Tags para YouTube: como escolher as melhores e ter mais resultados?

Tags para YouTube: imagem de um celular com a tela aberta e um ícone de "play" para começar um vídeo

As tags para YouTube, assim como outras técnicas e boas práticas de otimização de vídeos nessa mídia social, estão envoltas em um certo mistério.

Afinal, a maior parte dos critérios usados pela plataforma para indicar um conteúdo aos seus usuários é externa aos próprios vídeos.

É o caso das tags, por exemplo. Muitas vezes subestimadas, essas etiquetas valem ouro para que o algoritmo entenda exatamente do que o seu vídeo fala e em que categorias ele se encaixa dentro de uma lógica maior de distribuição de conteúdo.

Você sabe como você encontrou todos os vídeos que gosta no YouTube? Provavelmente, foi por meio das tags e vai ser assim também que os seus vídeos vão alcançar várias pessoas — a audiência certa, diga-se de passagem — e servir aos propósitos que você imaginou para eles, além de divulgar o seu canal.

Fique com a gente e saiba mais!

O que são as tags para YouTube?

É importante explicar o que essas tags representam, afinal, a menos que você já trabalhe com estratégias de marketing digital para o YouTube, elas podem ser algo que você nunca viu.

Sim, embora tenham função de destaque na forma como o conteúdo do seu canal é distribuído, elas não são visíveis a não ser ao próprio dono do canal.

Porém, as palavras-chave no YouTube não são as únicas responsáveis pela categorização do conteúdo. Como os algoritmos não conseguem compreender qual é o assunto de um vídeo, logo, eles precisam de recursos externos a ele para se orientarem e recomendarem esse conteúdo.

As tags têm o papel de dizer à mídia social do que trata o seu vídeo, como ele se relaciona com outros assuntos e até de categorizar o conhecimento que é transmitido, associando-o a outros vídeos, conceitos e categorias que já existem.

Por que é importante usar tags nos vídeos?

Se esse tipo de categorização não estiver presente, as chances de os seus vídeos serem recomendados na sequência de outros vídeos assistidos são menores.

Sabe a seção “próximo”,que aparece para quem deixa a reprodução automática ligada? Então, sem as tags seus vídeos dificilmente aparecerão como uma sugestão aí.

Eles também vão aparecer com menos frequência entre os “vídeos relacionados”. Ou seja, na prática, com boas tags você consegue mais visualizações, mais audiência no YouTube e uma melhor distribuição dos vídeos do seu canal, que acabam chegando a mais pessoas.

Como escolher as melhores tags para YouTube?

Uma vez compreendido o que são as tags e a sua importância na distribuição do conteúdo, podemos passar à parte mais prática. Confira algumas dicas e critérios para escolher as tags dos seus próprios vídeos!

Insira a palavra-chave principal na primeira tag

A relação entre tags e palavras-chave deve ser reforçada para os algoritmos do YouTube. As palavras-chave são fundamentais também para que o seu vídeo seja facilmente encontrado por quem faz buscas no Google e acaba se deparando com conteúdos em vídeo.

As tags, por outro lado, ajudam a categorizar o vídeo internamente ao YouTube. Então, para fazer com o usuário encontre o seu vídeo com mais facilidade, unifique essa relação e adicionando a tag relativa à sua palavra-chave principal.

Use tags abrangentes e específicas

Agora, é hora de informar em quais tópicos mais gerais o seu vídeo se enquadra. Então, se você vai subir um vídeo sobre crossfit, pode usar as tags “esportes” e “emagrecimento”, por exemplo. Depois, passe do geral ao específico, usando “high intensity training”, “queimar calorias” e assim por diante.

As tags especificas fazem com que o seu vídeo tenha mais chances de ser encontrado por pessoas qualificadas que procuram exatamente o seu conteúdo.

Já as abrangentes, servem para aumentar o alcance e tornar o seu vídeo popular para pessoas que procuram algo relacionado ao seu conteúdo e que, por curiosidade, podem acabar clicando no seu vídeo.

Voltando ao exemplo, quem procura por esportes pode se interessar em assistir a um vídeo sobre crossfit, neste momento, outros elementos serão importantes para destacar o vídeo como uma boa thumbnail e legendas atraentes.

Não se preocupe com letra maiúscula e acento

É bom que se diga: tags não são hashtags. E, se elas não ficam visíveis, significa que você não precisa se preocupar com a leitura delas, como quando coloca iniciais maiúsculas nas hashtags do Instagram ou de outra rede social.

