Pesquisar

Entenda o que é e como aumentar o tráfego orgânico do seu site! 

Entenda o que é e como aumentar o tráfego orgânico do seu site! 
Avatar de Raphael Alves

Por

Publicado em

Tráfego orgânico é toda visita aos canais digitais de uma marca sem interferência de anúncios pagos. Descubra como aumentar esse alcance! 

O tráfego orgânico pode ser a fonte de visitantes em maior volume, dependendo da estratégia e temas abordados.

Diferente dos anúncios de mídia paga que podem atrair pessoas que estão na etapa de conversão, o orgânico prepara e qualifica uma audiência que não está necessariamente na etapa de conversão, mas tem potencial para converter em algum momento.

De acordo com vídeo tutorial do Google, uma estratégia de SEO baseada em tráfego orgânico precisa de 4 meses a 1 ano para ajudar uma empresa a implementar melhorias e depois ver os benefícios potenciais. 

Mas nesse ponto você pode estar se perguntando: quais são esses benefícios? É justamente isso que vamos responder. Para entender como funciona o tráfego orgânico e como gerar mais tráfego sem anúncios, continue a leitura e aproveite nossas dicas! 

O que é tráfego orgânico? 

Tráfego orgânico é o número de visitas que um site, blog ou página de rede social recebe de forma não paga e natural. Essas visitas geralmente são provenientes dos resultados de pesquisa em motores de busca como Google, Bing, Yahoo ou a própria rede social.  

Ao contrário do tráfego pago, em que os anunciantes investem em anúncios para atrair visitantes, o tráfego orgânico é gerado pela relevância e qualidade do conteúdo. 

Um exemplo de tráfego orgânico ocorre quando os usuários pesquisam por “receitas saudáveis” no Google e o artigo de um blog de culinária que usa essa palavra-chave aparece como primeiro resultado. 

Aqui está o truque: o site atrai tráfego orgânico, porque a posição na página de resultados de busca (SERP) determina sua relevância para a dúvida do usuário.  

Se o conteúdo é o primeiro resultado da SERP, o usuário entende que esse link é a melhor fonte de informação para sua busca e, como consequência, clicará nele. 

O funcionamento desse tipo de tráfego está intimamente ligado aos algoritmos dos motores de busca. Quando o usuário faz uma pesquisa, os algoritmos analisam uma variedade de fatores para determinar a relevância das páginas da web em relação à pesquisa.  

Esses fatores incluem palavras-chave, qualidade do conteúdo, estrutura do site, entre outros. A prática de otimizar um site ou outra página web para melhorar sua visibilidade nos resultados de pesquisa é conhecida como SEO (Search Engine Optimization)

Nos últimos anos, algoritmos alimentados por inteligência artificial (IA) estão sendo utilizados pelo Google e por outros motores de busca para entender o contexto semântico das consultas de pesquisa e oferecer resultados mais precisos. 

É uma evolução que deixará a disputa por tráfego orgânico cada vez mais acirrada daqui para frente. 

Afinal, vale a pena investir em tráfego orgânico? 

Muitas marcas concentram seus esforços de marketing digital em estratégias de tráfego pago para obter retornos rápidos em termos de visibilidade e conversão. Então, isso significa que não vale a pena investir em tráfego orgânico, certo? Errado! 

Investir em tráfego pago não precisa significar abrir mão das vantagens do tráfego orgânico. Na verdade, ambas as estratégias podem ser integradas pela mesma marca

Veja o que diz Neil Patel, criador da ferramenta Ubersuggest, sobre a relevância do tráfego orgânico e das estratégias de SEO em um vídeo recente no seu canal do Youtube: 

“No cenário digital atual, alcançar uma presença online proeminente é essencial para empresas e websites que procuram prosperar. Entre as diversas ferramentas do kit de ferramentas do profissional de marketing digital, o Search Engine Optimization (SEO) se destaca como uma estratégia fundamental para direcionar o tráfego orgânico e aumentar a visibilidade nos motores de busca.” 

A autoridade em um segmento não é conquistada do dia para noite. É um resultado natural da consistência na entrega de valor por meio do tráfego orgânico. 

