Como fazer um podcast: o passo a passo para marcas explorarem o formato

Como fazer podcast: uma jovem branca está deitada na cama e olha, sorrindo, para a tela de um computador enquanto escuta algo em um fone de ouvido.

Podcasts se popularizaram, caíram no gosto da galera e já têm um público fiel. Para muitas empresas, são uma forma de aproximação e canal de entrega de conteúdo de valor para seus seguidores. Mas, não é só isso. De acordo com o eMarketer, os gastos projetados com publicidade em podcasts poderão ultrapassar US $ 1 bilhão em 2021. Mas, e você? Sabe como fazer um podcast?

Entrar no mundo dos podcasts pode assustar quem ainda não experimentou esse formato. Mas vale a pena! Criar conteúdo em áudio pode ser mais fácil do que você imagina.

Porém, como toda estratégia de marketing, é preciso conhecer e planejar antes de começar a gravar. Por isso, vamos a alguns passos essenciais de como fazer um podcast que prenda a atenção da sua audiência!

Banner_Geral: arte convidando as pessoas para fazer teste grátis da plataforma da mLabs.

1. Determine um tema para o podcast

Pensa aí: sobre o que a sua marca quer e consegue falar? Definir o tema do podcast é o primeiro passo do planejamento do conteúdo.

Facilita se você conhece assuntos que interessem à persona da marca, que a faça querer saber mais, ajude a resolver as dúvidas e traga valor para a sua vida, seja para informar, educar ou entreter.

A dica é pensar em um tema bem amplo, que represente o nicho da empresa. Ele vai servir como um “guarda-chuva”, um caminho a ser seguido.

Daí é só fazer uma programação com assuntos que estejam envolvidos a temática e podem ser capítulos do podcast. Isso ajuda a construir a autoridade da empresa sobre o assunto.

2. Escolha o tipo de podcast

Existem diferentes formatos de podcasts. Cada um pede um planejamento diferente da marca, já que as estruturas são bem diferentes.

Esses são os principais tipos:

Entrevista

As entrevistas costumam ser bastante usadas nos podcasts. O anfitrião convida um especialista ou uma personalidade para discutir algum tema em que são referências. Com isso, o podcast tende a atrair também o público que já acompanha esse convidado.

Um dos exemplos é o podcast “Todas as Letras”, que discute temas ligados ao universo LGBTQI+ e costuma entrevistar pessoas que vivenciam diferentes realidades da comunidade.

Painel

No formato de painel, o podcast conta com a participação de mais de um convidado para debater um assunto. É como uma mesa redonda, em que todos têm espaço para falar, com tempos definidos ou não. Exige mais organização e coordenação do mediador.

O podcast “Mamilos” — apostamos que você já ouviu algum capítulo, hein? — é um bom exemplo. É apresentado por duas mulheres e costuma trazer convidados para debater temas da atualidade.

Informativo

Sabe aquele jornal da manhã que você ouvia (ou ainda ouve) na rádio? Esse formato de podcast é muito parecido, mas não precisa ser acompanhado em tempo real — dá para ouvir quando quiser. Tem uma pegada mais informativa, muitas vezes jornalístico, com as notícias do dia, algum assunto em alta ou novidades de uma área de atuação.

Um dos exemplos desse podcast é o “Café da Manhã”, que aborda temas relevantes da pauta do dia.

Individual

Esse é mais solitário, mas também demanda menos “encontros de agendas”.

Envolve apenas uma pessoa, que conduz o programa. O apresentador precisa ter desenvoltura para dar dinâmica ao podcast e transformá-lo em uma conversa com os ouvintes.

O bom é que a edição fica muito mais fácil, e não é preciso se preocupar com inúmeros equipamentos de gravação.

O podcast “Não Inviabilize“ segue o formato individual, conduzido por Déia Freitas. Ele traz histórias reais — recebidas por cartas ou e-mails — para entreter a sua audiência.

3. Pense no conteúdo e na estrutura

Agora que você pensou no modelo de podcast que quer fazer, chegou a hora de pensar no conteúdo.

