Facebook removeu a opção de Impulsionamento de certos tipos de Publicações

plataforma de gestão de mídias sociais

Como uma das principais redes sociais e até mesmo protagonista das interações cotidianas de boa parte do mundo, o Facebook segue mudando. Ainda que sua intenção anunciada seja sempre a melhora da experiência dos seus milhões de usuários, nem sempre há consenso ou reconhecimento por parte de todos.

Muitos usuários do Facebook são pegos de surpresa quando se deparam com novas mudanças. Uma delas, relativamente recente, foi a remoção da opção de impulsionamento em alguns tipos de publicações.

 

Combate do Facebook aos “Posts de Má Qualidade”

Vale lembrar que, em maio, o Facebook comunicou que combateria os chamados “posts de má qualidade que seriam:

  • spammers;
  • conteúdo falso ou duvidoso;
  • postagens ofensivas ou sensacionalistas;
  • práticas conhecidas como fraude virtual.

A medida foi considerada uma resposta da rede social à propagação e influência de notícias falsas em eleições. O fenômeno batizado fake news foi amplamente notado antes e durante o pleito para presidente dos EUA, França e Alemanha, recentemente.

Com isso, abriu-se a oportunidade para o Facebook interpretar publicações erroneamente dentro do escopo listado acima. Se este não for o caso, a remoção da opção de impulsionamento pode ter outros motivos.

 

Facebook sobre a Remoção da Opção de Impulsionamento

O próprio Facebook possui suas explicações dos casos em que isso pode acontecer. Basicamente, segundo a rede, podem haver itens pendentes ou alguma falta de informação na postagem.

A informação sobre pagamento de uma oferta pode ter ficado de fora, como uma maneira válida de comprar o produto oferecido pela sua marca. Sua página comercial no Facebook pode estar desatualizada ou mesmo não publicada. Sua permissão como administrador da página também deve estar em dia, habilitada.

Outros possíveis casos são a conta de anúncios encerrada (basta reativá-la) e a conta de anúncios “sinalizada” (por alguma atividade incomum). Motivos mais simples são o conteúdo expirado — seja ele um evento passado, uma vaga, oferta ou promoção vencida, ou até fotos desatualizadas.

 

“Casos incompatíveis” para Impulsionamento pelo Facebook

Para o Facebook ainda há casos considerados incompatíveis de serem impulsionados. Com esses não há conversa. Tratam-se fotos de perfil, álbuns, vídeo ao vivo ou programado, publicações de instalação de aplicativo móvel, publicações com link para uma observação e rascunhos.

 

Medidas Disponíveis

De acordo com o time de funcionários do Facebook, alguns atos simples podem estabilizar a situação e reverter a remoção para impulsionamento. Medidas como trocar de navegador, além de limpar cache e cookies dele, por exemplo. Tente criar seu anúncio por meio do fluxo de criação, selecionando a publicação que deva ser impulsionada.

Se o seu caso não for resolvido com as medidas acima e nem se encaixe na lista de prováveis problemas, entre em contato diretamente com o suporte do Facebook.

 

De olho nas políticas de publicidade!

Para evitar que o impulsionamento de seus anúncios seja bloqueado, fique de olho também nas políticas de publicidade do Facebook

A aprovação de um anúncio, por exemplo, depende também do conteúdo da página de destino. Além de estar disponível (cuidado com erros 404!), ele deve corresponder ao anunciado.

O Facebook possui também uma série de boas práticas, que precisam ser seguidas. São os chamados Padrões da Comunidade. Elas recomendam cuidado com conteúdos que contenham nudez, quaisquer tipos de discursos violentos, discriminatórios ou de ódio.

 

Venha para a mLabs

A mLabs é a plataforma de gestão de mídias sociais ideal para a sua marca. Você vai centralizar seu trabalho, otimizar sua rotina e ganhar tempo. Sem falar na qualidade de relatórios e dados disponibilizados pela ferramenta.

  • Monsenhor Tabosa

    Legal….

    • mLabs

      :)