Ah, e se você gosta de escrever tudo em maiúsculas, saiba que isso não faz nenhuma diferença para o YouTube, assim como os acentos. E, nunca é demais dizer que escrever apenas com letras maiúsculas pode soar como se você estivesse gritando, sendo mal educado ou cafona, hein. 🙄

Cuidado com o exagero sem estratégia

Também não vale a pena colocar todas as tags que vierem à cabeça, essa estratégia por volume não surtirá nenhum efeito para o algoritmo. A não ser que você insira várias tags referentes ao assunto abordado no vídeo.

Ao contrário, você pode cometer um grande erro: em vez de explicar ao YouTube do que se trata os seus vídeos, você vai é confundi-lo tornando ainda mais difícil a sua indicação.

Evite colocar tags na descrição

Já ouviu aquela frase: “não confunda alhos com bugalhos”? Então, ela cabe muito bem aqui. Tags e descrição são coisas completamente diferentes.

O que deve aparecer na descrição do vídeo é a palavra-chave – que, aliás, é uma das boas práticas de SEO para YouTube e não as tags ou mesmo as hashtags.

Nunca use o nome de outros canais

O YouTube sabe quando você tenta usar o nome de outros produtores de conteúdo ou canais para se promover. Isso não apenas não funciona como pode fazer com que você fique “mal visto” pelo algoritmo. Então, evite essa prática.

Top 4 geradores de tags para vídeos no YouTube

Veja a lista que separamos para você com os melhores programas gratuitos e pagos que servem para gerar tags de YouTube. Veja um pouco sobre cada um, suas funcionalidades, preço e nacionalidade.

1. Keyword tool

Tags para YouTube: imagem da página de entrada da ferramenta Keyword Tool

O Keyword Tool impressiona pela facilidade de uso. Embora não seja brasileiro nem esteja em português, essa ferramenta é muito simples.

Para gerar as tags, basta selecionar a guia “YouTube” na tela inicial e digitar o assunto do seu vídeo. Ao clicar na lupa, ele vai gerar várias tags para o seu canal.

2. Autocompletar do YouTube

Tags para YouTube: imagem da página de entrada da ferramenta Autocompletar

Se você digitar a palavra-chave principal do seu vídeo no campo de buscas do YouTube, ele vai completar automaticamente com uma série de ideias relacionadas a ela.

Essas ideias demonstram a intenção de busca dos usuários na rede social e servem como tags relacionadas para você colocar no seu vídeo.  Fácil, não é mesmo?

3. YouTube Analytics

YouTube Analytics: Imagem de página principal do YouTube, mostrando onde se localiza o YouTube Studio

Quando falamos de YouTube Analytics, estamos nos referindo à guia “Estatísticas” que fica no YouTube Studio, ferramenta avançada dedicada aos produtores de conteúdo. Lá, você consegue saber como as suas tags estão performando.

Para isso, basta procurar a guia “Alcance” nas estatísticas, e depois ir até “Origem do tráfego: Pesquisa do YouTube” para entender quais são as melhores tags e passar a usá-las com mais frequência. Também é uma ótima maneira de ter novas ideias para gravar vídeos no YouTube.

vidIQ’s Keyword Tool

Tags para YouTube: imagem da página de entrada da ferramenta vidIQ’s Keyword Tool

De todas as ferramentas desta lista, o vidIQ’s Keyword Tool é a única certificada pelo próprio YouTube. Ele tem versões pagas e gratuitas e faz uma análise completa de cada um dos seus vídeos, incluindo as tags.

As análises de SEO dessa plataforma são pagas, mas valem cada centavo. Se o seu canal está em um estágio avançado e você precisa de uma visão aprofundada das métricas, vale a pena contratar.

Como você viu, será mais fácil construir um canal de sucesso valorizando o poder das tags para YouTube e aplicando de forma estratégica no seu canal.

Esperamos que este artigo tenha te ajudado a dar os primeiros passos na escolha das tags para ampliar o alcance dos seus vídeos e qualificar a sua audiência.

Agora, se você que conhecer mais estratégias para ganhar views e bombar na rede social, veja também esse post com 15 dicas para ganhar visualizações no YouTube!

Facebook Comments
Gestão de redes sociais Entenda por que a mLabs é a ferramenta de gerenciamento de redes sociais escolhida por mais de 120 mil marcas!

Posts relacionados