Quando uma marca se posiciona como uma fonte de conhecimento, entregando valor com conteúdos nas redes sociais ou no blog, isso se traduz em aumento do tráfego orgânico e um público que reconhece a autoridade da marca. 

Em resumo, o tráfego orgânico não é apenas sobre aparecer nos resultados de busca. É uma maneira de ganhar confiança e solidificar a autoridade da marca a longo prazo

Quais são as estratégias de SEO para aumentar o tráfego orgânico? 

Embora existam centenas de estratégias, não se preocupe com a complexidade. Aqui, destacamos alguns princípios fundamentais que você não deve esquecer ao otimizar páginas e conteúdos para aumentar o tráfego orgânico. 

Otimização on-page 

A otimização on-page (na página) refere-se aos ajustes realizados diretamente no site para melhorar sua visibilidade nos motores de busca. Isso inclui palavras-chave relevantes no título, URL e cabeçalhos.  

Utilize meta tags apropriadas, como meta descrições e meta keywords. Garanta que todas as páginas do seu site sejam acessíveis, com uma navegação intuitiva e URLs amigáveis. 

Otimização off-page 

A otimização off-page (fora da página) concentra-se nas atividades fora de um site que impactam a sua classificação nos motores de busca.  

Um dos principais elementos da otimização off-page são os backlinks, que são links de outros sites que direcionam para o seu. Esses backlinks são considerados votos de confiança pelos motores de busca.  

Participar de mídias sociais e fomentar uma presença online consistente também são valiosas para a otimização off-page. 

Estrutura técnica do site 

A estrutura técnica de um site também contribui com a otimização para motores de busca.  Por exemplo, certifique-se de que o seu site seja acessível para os motores de busca, utilizando um arquivo robots.txt e um sitemap XML.  

A forma como as páginas estão interconectadas também determina como os motores de busca rastreiam e indexam o conteúdo de um site. 

O uso adequado de tags canônicas ajuda a evitar conteúdo duplicado, indicando aos motores de busca qual versão de uma página é a principal 

Tags Alt em imagens 

As tags alt (texto alternativo) em imagens são necessárias para a acessibilidade e para os motores de busca entenderem o conteúdo visual.  

Descreva o conteúdo da imagem de maneira clara e, se aplicável, inclua palavras-chave relevantes. Isso contribui para a otimização geral da página. 

Use meta descrições 

Meta descrições são como mini resumos das suas páginas nos resultados de busca.  

Devem ser breves, envolventes e mostrar o que os usuários podem esperar ao clicar. Incluir palavras-chave relevantes aqui é como dar uma prévia irresistível do que está por vir. 

Estratégias locais 

Se a empresa tem uma presença física, é importante usar estratégias de SEO local para otimizar a visibilidade da marca nos resultados de busca locais

Nesse caso, o objetivo é destacar a marca nos primeiros resultados de busca quando usuários pesquisam por produtos ou serviços em uma área geográfica específica. 

Isso inclui, por exemplo, a criação e manutenção de uma página no Google Meu Negócio para fornecer informações locais detalhadas e incentivar avaliações positivas. 

Como criar conteúdo relevante para os mecanismos de busca? 

Quer conquistar mais visibilidade e atrair a atenção dos buscadores? Então, dê uma olhada nessas dicas abaixo! 

Entenda as necessidades do público 

Criar conteúdo relevante começa por conhecer bem quem são os leitores em potencial. Faça uma pesquisa sobre o público-alvo, descubra as dores, os interesses e as perguntas frequentes que eles procuram nos buscadores. 

Compreendendo as necessidades do público, você pode oferecer conteúdos direcionados e transformar os canais da marca em fontes confiáveis para os usuários. 

Acompanhe as mudanças do algoritmo 

Embora as mudanças dos motores e busca frequentemente não modifiquem os princípios centrais de ranqueamento, podem destacar a importância de certos elementos específicos.  

Por exemplo, em anos recentes, o Google introduziu atualizações que passaram a dar mais importância ao uso de palavras-chave com base no Latent Semantic Indexing (LSI).  

