O que colocar no título do LinkedIn?

O que colocar no título do linkedin: imagem de um teclado ao fundo e um botão digital com o texto linkedin e uma mão digital como se fosse clicar no botão

Todo mundo que tem um perfil no LinkedIn está em busca de algum objetivo. Há maneiras sutis ou mais detalhadas de você demonstrar o que quer, e uma das coisas que  você deve saber para atingir o seu objetivo é o que colocar no título do LinkedIn.

O título é algo simples, de poucas palavras, mas não é irrelevante. Acredite, o sucesso do seu perfil nessa rede profissional depende muito dele. Se souber colocar as informações certas, vai atrair visitantes e gerar mais oportunidades.

E olha que a competição é acirrada, atualmente existem mais de 690 milhões de usuários do LinkedIn no mundo, sendo 43 milhões deles no Brasil. Somos um dos países que mais cresce nessa rede social, com inúmeros perfis em diversas áreas de atuação.

Ou seja, saber qual informação colocar no título do seu perfil, em poucas palavras, para resumir toda a sua vida profissional é pra lá de necessário, concorda?

O que é o título do LinkedIn?

Trata-se daquela breve descrição das suas especialidades que vem logo abaixo do seu nome na rede social. Esse título é praticamente o seu “slogan profissional”, já que ele vende o seu produto e anuncia suas vantagens para outros usuários.

O título do Cristiano Santos no LinkedIn é um ótimo exemplo para você se inspirar. Ele concentrou as informações mais relevantes da sua experiência profissional em poucas palavras de maneira bem objetiva. Dá uma olhada!

O que colocar no título do LinkedIn: imagem do perfil do Cristiano Santos com destaque para as informações do seu título: LinkedIn Top Voice / TEDx Speaker /Palestrante Internacional / Professor / Especialista LinkedIn / Marketing Digital

Como falamos o título do LinkedIn é um tipo de “slogan profissional”, porém ele é mais sutil, pois não faz a publicidade nua e crua como “compre Batom” ou “sempre Coca Cola”. A ideia não é colocar ali o emprego que você quer, mas como você se define profissionalmente.

Ele é importante para usuários comuns que estão a procura de emprego, ou que pretendem ampliar suas conexões profissionais e, também para muitos empreendedores que costumam fazer propaganda daquilo que sua empresa oferece.

Pense no LinkedIn como um veículo do conteúdo que você ou o seu negócio produz. Esse conteúdo gera autoridade e confiança na sua marca, sendo essa confiança e não o seu perfil o grande trunfo de venda. 😉

O que colocar no título do LinkedIn para se destacar?

A grande característica de um bom título é a concisão. Então, separamos várias opções para você criar o seu, mas não caia na tentação de colocar tudo que sugerimos. Pense no que é mais relevante para a sua área de atuação e o seu momento profissional.

Cargo atual

Hoje, as coisas mudam rapidamente. A dinâmica das empresas, principalmente das Startups, exige adaptação e a troca de área constantemente.

Então, ao colocar seu cargo no título do LinkedIn, considere a possibilidade de ele não ser mais o mesmo daqui a alguns meses ou anos.

Por que isso é importante? Simples, no LinkedIn, os recrutadores buscam pessoas inteligentes e adaptáveis, e os consumidores e profissionais querem bons salários, mas também empresas onde possam aprender e se desenvolver.

Área de atuação

Quanto à área em que você atua, é bom ser objetivo. Coloque apenas aquela em que pretende atuar de agora em diante, evitando cargos que ocupou em outros momentos, quando ainda não tinha muito bem definido sua área de atuação.

Local de trabalho

A empresa em que você trabalha tem a função de validar sua competência como profissional. Então, valorize o seu trabalho atual, mesmo que esteja em busca de novas oportunidades em outras organizações.

O mesmo vale para a sua empresa, se você é um empreendedor. Dê espaço a ela no seu título, e demonstre sua ligação a uma causa representada pelo seu negócio.

