça o Google Tag Manager, uma ferramenta do Google que ajuda a rastrear as ações de marketing digital para entender a origem de tráfego e conversão das suas campanhas online! 

Facebook Comments
Quer mais conteúdo como esse? Inscreva-se na nossa Newsletter!

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.

Posts relacionados