25 benefícios das redes sociais para empresas que você precisa conhecer!

beneficios das redes sociais: imagem de um homem jovem com a mão aberta soltando um celular, na tela do aparelho aparece o Instagram

Foi se o tempo em que usar as redes sociais era uma opção nas estratégias de marketing digital das empresas.

Hoje, elas tornaram-se protagonistas, até mesmo para os pequenos empreendedores que dedicam um tempo extra da rotina para gerenciá-las.

Não dá ignorar o potencial desses canais para atingir diversos objetivos de marketing, como atrair novos clientes, fechar parcerias, trabalhar a imagem da marca, entre outros.

Se você ainda está com dúvidas sobre o que essas plataformas podem fazer nas suas estratégias de marketing, fica com a gente e confira 25 benefícios das redes sociais que se aplicam a qualquer negócio!

Banner_Agendamento: arte de CTA para conhecer mais sobre a ferramenta da mLabs.

1 – Melhorar a comunicação com os clientes

Todos os ambientes onde a empresa está são potenciais canais de relacionamento com clientes. Quando se trata das redes sociais então, a comunicação ganha ainda mais força.

A velocidade com que as informações são passadas e a proximidade com o público faz com que esses canais sejam vistos ótimas ferramentas de comunicação.

Usufruir dessas plataformas para comunicar-se com o público possibilita estreitar laços, humanizar o contato, aumentar a satisfação dos clientes já existentes e muito mais.

2 – Facilitar a distribuição do conteúdo

Sabemos que toda comunicação precisa ser planejada de acordo com alguns critérios, como o objetivo da marca com aquela mensagem, as características dos canais que serão utilizados, a definição do público-alvo e por aí vai.

O bom das redes sociais é que você pode direcionar as suas publicações para uma parcela do público que possui mais identificação com a sua marca, ou que moram em uma determinada região de interesse da empresa, por exemplo.

Ao segmentar o público nas redes sociais, você faz a distribuição do conteúdo de forma inteligente, agrega mais valor nas suas ações e otimiza os seus resultados.

3 – Alcançar mais pessoas interessadas no negócio

É mais difícil acertar a sua audiência investindo em mídia tradicional do que nas redes sociais, concorda?

Comerciais na TV, outdoors, propaganda em revistas, nenhum desses canais consegue fornecer informações precisas sobre o público que você  busca atingir, quanto as ferramentas analíticas das redes sociais.

Isso sem contar o potencial de alcance das mídias digitais e o investimento mais acessível e totalmente controlável, em que você pode interromper os seus anúncios nas redes sociais quando desejar.

4 – Conhecer melhor o público-alvo

As redes sociais fornecem Insights relevantes sobre o perfil e comportamento do público que a empresa deseja converter em clientes.

É isso mesmo, essas plataformas possuem ferramentas analíticas que permitem coletar dados dos usuários. Na verdade, cada canal possui o seu próprio “Analytics” com layout e informações específicas.

Mas, para não alternar de plataforma sempre que precisar coletar os dados, você pode usar uma ferramenta de gerenciamento de redes sociais que extrai essas informações de forma unificada.

Na mLabs, temos relatórios de redes sociais automatizados que facilitam o acompanhamento das principais métricas das redes sociais e a criação de relatórios economizando o seu tempo! 😉

beneficios das redes sociais: imagem do relatório de perfil dos fãs da fanpage extraído pela mLabs

5 – Gerar tráfego para outros canais

As publicações nas redes sociais, orgânicas ou pagas, também servem para direcionar tráfego para outros canais da marca, como e-commerce, blog, site, entre outros.

Segundo dados da Shareaholic, as redes sociais são responsáveis por direcionar 31% do tráfego nos sites. Você pode fazer isso compartilhando conteúdo do blog, ou patrocinando promoções da sua loja virtual, por exemplo.

Mas além de gerar tráfego é preciso implementar ferramentas de rastreamento e estratégias de parametrização de URLs para conseguir mensurar esses dados e planejar ações, cada vez mais, assertivas.

6 – Melhorar o posicionamento nos buscadores

Essa é uma questão que vem sendo debatida há anos, sem confirmações oficializadas pelos buscadores. Mas, é possível notar que existe uma correlação entre as redes sociais e o SEO, mesmo que indiretamente.