Isso significa que o algoritmo do Google tem uma maior capacidade de avaliar a semântica e a relação contextual entre palavras, o que demonstra como o motor de busca visa compreender profundamente a intenção do usuário. 

Além de otimizar para palavras-chave específicas, os criadores de conteúdo agora são incentivados a usar uma linguagem mais contextualizada e relevante no conteúdo. 

Portanto, mesmo que os elementos centrais do ranqueamento possam permanecer os mesmos, a capacidade de se adaptar a essas nuances pode fazer a diferença

Mantenha a constância nas publicações 

Quando olhamos para os mecanismos de busca, especialmente o Google, percebemos que eles valorizam a frequência de atualizações nos sites. Isso é interpretado como um sinal de atividade e relevância. 

Ter um calendário editorial bem planejado é uma estratégia inteligente para organizar o fluxo de trabalho e realizar ajustes estratégicos com base em eventos sazonais, feedback do público e tendências de mercado. 

Use diferentes formatos 

Os motores de busca reconhecem e valorizam sites que oferecem uma variedade de conteúdos. Além dos tradicionais textos, estuda a possibilidade de produzir vídeos, infográficos ou podcasts

A escolha do formato apropriado pode depender de vários fatores. Por exemplo, determinados assuntos podem se beneficiar mais de um formato específico.  

Tutoriais práticos podem ser melhor comunicados por vídeos, enquanto dados estatísticos podem ser mais impactantes em infográficos visualmente atrativos. 

Use as redes sociais 

As redes sociais ajudam a espalhar conteúdo de forma orgânica. Se as pessoas gostam do que veem, compartilham com os amigos, que compartilham com mais gente, e assim por diante.  

Isso é tráfego orgânico acontecendo na prática: um conteúdo se espalha como um boato, mas de uma maneira boa. 

Mas lembre-se que as redes não são apenas lugares para postar coisas. São espaços onde você pode aprender sobre as preferências do público, ouvir o que as pessoas têm a dizer, entender suas necessidades e responder de forma imediata. 

Construa link building e autoridade de domínio 

Quando outros sites linkam para o seu, isso é como um voto de confiança na internet. Essa é uma estratégia conhecida como “link building”. 

Os motores de busca percebem esses links como sinais de relevância e autoridade, o que pode impulsionar o seu conteúdo nos resultados de pesquisa. 

Já a autoridade de domínio é a reputação online do seu site. Quanto mais confiável seu site é, mais fácil é atrair visitantes.  

Essa confiança se constrói ao longo do tempo, com a qualidade do seu conteúdo e quantos outros sites importantes linkam para o seu. 

Como monitorar o desempenho do tráfego orgânico? 

O Google Analytics é uma opção central para analisar o tráfego orgânico. Ao acessar a seção “Aquisição” e, em seguida, “Canais”, você pode identificar o tráfego proveniente de mecanismos de busca.  

A seção dedicada às palavras-chave mostra quais termos estão trazendo visitantes, e a segmentação por página revela quais conteúdos são mais atrativos. 

SEMrush é outra ferramenta que fornece boas análises de desempenho. Ao inserir seu domínio, você pode acessar informações sobre palavras-chave, concorrentes orgânicos e alterações nas classificações ao longo do tempo. 

Para o tráfego orgânico em redes sociais, nossa sugestão é a ferramenta de gerenciamento de mídias sociais da mLabs.  

Com os relatórios da plataforma, você tem acesso a métricas sobre o desempenho de tráfego orgânico da marca em cada uma de suas redes. 

Chegamos ao final do nosso guia sobre tráfego orgânico e esperamos que você tenha gostado das dicas. Agora, é o momento de estudar a possibilidade de implementar as estratégias acima e criar um plano de ação. Boa sorte! 

Quer melhorar sua gestão das redes sociais? Aproveite para conferir dicas infalíveis para aproveitar ao máximo o potencial das redes para as marcas! 

Agende posts com a mLabs e
economize horas de trabalho!

VOCÊ ACABA DE GANHAR 30 dias grátis

Gerencie todas as mídias sociais

por 30 dias grátis