YouTube Shorts: o que é e como usar o recurso de vídeos curtos rival do TikTok

YouTube Shorts: a imagem mostra a tela de um celular com o logotipo do Shorts. Há também o ícone do YouTube como pano de fundo.

Não é novidade para ninguém o enorme sucesso que os vídeos curtos vêm fazendo nas redes sociais.  

Fonte de entretenimento de rápido consumo, este tipo de conteúdo já é velho conhecido de quem usa o Reels do Instagram, ou o próprio TikTok. 

Para conquistar uma fatia deste mercado promissor, o YouTube criou um recurso que promete inovar a produção de vídeos para a plataforma: o YouTube Shorts. 

O que é e como funciona o YouTube Shorts  

O YouTube Shorts foi lançado no Brasil em junho de 2021, com a proposta de competir com os aplicativos rivais e permitir a gravação e edição de vídeos verticais de até 60 segundos pelo celular.  

A funcionalidade tem feito sucesso nos países onde foi testada. Para se ter uma ideia, o YouTube Shorts alcançou mais de 3.5 bilhões de visualizações na Índia, país onde o recurso foi lançado primeiro. 

A função está em versão beta, e ainda não está disponível para todos, mas qualquer usuário que tenha um canal no YouTube poderá usá-la. Para isso, é só gravar um vídeo dentro do aplicativo ou importar um arquivo da galeria do seu celular.  
 
Os vídeos do YouTube Shorts aparecem na tela inicial do smartphone em formato de carrossel.  

As semelhanças com o Reels e com o TikTok são muitas, afinal, o YouTube Shorts conta com um editor de vídeos embutido e os criadores podem adicionar músicas, filtros, legendas manuais e automáticas e aumentar ou diminuir a velocidade das gravações.  

Já os usuários podem interagir com os conteúdos por meio das reações “gostei” ou “não gostei”, deixar comentários e compartilhar a publicação. No vídeo aparece também um botão para se inscrever no canal do produtor de conteúdo. 

imagem de um banner publicitário com chamada para testar a gestão de redes sociais da mLabs

Curiosidades do YouTube Shorts 

Como diferencial, o recuso permite utilizar o catálogo de música do próprio YouTube para criar vídeos, remixagens e dublagensFuturamente, a ideia é que os usuários também possam utilizar as imagens dos vídeos em suas produções, e não somente o áudio. 

Outra curiosidade é que, mesmo em versão beta, alguns usuários já testaram e afirmam que os vídeos não desaparecem após 24h – diferente do que acontece nas plataformas concorrentes! 

Como é a monetização do YouTube Shorts 

O YouTube ainda não deixou claro como vai funcionar a monetização do Shorts, mas a suspeita é que os criadores recebam de acordo com as visualizações e engajamento. 

O primeiro passo rumo ao modelo de monetização foi o lançamento do Shorts Fund, um fundo criado pela plataforma para distribuir até 100 milhões de dólares entre 2021 e 2022 aos produtores de conteúdo que se destacarem no novo recurso. 

Vai funcionar assim: todos os meses, o YouTube vai recompensar criadores de conteúdo que receberem muitas visualizações e engajamento em seus vídeos.  

Diferentemente do Programa de Parcerias do YouTube — no qual apenas usuários com mais de mil inscritos e, no mínimo, quatro mil visualizações nos últimos doze meses podem fazer parte —, qualquer pessoa está elegível a participar do fundo de monetização do Shorts. 

Um dos requisitos para ser recompensado pela plataforma é a produção de conteúdos originais. Então, não vale apenas reproduzir um vídeo publicado no TikTok ou no Reels, por exemplo. 

Além disso, os vídeos devem atender às diretrizes da comunidade do YouTube e não podem conter temas sensíveis, atos perigosos, violência ou linguagem imprópria. 

Como criar vídeos curtos no YouTube — passo a passo 

Se liga no tutorial para criar um vídeo pelo YouTube Shorts! 

  1. Faça login no aplicativo pelo seu celular; 
  2. Na tela inicial, clique no “+”, localizado na barra inferior; 
  3. Selecione a opção “Criar um Short”; 
  1. Para gravar um vídeo, mantenha o botão de captura pressionado, ou toque uma vez para iniciar a gravação. É possível encadear várias sequências de vídeos em um só; 
  2. Vire a câmera, ajuste a velocidade, programe o temporizador (defina o ponto de parada para iniciar ou pausar uma gravação de forma automática), adicione filtros e uma música diretamente do catálogo do YouTube; 
  1. Ao finalizar, clique no ícone ✅ para visualizar uma prévia. Você pode adicionar legendas em pontos específicos e, novamente, existem as opções para inserir filtros e música à gravação; 
  2. Toque em “próxima” e adicione um título de até 100 caracteres ao seu Shorts; 
  3. Em seguida, escolha se o vídeo ficará visível para todos ou apenas para um público selecionado. Há também a opção de agendar a publicação do Shorts; 
  1. Selecione o tipo de público do seu vídeo. Este passo é obrigatório e você deve informar se o conteúdo da gravação é ou não destinado a crianças; 
  1. Por fim, clique em “Enviar”. 

