Pesquisar

Descubra como construir um Pacote Social Media que conquiste seu cliente! 

Descubra como construir um Pacote Social Media que conquiste seu cliente! 
Avatar de Raphael Alves

Por

Publicado em

O pacote social media inclui os serviços de gestão de mídias sociais, como criação de post, agendamentos, mídia paga e geração de relatórios. 


Desenvolver um pacote de social media pode ser uma parte indispensável do trabalho de profissionais freelancers e agências. 

Mas os números mostram que ainda são poucos os profissionais que fazem isso de maneira sistemática no contato com novos clientes. 

Segundo a pesquisa “Panorama Profissionais de Social Media no Brasil” da mLabs, 28% dos freelancers e agências não seguem uma lógica de precificação dos serviços

Isso revela que há uma lacuna entre as melhores práticas de precificação do trabalho de social media e a realidade atual do mercado. 

Essa falta de lógica na precificação acaba contribuindo para a subvalorização dos serviços prestados, com profissionais cobrando menos do que deveriam pelo seu trabalho. 

É um cenário difícil que não apenas afeta a renda individual do profissional, mas também desvaloriza o mercado como um todo. 

Então, se você atua na área, aprenda aqui tudo sobre como preparar um pacote de social media, incluindo exemplos, valores e serviços a serem oferecidos. 

O que é um pacote de social media? 

Criar um pacote de social media é uma das formas mais simples de definir o que será executado para o cliente e precificar o trabalho de gestão de mídias sociais. Por um valor único, o cliente pode usufruir de um combo de serviços oferecidos pelo social media

Funciona assim: primeiro, o social media freelancer conversa com o cliente para entender seu público-alvo, seus concorrentes e seus objetivos.  

Com essas informações, ele desenvolve uma estratégia personalizada que inclui a criação e agendamento de posts, mídia paga, interação com seguidores e outros serviços. 

O acordo também envolve estipular um tempo determinado entre as partes para a execução dos serviços oferecidos. 

Por exemplo, uma empresa pode contratar um social media para realizar os serviços de gestão de mídias sociais em seus perfis por um período de 6 meses. 

Em muitos casos, essas e outras condições para o fornecimento dos serviços são registradas formalmente em um contrato de social media.  

O documento permite estabelecer as responsabilidades, o escopo do trabalho, a duração dos serviços e outras cláusulas importantes. Esses detalhes proporcionam clareza sobre o que será realizado e por quanto tempo. 

O que inclui um pacote de social media? 

Dados da pesquisa “Panorama Profissionais de Social Media no Brasil” mostram quais são as atividades mais comuns que um social media considera no combo de serviços. Das quase 10 mil respostas consideradas pela mLabs, os serviços mais comuns foram

O levantamento mostra que as atividades relacionadas ao planejamento, à produção e ao impulsionamento de conteúdo são as maiores demandas da área

Entre as atividades menos prioritárias, estão os serviços de análise de concorrência, benchmarks, monitoramento de menções e análise de sentimento. 

Essas atividades mais analíticas não são tão comuns em pacotes básicos de social media, mas continuam sendo importantes para uma estratégia digital. 

Acompanhar o que as pessoas estão falando sobre a marca pode ajudar a detectar crises em potencial e responder rapidamente para proteger a reputação da empresa. 

Da mesma forma, os benchmarks ajudam a comparar o desempenho das redes sociais de uma marca com o de seus concorrentes diretos. 

Então, o mais importante é construir um pacote de social media personalizado, com os serviços que atendam às necessidades específicas de cada cliente. 

Quanto custa um pacote de social media? 

Segundo o “Panorama Profissionais de Social Media no Brasil”, a maioria dos profissionais (57%) declarou que não cobraria mais de R$ 1.000,00 por um pacote mensal que inclua 12 posts com planejamento, execução, postagens e interação

O relatório da mLabs também mostra que: 

  • 40% dos participantes cobrariam entre R$ 500,00 e R$ 1.000,00 para o pacote mensal; 
  • 20% dos participantes cobrariam entre R$ 1.000,00 e R$ 1.500,00

Olhando para esses números, pode ser que você ainda fique com dúvidas sobre quanto cobrar por um pacote de social media na hora “H”. 

Entenda que o preço final do pacote deve refletir fatores como o seu nível de experiência profissional, a complexidade das estratégias, o tamanho da empresa do cliente e a quantidade de redes sociais a serem gerenciadas. 

O custo também pode ser influenciado pelo nível de personalização e pelos serviços adicionais incluídos, como campanhas de mídia paga, relatórios de desempenho e gestão de crises. 

Exemplos do processo de criação de um pacote de social media 

Para exemplificar tudo que envolve o processo de criação de um pacote de social media, vamos imaginar uma pequena empresa de moda que decide buscar um social media para fortalecer sua presença nas redes sociais e aumentar suas vendas online. 

Esclarecendo os objetivos 

Ao entrar em contato com um social media, a empresa explica que seu principal objetivo é aumentar o engajamento nas redes sociais, especificamente no Instagram e Facebook, e, consequentemente, direcionar mais tráfego para sua loja virtual

Eles também mencionam a necessidade de promover lançamentos de novas coleções e ofertas especiais. 

Elaborando a proposta 

O social media, então, começa a elaborar uma proposta. Ele propõe um pacote de serviços que inclui a criação de um calendário editorial, desenvolvimento de posts e agendamentos, além de monitoramento e respostas a comentários e mensagens diretas.  

Para calcular o custo desse pacote, o social media considera vários fatores.  

Primeiro, ele estima que serão necessárias aproximadamente 20 horas por mês para criar e agendar os posts, além de analisar dados e interagir nas redes sociais. 