Já foi comprovado que ter uma estratégia multicanal é fundamental para a marca estabelecer uma presença forte na Internet e se aproximar de seus potenciais consumidores.

E, mesmo não sendo consideradas critérios de ranqueamento, elas geram autoridade, credibilidade e alcance necessários para agregar valor ao site da marca e elevar a posição do blog de acordo com a avaliação dos principais sistemas de busca.

7 – Trabalhar o branding 

As redes sociais ampliam as possibilidades de construção e fortalecimento da marca de várias maneiras. Mas, a estratégia de branding nas redes sociais é mais ampla do que a publicação de posts patrocinados e promoções, por exemplo.

Ela acontece em todos os pontos de contato da empresa com o público, desde a identidade visual, a linguagem utilizada, o tempo de resposta nas interações, tudo influencia nessa construção.

A gestão de marca nesses canais deve ser contínua e permear as outras ações relacionadas ao marketing digital e às vendas, assim a empresa consegue agregar valor ao consumidor, além do produto ou serviço oferecido.

8 – Aumentar a conscientização da marca

Um dos maiores benefícios das redes sociais, principalmente para empresas com objetivo de awareness, é o aumento da conscientização da marca.

Com milhões de usuários nas mídias sociais – só no Facebook são mais de 2,7 bilhões de contas ativas – as suas chances de impactar quem nunca ouviu falar da sua empresa é gigantesca.

Com uma boa estratégia de conteúdo e frequência nas publicações você consegue impactar o mesmo usuário de várias maneiras, assim fazendo com que ele lembre da sua empresa no momento de decisão de compra.

planejamento de midias sociais

9 – Entender o sentimento do público sobre a marca

Estar presente nas redes sociais também é importante para “ouvir” o que as pessoas têm a dizer sobre a marca ou sobre lançamentos de produto, por exemplo.

Com uma boa estratégia de “Social Listening”, em português “Escuta Social”, você consegue monitorar a marca e os termos relacionados a ela nas redes sociais.

Depois de coletar os dados, você pode classificar os sentimentos das pessoas em: positivo, negativo e neutro, e planejar ações específicas para cada grupo. Existem várias ferramentas de monitoramento de redes sociais que facilitam esse trabalho.

10 – Humanizar a marca é um dos benefícios das redes sociais

Uma tendência que têm crescido bastante, por parte dos consumidores, é a procura por conteúdos autênticos e espontâneos que demonstrem os valores da marca.

Entrar nessa onda é uma ótima oportunidade para mostrar a personalidade da marca, humanizá-la e aproximá-la do público.

Para isso, é importante desenvolver a sua “brand voice”, em português “voz da marca”. Ela é o coração e a alma da sua comunicação e não se trata de palavras específicas ou frases prontas, a sua voz é o tom que você fala e se conecta com o público.

11 – Aumentar a credibilidade da empresa

As redes sociais possuem um potencial incrível de gerar proximidade com os usuários e fazer com que eles conheçam a empresa com outros olhos.

É pensando nisso que muitas marcas exploram as provas sociais como uma maneira de aumentar a credibilidade e atrair novos clientes.

Conteúdo do tipo UGC – User-Generated Content, ou publicações feitas pelos próprios consumidores, mostra o que o público pensa sobre a empresa e influencia diretamente nas decisões de outras pessoas!

Afinal, você falar sobre a sua empresa tem um peso, mas os seus clientes falarem dela tem um peso ainda maior.

12 – Construir autoridade no mercado

Estar nas redes sociais é uma ótima oportunidade para estabelecer a sua marca como uma autoridade no seu nicho de mercado.

Com um bom planejamento de conteúdo, demonstrando conhecimento no assunto e respondendo a perguntas relacionadas com o mercado, a empresa consegue construir autoridade.

Ao ser reconhecida por clientes e potenciais compradores nas mídias sociais a sua marca se torna referência, conquista autoridade e tem grandes chances de ser lembrada na hora da compra.

13 – Facilitar a gestão de crises

As redes sociais são os primeiros lugares onde as pessoas vão reclamar sobre um produto ou serviço, ou para obter informações sobre algum erro cometido pela empresa. E quando isso acontece a viralização do caso é certa!

