Qual a diferença entre impulsionar e criar anúncios no Facebook?

criar anúncios no facebook

Criar anúncios no Facebook ou impulsionar uma publicação na rede? Qual é a diferença entre as duas opções do Facebook?

Que Facebook Ads é uma ferramenta indispensável para sua estratégia nas redes sociais você já sabe. Mas, muitos profissionais de marketing ainda se confundem quanto às possibilidades dentro dessa plataforma. E, apesar de ambas terem como objetivo potencializar suas campanhas na rede, elas são bem diferentes e você precisará analisar com muito critério qual delas é a melhor para sua estratégia.

De uma forma geral, o impulsionamento é um recurso mais simples e com poucas opções de segmentação. Ainda assim, ele garante um alcance maior para a postagem. Já os anúncios criados com o Gerenciador do Facebook permitem segmentar o público que será alcançado, o que representa um salto em termos de conversão, certo?

Independente do formato que escolher, é necessário investimento financeiro para colocá-los em prática. Nos próximos parágrafos vamos explicar um pouco mais sobre cada uma das formas. Confira!

Links impulsionados

O impulsionamento é uma forma de destacar apenas um conteúdo da sua fan page. Quando você escolhe essa modalidade, consegue chamar a atenção dos seus seguidores atuais e, claro, de outros possíveis seguidores da rede. O impulsionamento é uma forma simples (com poucas configurações) de aumentar o alcance de suas postagens (lembre-se que o algoritmo do Face permite que apenas 5% da sua base – na média – visualize seus posts).

Esse recurso é interessante porque os amigos dos seus seguidores conseguem ver a postagem, as curtidas e os comentários que o mesmo recebeu. Além disso, o mecanismo ajuda a gerar credibilidade tanto para o post quanto para a própria página, afinal, se uma pessoa que conheço segue essa empresa é porque ela tem algo de bom!

O post impulsionado aparece em destaque no feed de notícias e é isso que faz com que ele seja visto por um número maior de pessoas.

Mas, existe um ponto que limita  bastante essa estratégia: a possibilidade de segmentação é mais restrita. Se optar por impulsionar um post no Facebook você poder direcionar apenas por local, idade, gênero e interesse; para curtidores de uma página (e seus amigos) ou para algum público personalizado em uma campanha anterior.

A vantagem é que o impulsionamento é uma forma de fazer um anúncio de maneira rápida e sem a necessidade de um trabalho mais aprofundado. A sua utilização, portanto, precisa estar bem alinhada à sua estratégia, já que os resultados gerados são mais limitados.

Gerenciador de anúncios

Esse é um recurso para quem deseja fazer um anúncio personalizado com alto poder de engajamento. Ao criar anúncios no Facebook você trabalhará com objetivos de campanha, o que aumentará as possibilidades de segmentar  e, assim, otimizar seus resultados.

Os anúncios criados no gerenciador não aparecem na timeline como uma postagem (ao contrário do que acontece com o impulsionamento). Eles podem aparecer em outros espaços no Facebook, como a barra lateral.

Outro ponto interessante, é a possibilidade de fazer testes A/B para ver qual tipo de anúncio tem melhor resultado. Textos, imagens e segmentação são experimentados até que você entenda o que dá certo, o que não traz tantos resultados e como as pessoas respondem às campanhas.

Mas qual o melhor formato na hora de criar anúncios no Facebook?

Os dois formatos podem gerar resultados interessantes para a sua estratégia de marketing digital. A escolha de cada um deles estará sempre atrelado aos seus objetivos, seu contexto de trabalho e o que pretende conseguir com uma campanha no Facebook.

O impulsionamento é uma alternativa indicada para aqueles que pretendem aumentar o alcance de uma publicação específica de forma rápida e prática. Se você não possui tempo e “braços” para tocar essa frente da estratégia, mas não quer deixar de ampliar o seu alcance, o impulsionamento pode ser uma boa forma de começar. (Sim, nós recomendamos que você evolua nisso e comece a criar anúncios no Facebook de forma bem segmentada!)

Já a elaboração de anúncios no Gerenciador é uma opção incrível para quem quer trabalhar campanhas estrategicamente, alcançando um público altamente qualificado e, claro, gerando mais engajamento e conversão.

Tem alguma dúvida sobre como anunciar no Facebook? Comenta aí, vamos ter o maior prazer em te ajudar!

  • Jucivaldo Costa

    Olá! Para quem está começando qual a melhor opção anúncios ou impulsionamento?

    • mLabs

      Jucivaldo, bom dia! Anunciar dá um pouco mais de trabalho mas, com certeza, é uma opção melhor, já que você vai conseguir segmentar melhor para quem deseja veicular seu anúncio. A vantagem disso é levar seus anúncios para um público muito mais qualificado (pessoas que tem maior potencial de conversão). O impulsionamento seria uma opção apenas se você não tiver alguém para ficar responsável por isso, pois é mais simples e rápido (e melhor que não fazer nada, claro!). Boa sorte!

  • Hector C Soliz

    Bom dia gostaria de saber o custo de impulsionar e de anunciar e o mesmo? Obrigado

    • mLabs

      Bom dia, Hector!!! Na verdade, o custo não é determinado pelo tipo do anúncio mas por outras variáveis. Você poderá pagar por clique, por ação no anúncio ou mesmo por visualização (você pode escolher isso durante a configuração do seu anúncio). Você também poderá determinar um valor máximo destinado a cada anúncio, o que faz com que ele fique no ar apenas enquanto você tiver “créditos”.

      O impulsionamento é um tipo de anúncio, digamos, mais simples e fácil de fazer, mas não necessariamente mais barato. Veja como funciona o custo dos anúncios na página do Facebook: https://www.facebook.com/business/help/201828586525529/?ref=u2u

      Boa sorte!