Você sabe o que é o F8? Bom, certamente não estamos falando da tecla do seu notebook.

Na verdade, trata-se da grande conferência anual realizada pelo Facebook, a Facebook Developer Conference, que reúne alguns dos principais desenvolvedores de tecnologia ao redor do globo.

Essa reunião, que ocorre desde 2007 em São Francisco, na Califórnia, tem como principal objetivo discutir novas ideias para a maior rede social do mundo.

Além disso, visa atualizar colaboradores, investidores, usuários e parceiros sobre as principais alterações que já estão sendo integradas à plataforma.

Na versão atual, a F8 2018, foram muitas as novidades! Neste post, te contaremos as principais delas!

As principais novidades da F8 2018

Realidade virtual

Sempre atento às tendências do mercado, o Facebook anunciou o seu óculos de VR. Trata-se do Oculus Go, que chega aos americanos pelo valor de 199 dólares, preço considerado como acessível por alguns dos principais executivos.

A novidade promete ser inovadora, sem cabos ou necessidade de vinculação com outros dispositivos móveis.

Com o gadget, você poderá assistir diretamente séries, filmes e vídeos ao vivo, jogar videogames e bater papo com outros usuários. Além disso, conta com mais de 1000 aplicativos logo no lançamento.

Avatar realista

A conferência F8 2018 trouxe também uma novidade um tanto quanto chocante para o público: os avatares realistas.

A ideia é trazer o “sentimento de presença” aos usuários do Oculus Go. Antigamente essa tecnologia mostrava personagens genéricos e inexpressivos.

Porém, com os avanços de pesquisa do Facebook Space, isso pode mudar. Por meio do desenvolvimento tecnológico de movimento e sincronização labial, os avatares ficarão muito mais parecidos com seus correspondentes reais, que ainda podem ser personalizados.

Doação de sangue

Ratificando seu posicionamento de preocupação com questões sociais, o F8 2018 anunciou que também apoiará a doação de sangue no Facebook.

A ideia já está em atividade em alguns países como Índia e Paquistão, e funciona de maneira bem prática. O usuário indica que tem disponibilidade para doar e pode ser acionado por hospitais ou bancos de sangue em caso de necessidade.

Com o sucesso da iniciativa, Mark Zuckerberg pretende levá-la a outros países durante esse ano.

Limpeza de histórico

Diante de toda a polêmica recente que envolveu o recolhimento de dados pelo Facebook, o CEO da empresa falou sobre uma nova funcionalidade: a limpeza do histórico.

Essa ferramenta funcionará mais ou menos como os navegadores da web, apagando os “rastros” do comportamento do usuário, conhecidos no meio digital como cookies.

Assim, diante da atualização, o usuário poderá ter acesso a informações relacionadas ao próprio comportamento dentro da plataforma, como sites visitados e apps utilizados. E, é claro, deletá-los.

Apesar disso, o próprio Zucky alerta que essa ação poderá prejudicar a experiência do usuário, já que a rede social terá que reaprender suas preferências. Mas, em tempos de crise, “todo cuidado é pouco”. Nós te entendemos, Zucky.

Traduções instantâneas no Messenger

tradução instantânea facebook messenger

Foto: Divulgação Facebook

aplicação de conversação do Facebook também recebeu algumas novidades na conferência. Usado por diversos negócios para atendimento ao consumidor ou interação com seguidores, a partir de agora poderá ser integrado a websites.

Com o novo plugin, aumenta-se também a possibilidade de utilização de chatbots para reter e conquistar novos clientes.

Além disso, a funcionalidade passará a contar com um tradutor simultâneo, o que pode ser uma mão na roda para usuários e negócios. Assim, a comunicação será facilitada, derrubando as barreiras linguísticas.

Combate às “fake news”

Zuckerberg aproveitou a oportunidade para falar sobre a sua preocupação com as notícias falsas divulgadas em suas redes sociais.

Conhecidas como “fake news”, são um tema polêmico e podem ter impactos profundos na sociedade, então devem ser combatidas segundo o CEO.

Ele firmou um compromisso com os usuários para acabar com essa prática, mas não deu maiores detalhes sobre os processos na F8 2018.

“Up” e “Down”

Se você já participou de uma comunidade do extinto Orkut, certamente já utilizou o recurso “up” para fazer um tópico voltar ao topo da lista e ficar em destaque.

Pois é, o Facebook pretende seguir essa linha com os comentários. A funcionalidade já em testes serve para dar “upvote” ou “downvote” para indicar os comentários que são úteis para determinada discussão ou devem ser deixados de lado pelos demais usuários.

Esse recurso colaborativo é muito similar ao já utilizado pelo Reddit, rede social na qual a relevância dos comentários é determinada pelos próprios utilizadores da plataforma.

Apoio a crises e desastres

Outra ação muito importante revelada pelo Facebook na F8 2018 é o maior incentivo ao combate às crises.

Esse programa já existe há quatro anos, mas os desenvolvedores pretendem intensificar os esforços.

Em casos de incêndios, inundações, guerras, terremotos, vulcões, furacões epidemias, deslizamentos, acidentes e outras fatalidades, os usuários poderão levantar fundos e angariar voluntários para prestar socorros.

Com isso, a prestação de serviços do Facebook à sociedade pode atingir novos patamares.

Aplicativo de paquera

dating facebook

Foto: Divulgação Facebook

Nada de Tinder, Happn ou Badoo. Segundo a F8 2018, o aplicativo de paquera que bombará a partir desse ano será o Dating, criado pelo próprio Facebook.

A ideia parece ser inovadora, já que promete utilizar dados registrados pelos usuários na rede social para encontrar o par ideal. Com isso, as curtidas, grupos e eventos terão participação nos “matchs”.

Ou seja, pode otimizar, por exemplo, as chances de as pessoas se encontrarem em eventos nos quais ambas já confirmaram presença. Bem legal, né?

Os palestrantes, no entanto, garantiram a privacidade das pessoas. A utilização do app será à parte e as atividades registradas na funcionalidade de namoro não terá vínculos com a rede social. Ou seja, você pode paquerar tranquilamente!

Aba grupos no aplicativo

O aplicativo móvel também sofrerá uma modificação. Mostrando que os grupos são cada vez mais importantes para o Facebook, essa funcionalidade terá sua própria aba.

Ao que tudo indica, os usuários terão feeds de notícias separados. Atualmente, posts em timelines e grupos aparecem misturados, mas a ideia é que haja um feed para cada tipo de atualização.

Segundo Mark, a atualização deve ocorrer em breve e tem como principal objetivo aumentar a interação nos principais grupos.

E aí, gostou das principais novidades da conferência F8 2018? O que você acha que a rede está preparando para o futuro? Conte pra gente nos comentários!

Testar a mLabs

Quer mais conteúdo como esse?

Inscreva-se na nossa Newsletter!

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.