Não adianta começar a gravar sem ter o que falar. Depois de definir o tema, pense nos desdobramentos que ele gera e quais abordagens você pode usar. É importante estudar o assunto e levantar dados para conduzir o programa com mais domínio e transmitir confiabilidade.

Pense também na estrutura do programa e no tempo (15min, 30min, 1h etc.). Geralmente os podcasts se dividem em:

  1. abertura;
  2. apresentação do tema e convidados;
  3. ponte para o conteúdo;
  4. conteúdo e discussões;

4. Escolha os convidados para o programa

No caso de entrevistas ou painéis, quem você vai convidar para falar sobre o tema do podcast?

Convide quem entenda do assunto para dar credibilidade ao programa, mas que também tenha afinidade com o público e com os valores da marca. Dessa maneira, você consegue atrair o interesse do seu público e, ainda, dos seguidores que acompanham o convidado.

Aqui vale ter o mesmo cuidado que se tem ao contratar um influencer digital. Você não quer que sua marca fique associada a uma pessoa que tenha preconceitos ou fale muitas asneiras na internet, né?

5. Tenha os programas necessários para um podcast

O conteúdo é rei no podcast, mas não tem como alcançar o sucesso sem equipamentos adequados. Afinal, ninguém quer ouvir um programa com áudio ruim ou cortes mal feitos, não é?

Estes são os equipamentos básicos para gravar um podcast:

  • microfone;
  • gravador de áudio;
  • headphones ou headsets;
  • estúdio (ou ambiente com boa acústica);
  • software de gravação;
  • software de edição.

Se você fizer um programa individual, fica mais fácil. Se for uma entrevista ou painel presencial, pense também nos equipamentos dos convidados. E se a entrevista ou painel for à distância, lembre-se também dos programas de ligação e gravação, como o Skype e o MP3 Skype Recorder, que grava as chamadas.

6. Faça a edição do seu podcast

Uma boa edição faz toda a diferença! É nessa etapa que você organiza as gravações, faz os cortes necessários, adiciona trilhas e efeitos, melhora o áudio e finaliza o programa para torná-lo mais atrativo e dinâmico.

Para isso, conte com programas de edição de áudio, como o Anchor, Adobe Audition, Audacity ou Sony Sound Forge.

7. Publique o seu podcast

Você fez o seu trabalho e precisa ser ouvido, chegou a hora de publicar o podcast!

Para fazer a publicação, pense em canais que tenham alcance e que o seu público tenha facilidade de acessar e mexer.

Existem alguns agregadores de conteúdo que facilitam a distribuição do programa, como o Anchor — ele publica seu podcast automaticamente em plataformas como o Spotify.

Você também pode subir diretamente no Spotify ou SoundCloud, que estão entre as principais plataformas de áudio.

8. Faça a divulgação do podcast nas redes sociais

Depois de publicar o podcast, chame mais gente para aproveitar o seu conteúdo!

Essa divulgação é essencial para alcançar mais pessoas e fazer o seu programa ser conhecido por aí. Veja algumas ideias para aproveitar as redes sociais nessa divulgação:

  • crie uma contagem regressiva nos stories do Instagram para gerar expectativa;
  • mostre os bastidores das gravações e edições para humanizar o conteúdo;
  • crie teasers para dar um gostinho do que o podcast vai trazer;
  • incentive que os convidados também compartilhem sobre o podcast nas suas redes sociais;
  • compartilhe posts de usuários que falam sobre o podcast para gerar prova social.

Entender como fazer um podcast não é um bicho de sete cabeças, né? Então, comece a planejar os temas e conteúdos que você pode abordar e como estruturar tudo isso.

Faça um planejamento para manter a frequência e periodicidade do programa, assim fica mais fácil de engajar as pessoas e acompanhar as métricas de audiência subindo!

Aproveite para ler também sobre as métricas de marketing digital que vão ajudar você a monitorar o desempenho do seu podcast e o seu impacto nos resultados do marketing.

Facebook Comments
Quer mais conteúdo como esse? Inscreva-se na nossa Newsletter!

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.