O mercado das startups é cada vez maior: no Brasil, já existem mais de 13 mil startups, um crescimento de 20 vezes nos últimos oito anos, conforme a ABStartups.

Mas para se destacar nesse mercado, não basta ter um bom produto — é preciso posicionar a sua empresa nas meios digitais, principalmente nas redes sociais.

É fundamental traçar uma estratégia de marketing para startups que potencialize os resultados do seu negócio nesses meios. Afinal, esse tipo de empresa precisa mostrar que tem alto potencial de crescimento e escalabilidade.

Mais importante ainda é ter um plano de marketing digital, que se alinhe aos conceitos de inovação e tecnologia que estão na essência das startups.

A seguir, você vai entender quais são os pilares que devem sustentar a sua estratégia.

Como ter sucesso na estratégia de marketing de uma startup?

Startups são empresas em rápido crescimento. Elas precisam do impulso do marketing digital para alavancar suas vendas, encontrar seus clientes e posicionar o negócio.

É dessa forma que esse tipo de negócio se destaca e começa a atrair investidores para crescer cada vez mais.

Só que startups também têm uma característica particular: são negócios escaláveis, ou seja, crescem sem aumentar seus custos de operação.

Por isso, ferramentas digitais são essenciais para o sucesso do marketing de uma startup, já que permitem a automações de ações e ganhar escala na aquisição de clientes e no relacionamento com eles.

Além disso, startups vivem em cenários de risco. Essas empresas criam produtos inovadores, que precisam mostrar sua relevância e conquistar seu mercado. Portanto, para minimizar, ou até mesmo antecipar, os riscos da inovação, o planejamento é essencial .

O sucesso das ações de marketing de uma startup depende também da flexibilidade. Não adianta traçar um planejamento de cinco anos, por exemplo, e não ter condições de moldá-lo conforme for a necessidade.

Os planos precisam se adaptar rapidamente às respostas e necessidades do mercado.

Ao mesmo tempo, é necessário ter atenção aos pilares de um planejamento de sucesso, considerando a importância de uma forte presença dos canais digitais.

imagem de um banner publicitário com chamada para baixar o app mlabs

1- Estabeleça uma identidade consistente

Startups precisam conquistar seu espaço no mercado e na mente dos consumidores. Por isso, comece a sua estratégia pensando na imagem que você quer consolidar.

Para isso, é preciso construir uma identidade, que evidencie os valores, o propósito no mundo, os diferenciais, a personalidade da marca. Essas características constroem a imagem que o mercado absorve e despertam a identificação das pessoas.

Na estratégia de marketing, evidencie a identidade da marca em todos os pontos de contato com o consumidor. Assim, a imagem é transmitida de forma consistente.

2- Crie sua persona

A buyer persona também é um dos pilares de uma estratégia de marketing para startups. Você precisa saber com quem está falando nos canais digitais para educar o público, criar conteúdo e se comunicar com as pessoas.

A persona é um personagem semifictício que representa um cliente ideal da empresa. A partir de dados do seu público, você cria uma descrição sobre o dia a dia, interesses, dúvidas, dores e necessidades dos seus potenciais clientes.

A partir dessa descrição, você pode entender melhor como os seus conteúdos e produtos podem ser relevantes, quais canais escolher e qual linguagem utilizar em cada etapa da jornada de compra.

3- Posicione sua marca nas redes sociais com conteúdo relevante

As redes sociais fazem parte da vida das pessoas. Ao acordar, ao descansar, antes de dormir, para se informar, se divertir, estudar, discutir… Elas são usadas em todos os momentos e para os mais diversos fins.

Por isso, não se pode mais pensar em estratégias de marketing sem as redes sociais.

Se tratando de startups, esses canais são ainda mais importantes, pois o posicionamento digital para uma marca nova com um modelo de negócios inovador é muito importante! .

As redes ajudam a educar o público sobre o produto, tornar a marca mais conhecida e criar uma comunidade em torno dela.

Para conseguir ter sucesso com as redes sociais é preciso:

  • definir em quais redes sociais atuar;
  • traçar os objetivos e indicadores da estratégia de social media;
  • conciliar estratégias orgânicas e pagas;
  • definir linhas editoriais para os conteúdos;
  • elaborar um calendário editorial.

4- Trabalhe com otimizações para buscadores

Para qualquer dúvida que surge, as pessoas vão até o Google. A enciclopédia dos dias atuais traz respostas para qualquer pergunta que você buscar.

Por isso, as empresas investem em estratégias de otimização para buscadores (SEO).

A intenção é melhorar a posição das suas páginas, já que os primeiros links são os mais acessados, e trazer as respostas que as pessoas querem.

Com isso, constroem sua autoridade, ganham tráfego para o seu site e atraem potenciais clientes para gerar conversões.

Na estratégia de marketing para startups, o SEO é um dos pilares, porque ajuda no crescimento do negócio com perspectivas de escala.

banner publicitário sobre geração de relatórios dashgoo by mLabs

5- Acompanhe os benchmarks

Startups precisam ficar de olho no mercado.

Diante das rápidas mudanças no ambiente de inovação e tecnologia, elas devem acompanhar o que outras empresas estão fazendo para se adaptar.

As marcas de referência e inspiração para o seu negócio são chamadas de benchmarks.

Faça uma pesquisa de benchmarking, selecione as marcas para acompanhar e monitore sua atuação no marketing digital.

Não esqueça de documentar as informações para gerar insights e utilizar nas suas estratégias.

Quer algumas dicas para a sua pesquisa? Inspire-se nestas startups brasileiras que mandam bem no marketing digital:

estrategia-para-startups(2)
estratégia-de-marketing-para-startups-3

estrategia-de-marketing-para-startups-46- Analise os resultados

Por fim, fique de olho também nos seus resultados. Mais uma vez, o ambiente de incertezas exige que a marca reaja rapidamente às questões do mercado, por isso é importante entender o que funcionou e o que não.

Portanto, identifique quais postagens tiveram mais interações, quais estratégias contribuíram mais para alcançar seus objetivos, quais investimentos deram mais retorno.

É importante definir os indicadores (KPIs) no planejamento das estratégias, como alcance, interações, taxa de cliques (CTR), conversões, que medem o sucesso do marketing.

Não esqueça também de documentar os resultados para extrair insights e acompanhar sua evolução no tempo.

Pronto para montar a sua estratégia de marketing para startup?

Então, agora você já tem as principais dicas e pilares para começar uma estratégia de marketing para startups chegou o momento de elaborar o seu plano. Não se esqueça que sem uma estratégia bem estabelecida fica difícil traçar rotas e caminhos para o sucesso.

Agora, aproveite para ler um material completo para traçar a sua estratégia para redes sociais. Baixe o ebook Como construir e divulgar uma marca para sua startup nas Redes Sociais!

imagem de um banner publicitário com chamada para baixar gratuitamente o material produzido pela mLabs sobre Kit de Planejamento de Conteúdo para as redes sociais
Testar a mLabs

Quer mais conteúdo como esse?

Inscreva-se na nossa Newsletter!

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.