Supondo que a tarifa horária do social media seja de R$ 100,00, ele multiplica esse valor pelo número estimado de horas (20 horas), gerando um custo base de R$ 2.000,00 por mês.  

No entanto, ele também adiciona um valor para cobrir o tempo necessário para reuniões mensais de planejamento e qualquer ajuste imprevisto, levando o preço final do pacote para R$ 2.500,00 por mês.

pacote-socia-media-1: tópicos de serviços inclusos no pacote e valor

Ajustando os últimos detalhes 

A empresa avalia o acordo, faz algumas perguntas e sugere pequenas alterações, como a inclusão de algumas campanhas pagas para promover lançamentos específicos.  

O social media ajusta a proposta e apresenta o documento revisado. Após a aprovação final da empresa, ambos assinam um contrato formal, iniciando a parceria. 

Como fazer uma proposta de pacote de social media? 

Separamos tudo que você precisa saber para criar uma proposta de pacote de social media de acordo com as melhores práticas do mercado

1 – Identificar os objetivos que o cliente deseja alcançar 

Uma parte importante da prestação de serviços como social media é saber gerenciar as expectativas do cliente. 

Por isso, o que você precisa fazer em primeiro lugar é buscar compreensão profunda das metas e expectativas do cliente em relação ao uso das redes sociais para seu negócio.  

É importante saber se eles buscam aumentar o engajamento com o público, gerar leads, fortalecer a marca, ou tudo isso junto. Com essa informação, é possível criar uma proposta que não só atenda, mas também exceda as expectativas

Além dos objetivos gerais, é importante conhecer os desafios específicos que o cliente enfrenta com a presença digital.  

Pode ser que eles tenham dificuldades em produzir conteúdo regularmente ou talvez precisem melhorar a interação com os seguidores.  

Identificar esses pontos críticos ajuda a personalizar ainda mais a proposta, pois você poderá criar soluções direcionadas para resolver questões específicas. 

2 – Determinar os serviços do pacote 

Para evitar mal-entendidos e expectativas não atendidas, você pode definir exatamente os serviços oferecidos no pacote de social media. 

E, para cada um deles, incluir detalhes sobre o que será feito, por quanto tempo e como

Em outras palavras, especificar como cada atividade será realizada, qual será a frequência de execução e qual será o tempo de duração do serviço.  

Por exemplo, sobre a gestão de mídia social, é importante estabelecer quando o social media estará disponível para interagir nas redes sociais em nome do cliente e quanto tempo será dedicado a essa atividade. 

Para o cronograma de postagem, deve-se definir quais redes sociais serão monitoradas e com qual frequência as postagens serão feitas em cada uma delas. 

Com um escopo de trabalho claro e detalhado, o social media assegura que o cliente compreenda completamente o que está sendo oferecido e como isso contribuirá para alcançar seus objetivos de mídia social

3 – Termos do acordo 

Os termos do acordo são alguns detalhes que regem a relação entre o social media e o cliente ao longo do projeto.  

Um contrato formal pode ser extremamente útil para incluir esses termos.  

O documento legal vai estipular as responsabilidades de cada parte, as condições de pagamento, o escopo do trabalho, e os procedimentos de rescisão. 

Por exemplo, deve-se esclarecer se o trabalho será realizado remotamente, no escritório do cliente ou em uma combinação de ambos.  

Também é importante definir os horários em que o social media estará disponível para responder a perguntas ou fornecer atualizações sobre o projeto. 

4 – Determine um preço competitivo 

O preço do pacote deve ser justo para o profissional e para o cliente. 

Primeiro, leve em conta as suas necessidades pessoais para garantir que o trabalho possa contribuir com sua estabilidade e seus objetivos de vida.  

Isso inclui fatores como: as despesas mensais, os objetivos financeiros e a quantidade de clientes que você pode atender sem comprometer a qualidade do serviço. 

No entanto, além das necessidades pessoais, é igualmente interessante que o preço do pacote seja competitivo em relação ao mercado.  

Ou seja, é importante que você analise os preços praticados pela concorrência, o valor percebido pelos clientes e as expectativas do mercado em relação aos serviços oferecidos. 

O equilíbrio entre esses dois aspectos é a chave para definir valores justos e competitivos

E, se você não deseja cobrar um preço fixo para o pacote de serviços, também pode calcular o preço com base nas horas necessárias para executar o escopo de trabalho.  

O social media Valter Azevedo, CEO da Elite Academy, explica em edição especial do podcast Papo Social Media que a cobrança por horas trabalhadas é uma das melhores opções de precificação para a área. Dê uma olhada: 

A precificação por hora trabalhada pode ser a melhor opção, especialmente se o cliente tiver necessidades específicas que não se encaixam em um pacote padrão. 

5 – Formalize a proposta com um documento  

Antes de um contrato completo, você pode criar um documento simples para formalizar a proposta de serviços de social media

Essa etapa antes do contrato ajuda o cliente a avaliar cuidadosamente a proposta, fazer perguntas, pedir alterações, se necessário, e finalmente aceitar o acordo. 

A proposta deve apresentar todos os detalhes discutidos aqui, como uma visão geral dos serviços oferecidos, o escopo de trabalho específico, os prazos e cronogramas estabelecidos, as condições comerciais acordadas e os termos que regem o trabalho. 

Um pacote de social media é uma forma organizada de oferecer um serviço completo de gestão de mídias sociais. Lembre-se que o combo de serviços deve atender as particularidades de cada cliente! 

Precisa de um modelo de contrato feito para serviços de social media? Acesse nosso modelo gratuito clicando aqui!   

Agende posts com a mLabs e economize horas de trabalho!

Gerencie todas as mídias sociais por 30 dias grátis

redes-sociais-banner

VOCÊ ACABA DE GANHAR 30 dias grátis