Interesses profissionais

Pense menos em retornos financeiros e mais em uma paixão nesse momento. O que move a sua curiosidade? O que faz com que acorde cedo todos os dias, estude, aprimore-se profissionalmente e continue se interessando pelo mesmo assunto? É isso que você deve preencher nos interesses profissionais.

Algo sobre a sua experiência

Aproveite o título do LinkedIn para mostrar aos visitantes o que você fez de mais notável na sua escalada profissional como empreendedor ou prestador serviço para outras empresas. O espaço é curto, então, recomendamos escolher apenas um item de destaque.

Palavras-chave

São as palavras-chave ou keywords que ajudam o algoritmo do LinkedIn a encontrar profissionais quando alguém faz uma busca na rede social.

Normalmente, elas são termos genéricos – mas nem tanto – sobre o que você faz. Veja alguns exemplos de keywords para as áreas de marketing digital e social media:

Quais cuidados são necessários ao criar seu título profissional?

Agora, vamos falar sobre aqueles erros que podem custar caro aos iniciantes. Tão importante quanto saber o que colocar no título do LinkedIn é estar atento ao que não colocar. Veja o que pode soar indelicado, arrogante ou amador na plataforma.

Evite escrever um título muito vendedor

Muita gente confunde uma boa descrição com um amontoado de adjetivos. Assim nascem os títulos vazios como “melhor empresa do segmento”, “excelente comunicador” e “melhor opção da área no LinkedIn”.

Contente-se em descrever o que você sabe fazer e como, e deixe os elogios para as pessoas que trabalharam com você. Assim fica mais delicado, concorda?

Não use abreviações desconhecidas

Um bom domínio da língua Portuguesa é fundamental para se apresentar bem no LinkedIn.

Então, esteja atento à grafia correta das palavras, principalmente das abreviações de palavras como doutor, auxiliar técnico e outras. Saiba, também, como utilizar as siglas e acrônimos, PhD, MBA etc.

E, cuidado para não abusar dos termos em inglês que em vez de enriquecer suas experiências podem torná-las difíceis de entender.

Pense no limite de caracteres

O limite do título do LinkedIn é de 120 caracteres! 💥

No entanto, recomendamos que você use menos que isso, já que a maior parte dos usuários acessa a rede social pelo smartphone, cuja tela é menor.

Para contar os caracteres do seu título, você pode usar ferramentas que fazem esse serviço como a Invertexto ou escrever o título em um editor de texto, como Word, para depois colar na plataforma.

Não use o termo “recolocação” no título

Termos como “em busca de recolocação”, “em transição de carreira” ou outros parecidos não devem ser usados no título do LinkedIn, mesmo que você esteja desempregado.

Os profissionais de RH não costumam dar importância a essas informações ao buscarem novos colaboradores para seus quadros.

Se coloque no lugar de um recrutador à procura de novos talentos, quais informações no título despertariam a sua atenção?

Tá difícil de imaginar? Veja um exemplo sobre as descrições de automóveis. Qual anúncio chamaria sua atenção se você estivesse em busca de um carro para comprar?

👉 Exemplo A

“Vendo carro usado, menos de um ano de uso. Freio ABS, ar condicionado, air bag e alarme. IPVA quitado até o fim do ano.” = “Analista de Inbound Marketing, Especialista em Produção de Conteúdo para Web, Redação com técnicas de SEO.”

👉 Exemplo B

“Procuro compradores para este carro.” = “Procuro por recolocação”.

Percebeu a diferença entre esses dois anúncios? Quanto mais detalhes sobre o produto melhor!

Isso vale também para as suas habilidades profissionais, então, se a dúvida é o que colocar no seu título do LinkedIn, pense em dar o máximo de detalhes relevantes possível.

Confira também nossas 16 dicas para ter um perfil matador no LinkedIn. Afinal, não é apenas um bom título que vai fazer a sua apresentação se destacar!

Facebook Comments
Gestão de redes sociais Entenda por que a mLabs é a ferramenta de gerenciamento de redes sociais escolhida por mais de 120 mil marcas!