Mesmo que as pequenas empresas não tenham uma crise e exposição em grande escala, um número menor de reclamações também pode causar um impacto devastador na comunidade ou no nicho.

Por isso, é importante que você mantenha os perfis nas redes sociais bem administrados e tenha um bom plano de gestão crise para garantir a sua presença e envolvimento nas conversas quando algo ruim acontecer.

Banner 4rs da gestão de crise: imagem de um tablet com gráfico de crescimento na tela

14 – Impactar pessoas que visitaram o site e não compraram

É importante ter em mente que uma boa parte das pessoas que visitam o seu site não vão virar leads ou clientes na primeira visita.

Graças às campanhas de remarketing nas redes sociais você consegue criar posts patrocinados e abordar os usuários que visitaram o seu site, mas desistiram de comprar um produto, ou baixa um e-book, por exemplo.

Além de ter um custo consideravelmente mais baixo que outros canais, o remarketing nas redes sociais ainda gera um engajamento médio três vezes maior que os demais anúncios, segundo a Wordstream.

15 – Gerar leads com mais facilidade

As redes sociais são ótimas plataformas para geração de leads. Elas oferecem formatos de publicidade projetados especialmente para coletar leads e ainda permitem alcançar um público qualificado com anúncios segmentados.

É uma maneira fácil e de baixo comprometimento para que os clientes em potencial demonstrem interesse nos produtos ou serviços e forneçam os seus dados em troca.

Para isso, é importante saber como divulgar a página de conversão, investir em anúncios e parcerias, escolher o objetivo de campanha certo para a ação, escolher uma boa CTA e realizar testes de performance.

16 – Melhorar a taxa de conversão

Além de serem ótimas plataformas para geração de leads, as redes sociais também são indicadas para implementação de estratégias de vendas.

Segundo um estudo da HubSpot, as taxas de conversão de leads em clientes nas redes sociais são 13% superiores à média em outros canais.

Para melhorar a taxa de conversão concentre-se mais no engajamento dos usuários com a publicação do que na quantidade de leads gerados. Se as pessoas estiverem se envolvendo com o conteúdo é sinal de que se interessaram pelo que você tem a oferecer.

17 – Impulsionar as vendas

As redes sociais possuem recursos incríveis para potencializar as vendas de maneira direta ou indireta. Instagram Shopping, Catálogo de Produtos no WhatsApp, Loja virtual no Facebook, são alguns deles.

E, mesmo que indiretamente, essas plataformas têm provado a sua eficácia como ferramenta facilitadora para as equipes de vendas, desde a divulgação de uma promoção, interação com usuários, até o fechamento de novos negócios.

Considerando o crescimento do número de usuários e a evolução dos recursos de vendas, fica evidente que as redes sociais se tornam cada vez mais eficientes e promissoras para a área comercial.

18 – Fazer parcerias e Co-Marketing

Não há lugar melhor para encontrar parcerias e fazer Co-marketing do que nas redes sociais. Parcerias com influenciadores digitais, por exemplo, são ótimas para promover o “boca a boca social” e expandir o alcance da marca.

Sem contar que esses influencers já são a segunda maior fonte de influência em uma tomada de decisão na compra, perdendo apenas para indicações de amigos e parentes, que alcançaram 57% – dados da pesquisa são do Instituto QualiBest.

Já as ações de Co-marketing ajudam na construção da autoridade, debloqueio de uma nova audiência, economia de custos e, o melhor de tudo, ambas as marcas se beneficiam pela exposição para o público da outra.

19 – Engajar pessoas em eventos corporativos

Uma boa estratégia de comunicação nas redes sociais consegue potencializar o alcance e o sucesso de evento corporativos.

Por meio dessas plataformas é possível envolver os participantes confirmados, conquistar novos participantes e encorajar os que não podem comparecer presencialmente a acompanhar o evento, mesmo que online.

A mLabs, por exemplo, usou as redes sociais como estratégia para expandir o alcance da marca no evento RD Summit 2019. Para ganhar brindes, os visitantes do stand realizavam uma avaliação no Google Meu Negócio e um post com a #mLabsRdSummit em qualquer rede social.

20 – Facilitar o processo de recrutamento e seleção

As redes sociais também fazem muito sucesso nos processos de recrutamento e seleção de novos colaboradores.