Formatos suportados pelo YouTube Shorts 

O YouTube Shorts dá ao usuário a opção de subir um vídeo diretamente de sua galeria. Mas, antes de enviar o arquivo, tenha em mente que os formatos aceitos são:  

  • MOV;  
  • .MPEG4; 
  • MP4; 
  • .AVI;  
  • .WMV; 
  • .MPEGPS; 
  •  .FLV;  
  • 3GPP; 
  • WebM. 
banner publicitário sobre geração de relatórios dashgoo by mLabs

Também é importante se atentar às dimensões recomendadas: 

  • 240×426 (240p);  
  • 360×640 (360p);  
  • 480×854 (480p);
  • 720×1280 (720p); 
  • 1080×1920 (1080p);  
  • 1440×2560 (1440p);  
  • 2160×3840 (2160p). 
imagem de um banner publicitário com chamada para baixar um guia gratuito de templates para as redes sociais da mLabs

5 dicas de marketing para bombar no YouTube Shorts  

O YouTube Shorts é mais uma forma de se comunicar e interagir com a audiência. Por isso, separamos algumas dicas para que você use o recurso de maneira estratégica e incremente suas ações de marketing digital. 😉  

Mostre os bastidores da marca 

As pessoas costumam gostar de ver o que acontece “por trás das câmeras”, por isso, mostrar os bastidores da produção é uma ideia com potencial de atrair o interesse da audiência.  

Este tipo de conteúdo cria uma conexão entre a marca e os clientes, que se sentem incluídos no processo produtivo e criativo da empresa. 

Uma hamburgueria, por exemplo, poderia criar Shorts para o YouTube mostrando a compra dos insumos, o preparo dos alimentos e como é feita a limpeza da cozinha. Esta é uma forma de humanizar a marca e mostrar que os processos são feitos por pessoas. 

Faça tutoriais rápidos   

Os vídeos curtos do YouTube são perfeitos para que as marcas mostrem o passo a passo de como usar os seus produtos. 

Empresas que vendem softwares, por exemplo, podem gravar tutoriais curtos mostrando as principais funcionalidades da ferramenta e respondendo às dúvidas mais recorrentes dos clientes.  

Marcas de cosméticos podem produzir vídeos mostrando a textura, pigmentação e diferenciais de um batom novo. São muitas as possibilidades para as marcas se comunicarem, se mostrarem útil aos consumidores e divulgarem seus produtos. 

Precisa de ajuda com sugestões de temas para suas gravações? Dá uma olhada neste nosso outro artigo e confira 30 ideias de vídeos para gravar! 😉  

Produza vídeos educativos 

Investir na produção de vídeos educativos é uma excelente ideia para abordar assuntos relacionados à área de atuação da marca. 

Imagine que você é dono de uma empresa de moda sustentável. Criar vídeos curtos relacionados a este setor é uma forma de educar o público com conteúdo relevante e, ao mesmo tempo, despertar o desejo e a necessidade de consumir seus produtos. 

Vale lembrar que este é um dos principais preceitos do marketing de conteúdo: produzir conteúdo de qualidade, que sane as dúvidas dos potenciais clientes, nutrindo-os conforme caminham pelo funil de vendas. 

Participe de desafios populares  

Os desafios são muito comuns nas plataformas de vídeos curtos. Geralmente, eles contêm dancinhas, dublagens ou as famosas trollagens. Participar dos que estão em alta pode ajudar a aumentar o engajamento e alcance da marca entre os usuários. 

Mas, antes de entrar na onda e fazer todos os desafios como se não houvesse amanhã, é importante analisar as tendências que realmente fazem sentido para a marca e que se relacionam ao propósito e estilo de comunicação da empresa.  

Invista em parcerias de conteúdo 

As empresas podem investir na produção de vídeos curtos com parceiros que tenham relevância dentro de seu nicho de mercado.  

Esta é uma ação muito estratégica, já que os influenciadores digitais têm alto poder de persuasão e influenciam na tomada de decisão, aumentando o fortalecimento, autoridade e alcance da marca.  

Conte com estes parceiros na divulgação ou lançamento de um produto no Shorts e você conseguirá potencializar os seus resultados.  

Neste post, você conferiu as principais informações sobre o YouTube Shorts, o recurso de vídeos curtos que promete acirrar a competição no mercado! 

Para se dar bem na nova funcionalidade, você precisa entender como alcançar mais pessoas na rede social. Então, veja nosso artigo sobre o algoritmo do YouTube, descubra como ele funciona e ganhe mais visualizações! 

Facebook Comments
Quer mais conteúdo como esse? Inscreva-se na nossa Newsletter!

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.

Posts relacionados