De acordo com dados da Jobvite, 59% dos recrutadores avaliaram candidatos encontrados por meio das redes sociais como de “alta qualidade”.

O LinkedIn, por exemplo, tem recursos específicos para facilitar o trabalho dos profissionais de RH, e tem dado certo. 90% dos recrutadores usam o LinkedIn regularmente, e colaboradores contratados a partir da rede social têm 40% menos chances de deixar a empresa nos primeiros 6 meses.

21 – Engajar os colaboradores da empresa

Manter os colaboradores engajados é a segunda maior preocupação dos profissionais de RH, logo atrás de retenção. Dá para entender o motivo, com profissionais mais engajados e satisfeitos, a taxa de retenção tende a melhorar.

As redes sociais permitem trabalhar o engajamento dos funcionários de maneira direta e indireta. Direta, pelas estratégias de endomarketing e reconhecimento profissional, fazendo com que os profissionais tenham a sensação de pertencimento.

Indireta, com o uso de ferramentas que integram a base de colaboradores às redes sociais facilitando a participação e o acompanhamento de tudo que é falado.

22 – Trakear resultados

O monitoramento das métricas de desempenho nas redes sociais é uma enorme vantagem para melhorar a performance da marca e das suas campanhas.

Essas informações são importantes para saber se o planejamento está funcionando, o que pode ser otimizado ou se existe previsibilidade sobre as próximas ações. Além disso, eles também indicam o que pode estar dando errado e quais pontos necessitam de melhoria.

Para isso, é fundamental analisar os dados que realmente importam para a sua estratégia de negócio e não se apagar nas métricas de vaidade, como curtidas e seguidores, que sozinhas não demonstram o alcance real dos seus objetivos.

Relatorios_Redes_Sociais: arte com escrito "Relatórios em Redes Sociais pela mLabs. Teste Grátis".

23 – Acompanhar as notícias do seu segmento

Aqui, é mais um caso em que a “Escuta Social” se faz muito valiosa nas estratégias de marketing digital.

O monitoramento de termos nas redes sociais e na Internet em geral, garante que você fique sempre informado sobre as futuras mudanças no seu segmento que podem afetar a sua maneira de fazer negócios.

O Twitter, por exemplo, é considerado uma fonte de informação em real time sobre tudo que está bombando na Internet. Os assuntos mais comentados do momento, ou Trending Topics como são conhecidos, são atualizados constantemente na rede social.

24 – Monitorar os concorrentes de perto

Ao monitorar a concorrência nas redes sociais você ficará por dentro de informações importantes que vão além da quantidade de seguidores, engajamento, ou curtidas.

Você ficará informado, por exemplo, sobre o lançamento de novos produtos, as promoções que eles estão fazendo, os novos recursos e mais ainda, o que as pessoas estão falando sobre eles na Internet.

Essa análise competitiva é útil para aprender o que seus concorrentes estão fazendo certo e usar como benchmarking adicionando o seu toque pessoal para fazer dar certo para você.

25 – Construir um exército de defensores da marca

As redes sociais são ferramentas valiosas para estratégias de marketing de comunidade. Elas permitem conectar consumidores e potenciais clientes em grupos, como os do Facebook, por exemplo.

Desta forma, a marca consegue se aproximar dos consumidores, entender o sentimento dos seus clientes e promover conteúdo, promoções, eventos exclusivos para sua base de “brand lovers”. 🧡

Com planejamento, dedicação e paciência, essas ações tendem a trazer resultados excepcionais e fazer com que os próprios clientes se tornem promotores da marca nas redes sociais.

Gostou de conhecer os benefícios das redes sociais para o marketing? São inúmeras razões que justificam o investimento nelas.

Mas, para colher os benefícios apresentados neste artigo é preciso ter conhecimento de marketing, só assim você conseguirá traçar estratégias que realmente funcionem.

Para dar os primeiros passos, se inscreva no curso GRATUITO Venda Mais pelas Redes Sociais, parceria da mLabs com a Ton, e aprenda como usar as redes sociais para impulsionar seu negócio!

Facebook Comments
Quer mais conteúdo como esse? Inscreva-se na nossa Newsletter!

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.

Posts relacionados